Logo Super Vestibular

Educafro

Criado originalmente na Bahia, Educafro é oferecido atualmente em 80 núcleos de São Paulo; outros estados também oferecem o curso.

Publicado por Wanja Borges
Mensalidades do Educafro não ultrapassam 5% do salário mínimo
Mensalidades do Educafro não ultrapassam 5% do salário mínimo

Intitulado como movimento social de inclusão da população afrodescendente e de baixa renda nas universidades, o Educafro chegou a São Paulo em 1997. Criado originalmente na Bahia, o projeto visa reunir pessoas voluntárias, solidárias e beneficiárias da causa, com a finalidade de possibilitar empoderamento e mobilidade social dessa parte da população. 

As aulas são ministradas somente aos sábados, mas com carga horária densa, sendo das 8h30 às 17h30.  Estudantes que tiverem três faltas, sem apresentar justificativas, são expulsos do curso. As mensalidades não ultrapassam 5% do salário mínimo, ou seja, variam de R$ 15 a R$ 35. Além disso, bolsas de 75%, 80% ou 100% em faculdades particulares também são oferecidas aos alunos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A associação também tem convênio com instituições estrangeiras, o que possibilita gratuidade em passagens e hospedagens para seis destinos internacionais. Para participar, é obrigatória a presença do candidato nas reuniões de quinta-feira, às 18h, ou no sábado, às 16h. Outras regiões do estado também oferecem o curso. Em São Paulo, são 80 núcleos do Educafro.

 

Coordenação
Frei David Raimundo dos Santos

Endereço
Rua Riachuelo, nº 342, Centro – São Paulo

Contato
(11) 3106-2790 ou 3105-8859

Mais informações
http://www.educafro.org.br

educafro@franciscanos.org.br

Veja também

Cursinho Pré-vestibular gratuito em São José dos Campos (SP) recebe inscrições
O projeto tem seu conteúdo voltado para a preparação dos alunos para Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para os vestibulares de universidades como Unicamp, Unesp e Fuvest, além do ITA.

UFLA solta notas das duas primeiras etapas do PAS 2019
Provas do PAS 2019 foram aplicadas para estudantes dos 1º e 2º anos do ensino médio em novembro de 2019.

Unicamp divulga concorrência do Vestibular 2021 e registra recorde histórico de candidatos de escola pública
Foram registradas 77.653 inscrições de candidatos que passam pelas provas no início do ano que vem.

Abertas as inscrições do Vestibular 2021/1 para Enfermagem e Medicina da Faculdade Albert Einstein
Os interessados podem se inscrever até 23 de novembro. Para o primeiro a taxa é de R$ 135 e a segunda modalidade R$ 200.

Estão abertas as inscrições do Vestibular 2021/1 da UVV
As inscrições poderão ser realizadas via internet ou de forma presencial, na Central de Relacionamento com Aluno (CRA), na UVV-ES de Vila Velha.

São Paulo: abertas inscrições para Vestibular 2021/1 de Medicina da USCS
vestibular ocorrerá em uma única fase, marcada para o dia 23 de novembro, das 14h às 17h30.

IFSC publica resultado da seleção de vagas remanescentes 2020/2
Aprovados deverão enviar documentação para matrícula por e-mail. As aulas serão a distância no início do curso.

Cadastro de foto dos inscritos do Enem 2020 deve ser feito até 1º de outubro
Aqueles que já cadastraram a foto mas quiserem alterar também poderão fazer o upload. O cadastro é obrigatório a partir desta edição.

Vestibular 2020/2 via Enem do IFSP está com inscrições abertas
Para participar é preciso ter feito o Enem entre os anos de 2015 e 2019 tirando nota acima de zero na redação.

Já estão abertas as inscrições para corretores de redação do Enem 2020
Para se cadastrar é preciso ter graduação na área de Letras/Língua Portuguesa ou Linguística. Prazo encerra em 05 de outubro.

Inscrições para o Vestibular 2021 da UFGD já podem ser feitas
Os interessados em concorrer uma das 982 vagas em 33 cursos de graduação, nas modalidades presencial (32 cursos) e a distância (Letras-Libras), podem se inscrever até às 17h do dia 20 de novembro.

Vestibular de Verão 2021 do IFSul (RS) é adiado por conta da pandemia
O Vestibular de Verão do IFSul acontece geralmente no mês de dezembro e será adiado para evitar a aglomeração de pessoas.