Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Cotas
  3. Enem, Sisu e Lei de Cotas: Qual a relação?

Enem, Sisu e Lei de Cotas: Qual a relação?

Com a aprovação da Lei de Cotas, Enem passou a ser adotado como critério de seleção e MEC fez adequações no Sisu.

Publicado por Wanja Borges
Foi a partir de 2012 que o Enem, Sisu e Lei de Cotas passaram a se relacionar
Foi a partir de 2012 que o Enem, Sisu e Lei de Cotas passaram a se relacionar

Sancionada em 29 de agosto de 2012, a Lei nº 12.711, que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio, foi aprovada pela presidente Dilma Rousseff com apenas um veto. Conforme previa o artigo 2º da proposta original, o acesso dos estudantes cotistas aconteceria por meio de seu Coeficiente de Rendimento (CR), valor obtido a partir da média aritmética das notas no ensino médio. 

Entretanto, com a nova versão da Lei, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passou a ser a ferramenta oficial que definiria o preenchimento das vagas destinadas às cotas sociais e raciais. A justificativa apresentada pelo Governo é que o mecanismo adotado precisava aliar inclusão e qualidade de ensino superior público e nada mais justo do que utilizar o maior teste educacional do país como critério de seleção para a política. 

Foi a partir daí que o Enem, a Lei de Cotas e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) passaram a se relacionar. Em novembro de 2012, o Ministério da Educação (MEC) se viu obrigado a adequar as regras do Sisu aos critérios da Lei de Cotas, simplesmente porque o ingresso dos cotistas nas universidades aconteceria diretamente pelo Sistema, que utiliza o desempenho do candidato no Enem como critério de aprovação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dessa forma, das 101 instituições públicas que aderiram ao Sisu em 2013, 43 universidades federais e 40 institutos federais de educação reservaram, pelo menos, 12,5% de suas vagas, em cada curso e turno, para estudantes de escolas públicas, de baixa renda e autodeclarados pardos, pretos e indígenas. Assim, ao se inscrever, o candidato passou a ter a opção de disputar a vaga nos dois cursos escolhidos por meio do sistema de cotas. 

Isso significa que, somente na convocação do Sisu, é que os estudantes se pronunciarão sobre a adesão ou não do sistema de cotas. Por outro lado, a participação do candidato no Enem, além de importante, é obrigatória para acesso às políticas públicas de acesso ao ensino superior, como o Sisu ou, ainda, o Programa Universidade para Todos (ProUni). Deu pra entender agora por que a presidente fez tanta questão de priorizar o Enem? 

Veja também

Hoje é o último dia para pagar taxa de inscrição do Enem 2020
Inscritos podem fazer o pagamento em agências bancárias, casas lotéricas, agências dos Correios e internet banking

Inscrições do Enem 2020 são encerradas após prazo prorrogado
Inep informou que candidatos poderão se inscrever com outro documento, como o CPF, na ausência do RG.

Inep publica Manual de Correção da Redação do Enem
Material detalha, por exemplo, o que leva estudantes a tirarem nota zero e competências seguidas pelos avaliadores para corrigir o texto

Emescam (ES) inscreve para Vestibular 2020/2 de Medicina via Enem
Interessados nas 70 vagas serão avaliados pelas notas das edições de 2018 ou 2019 do exame educacional

ESPM prorroga inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Candidatos vão concorrer a 256 vagas nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

SiSU: cursos EaD também serão oferecidos
Até a última edição do Sistema de Seleção Unificada somente eram disponibilizados cursos presenciais

USCS (SP) cancela provas para Medicina e fará seleção via Enem
Processo seletivo que seria organizado pela Vunesp foi cancelado e vagas do vestibular serão ofertadas via Enem

Inscrições do Enem 2020 são prorrogadas
Datas de aplicação das provas do Enem 2020 impresso e digital foram adiadas de 30 a 60 dias em relação às datas que foram divulgadas nos editais.

UFRGS adia Vestibular 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus
As provas do Vestibular 2021 da UFRGS estavam previsto de acontecerem nos dias 28 e 29 de novembro e 05 e 06 de dezembro.

UFPR anuncia adiamento do Vestibular 2020/2021 em razão do novo coronavírus
Medida foi tomada pelas condições em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, as provas objetivas do Vestibular serão realizadas somente ano que vem.

Coronavírus: Unitau (SP) suspende inscrições do Vestibular de Inverno 2020 de Medicina
Oferta seria de 80 vagas e Vestibular contaria com duas fases. Suspensão do processo seletivo se deve pela pandemia do novo coronavírus.

Inep anuncia que provas do Enem 2020 serão adiadas
Órgão informou que, por causa da pandemia do coronavírus, agora provas serão realizadas de 30 a 60 dias depois do que estavam previstas