Logo Super Vestibular

Pré-Enem de Erechim

Uma iniciativa da Prefeitura abre todos os anos 600 vagas para alunos da rede pública ou bolsistas na rede particular.

Publicado por Rafael Batista

Desde 2011, a Prefeitura do município de Erechim, no Rio Grande Sul, oferece aulas em um cursinho preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Pré-Enem. O público-alvo do cursinho são estudantes do município que concluíram ou estão em fase de conclusão do ensino médio em escola pública e bolsistas de colégios particulares.

As aulas são subsidiadas pela Prefeitura e ministradas por uma instituição de ensino contratada para o serviço via pregão. Entre as exigências para a empresa que deve prestar o serviço estão uma quantidade mínima de professores com especialização, coordenação pedagógica e estrutura para atender 600 alunos, distribuídos em cinco turmas.

Horário de aulas

Os estudantes matriculados são distribuídos em duas turmas de 110 alunos que estudam no período noturno, com aulas uma vez por semana, em dias alternados, e outras três turmas que têm suas aulas nos dois últimos sábados do mês, durante o dia inteiro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O estudante participa do curso gratuitamente, sem nenhum custo, incluindo nele a apostila com todo o conteúdo a ser estudado. No entanto, é realizado controle de frequência e, caso o aluno tenha cinco faltas consecutivas ou 25% de faltas dentro da carga horária, a matrícula é cancelada e deve ressarcir a Prefeitura pelo valor investido.

Inscrições

Não há processo seletivo, mas os candidatos devem se encaixar nos requisitos exigidos para ter direito à matrícula. As inscrições acontecem de maneira presencial, na sede da Secretaria de Educação, e o prazo fica aberto nos primeiros meses do ano.

Desde a sua criação, já passaram pelo Pré-Enem de Erechim três mil estudantes e, em 2015, mais de 60% foram aprovados em alguma universidade.

Informações
Telefone: (54) 3522-3504 ou 3522-9272

Veja também

Unicamp antecipa divulgação do resultado do Vestibular 2021
As notas dos candidatos do Vestibular 2021 deverão ser liberadas na quarta. A matrícula virtual será recebida no dia 15 de março, das 09h às 17h.

UFMS divulga resultado do Vestibular 2021 e 3ª etapa do PASSE 2020
Processos seletivos foram realizados no final de janeiro em 11 cidades do Mato Grosso do Sul

MEC libera consulta às vagas que serão oferecidas no SiSU 2021/1
Sistema oferecerá 209.190 vagas em 5.685 mil cursos de graduação em 110 instituições públicas

UFRR disponibilizará mais de 700 vagas no SiSU 2021/1
Oferta é de 37 cursos de graduação. Para a carreira de Medicina, por exemplo, são 16 vagas.

Unesp adia Testes de Habilidades do Vestibular 2021 por causa do coronavírus
Provas de aptidão estavam marcadas para o próximo domingo (7). Testes são para cursos como Arquitetura e Música.

Cursinho social gratuito 2021 no Rio de Janeiro inscreve para novas turmas
Pré-vestibular prepara estudantes de baixa renda para processos seletivo e Enem 2021

UFRB recebe inscrições do Vestibular 2020/2 para cursos de Matemática, Música Popular Brasileira e Artes
O prazo vai até 11 de março e não há cobrança de taxa. A oferta da UFRB é de 450 vagas, metade para cada grupo de candidatos.

UFSCar recebe inscrições para Vestibular EaD 2021 de Pedagogia
Interessados nas 150 vagas serão avaliados por meio de análise das notas do Enem 2015 a 2019

Resultado do Vestibular 2021 via Enem do IFPA é publicado
As 442 oportunidades foram oferecidas via notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foram aceitas as edições de 2017, 2018 e 2019.

Resultado da lista de espera do ProUni 2021/1 é liberado
Próxima etapa dos pré-selecionados é confirmar informações prestadas no momento da inscrição de 8 a 12 de março

Ceará: URCA divulga resultado do Vestibular 2020/2
Processo seletivo ocorreu nos dias 6 e 7 de fevereiro em seis municípios do estado

UFT oferta quase mil vagas no SiSU 2021/1
A UFT oferecerá vagas nas seguintes modalidades de concorrência, de acordo com a existência de vagas em cada modalidade: ampla concorrência, ações afirmativas (Indígenas e Quilombolas) e Lei 12.711/12 (Sistema de Cotas para Escolas Públicas).