Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Comentário da Redação do Enem 2021

Publicado por Oficina do Estudante

A proposta de redação da prova Enem 2021 apresentou ao candidato a seguinte frase-tema: “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”. Como de costume, as instruções orientavam o candidato a redigir um texto dissertativo-argumentativo sobre tal questão, apresentando uma proposta de intervenção que, respeitando os direitos humanos, encaminhasse resoluções para a questão. Uma abordagem adequada da proposta passaria pela articulação entre o conceito de invisibilidade social e o direito ao registro civil para, em seguida, reconhecê-lo como o meio pelo qual assegura-se a cidadania ao indivíduo e, logo, seus direitos civis. Para o embasamento da discussão, foi oferecida uma coletânea com 4 textos de diferentes fontes e gêneros discursivos, cuja interpretação auxiliou o candidato a situar-se em relação aos conceitos-chave da frase-tema.

O Texto 1 é um excerto de uma tese de doutorado que aponta para o conceito de invisibilidade social em sua relação com o registro civil, cuja autora descreve uma cena flagrada por ela no Rio de Janeiro por meio do relato de um estudo de campo: idas e vindas de pessoas pobres e marginalizadas para a obtenção da certidão de nascimento na Vara da Infância e Juventude, localizada na Praça Onze, parte do centro histórico da cidade. Já o Texto 2 oferecia o trecho de uma matéria jornalística, a qual apresentou dados relevantes para dimensionamento e problematização da questão: situou o candidato quanto à gratuidade do registro, garantido pela Lei nº 9.534/97, e ofereceu um infográfico com o número de pessoas sem registro em cada região brasileira, destacando-se a região sudeste com 1,15 milhão. 

A compreensão articulada dos Textos 1 e 2 garante bons recursos para o planejamento da argumentação. Enquanto o Texto 2 sugere que, além da barreira monetária, haveria outras razões (ou causas) que impedem milhares de brasileiros de oficializar seu registro civil, o Texto 1 apresenta uma cena narrativa cujos detalhes permitem vislumbrar algumas dessas outras razões, como dificuldades de locomoção e acesso aos centros de registro ou, ainda, de instrução do cidadão de baixa renda e escolaridade. Além disso, destacam-se algumas informações relevantes para uma análise social mais crítica, como o fato de ser uma situação persistente, recorrente e com alta incidência mesmo em regiões de melhores indicadores socioeconômicos, como é o caso do sudeste.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por sua vez, o Texto 3 permitiu compreender a importância da documentação pessoal ao indicá-la como um instrumento que assegura uma série de outros direitos civis ao cidadão, como é o caso dos direitos educacionais, políticos, trabalhistas e outros benefícios sociais. Considerando-se essas informações à luz do retrato oferecido pelos textos anteriores, torna-se possível vislumbrar algumas consequências da perpetuação dessa problemática social, como a manutenção da pobreza, a negação do direito à educação e a perpetuação do trabalhador na informalidade. Tais informações apresentadas pela coletânea encontram sua síntese no Texto 4, que sugere a atuação dos/as defensores/as públicos no enfrentamento da defasagem no registro civil da população invisibilizada, articulando-se ao Texto 1, que aludiu à Vara da Infância e Juventude, e situando-se como uma possível sugestão à criação de medidas de solução ao problema. Quanto a esse aspecto, o candidato poderia propor ações protagonizadas por esses mesmos atores sociais, bem como outros que julgasse pertinentes, os quais trabalham na identificação da população não registrada e no provimento de recursos que permita a oficialização do registro junto aos órgãos competentes.

Além das informações oferecidas pela coletânea, o candidato deveria mobilizar os conhecimentos de seu repertório para sustentar sua discussão sobre o tema, o que poderia ser feito recorrendo-se a referências culturais e midiáticas (livros, filmes, séries, músicas) ou, ainda, a documentos oficiais, completando informações apresentadas nos textos (como é o caso do Estatuto da Criança e do Adolescente). Considera-se, assim, que a prova de redação do Enem 2021 oferecia as condições suficientes para o bom desenvolvimento de uma redação que contemplasse as exigências da prova, contribuindo também para um debate social de uma problemática muito relevante e atual.

Veja também

Humanitas (SP) aplica provas do Vestibular 2022/1 de Medicina neste final de semana
Elas serão realizadas neste domingo, 05 de dezembro, das 14h às 19h, em São Paulo e São José dos Campos. 

Unipar realiza Vestibular 2022/1 de Medicina
Processo seletivo oferece 110 vagas. Curso é ministrado na cidade de Umuarama.

Vestibular de Verão 2022 da PUC-SP ocorre amanhã (5)
Interessados nas mais de 2,6 mil vagas devem fazer provas pela internet

É hoje o Vestibular 2022/1 de Medicina da Faculdade Anhembi Morumbi
Os candidatos passarão pela prova tradicional das 13h às 18h, nas cidades de São Paulo/SP, Piracicaba e São José dos Campos. 

UFpel (RS) realiza provas da 1ª e 2ª etapas do Pave 2020
Programa de Avaliação da Vida Escolar ocorrerá das 13h às 16h em Pelotas

Vestibular de Verão 2022 da PUCRS é realizado hoje (4)
Inscritos no curso de Medicina fazem provas presenciais. Candidatos dos demais cursos, provas pela internet.

Unimontes (MG) divulga local de prova do PAES 2020
Inscritos em todas as etapas farão as provas no dia 19 de dezembro e Belo Horizonte e outras 12 cidades do interior

Centro Universitário São Camilo solta resultado do Vestibular 2022/1 de Medicina
A segunda chamada será divulgada no dia 09 de dezembro, com  matrículas até o dia 12 do mesmo mês.

Provas do Vestibular 2022/1 de Medicina da Unisinos acontecem domingo
Será obrigatório o uso de máscara para ter acesso ao campus onde as provas serão aplicadas. Também será necessário manter distanciamento de, no mínimo, 2 metros.

Unifacs (BA): vestibular 2022/1 de Medicina ocorre neste sábado (4)
Candidatos concorrentes às 216 vagas farão provas à tarde, na capital Salvador

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022/1 da UECE começam domingo (05)
Os selecionados na primeira etapa continuam passando pelas provas até segunda-feira, dia 06. O resultado dos aprovados na 1ª etapa saiu hoje (02).

Locais de prova do Vestibular 2022 da Fuvest estão disponíveis
O Vestibular 2022 da Fuvest contará com duas fases. A primeira fase está marcada para o dia 12 de dezembro.