Logo Super Vestibular

Evolução no Enem

Frequentemente é cobrado o tema Evolução no Enem, por isso é necessário conhecer as teorias e as evidências que comprovam a evolução biológica.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos
Os fósseis são evidências da evolução biológica
Os fósseis são evidências da evolução biológica

A evolução e a seleção natural são temas bastante importantes para alunos que realizarão a prova do Enem e também vestibulares. Compreender as teorias, conhecer bem as principais evidências da evolução biológica e ter em mente os conceitos de seleção natural e adaptação são fundamentais para o entendimento dessa parte da biologia. Diante da importância desse tema, o Super Vestibular traz como dica de hoje a Evolução no Enem.

Primeiramente devemos relembrar o que é a chamada Evolução. O pensamento evolutivo baseia-se em uma ideia de mudança, ou seja, modificações que ocorreram nos seres vivos no decorrer do tempo. Vale destacar que esse tempo não é apenas o período de vida de um indivíduo e que essas mudanças podem ocorrer no decorrer de milhares de anos.

A evolução biológica apresenta várias evidências que confirmam que esse fenômeno realmente ocorre nos seres vivos. Dentre as principais evidências, podemos destacar os fósseis e as semelhanças anatômicas, fisiológicas e bioquímicas entre os organismos de espécies diferentes.

Dentre as teorias evolucionistas que se destacaram como as pioneiras, podemos destacar a proposta por Jean-Baptiste Lamarck e a de Charles Robert Darwin. Lamarck propôs uma teoria que se baseava principalmente na lei do uso e desuso e na da transmissão de caracteres adquiridos. A teoria conhecida posteriormente como lamarckismo pecou em alguns pontos e hoje sabemos que as características adquiridas durante a vida de um organismo não são passadas aos seus descendentes e as transformações não ocorrem em função do uso ou desuso de uma determinada estrutura.

A teoria proposta por Darwin levantou pontos importantes, tais como a luta pela sobrevivência, a sobrevivência do mais apto e a ancestralidade. A sobrevivência do organismo mais apto e a transmissão das características aos seus descendentes constituem a seleção natural.

Com a ampliação do conhecimento genético, a teoria de Darwin foi “melhorada”, uma vez que ele não conhecia conceitos importantes de Genética, não sabendo, portanto, como os caracteres eram transmitidos aos seus descendentes. Surgia aqui a teoria sintética da evolução ou teoria neodarwinista.

Agora que relembramos um pouco do conteúdo de evolução, vamos ver como a matéria é cobrada no Enem. Observe a seguir uma questão de biologia evolutiva no Enem de 2010:

Os ratos Peromyscus polionotus encontram-se distribuídos em ampla região na América do Norte. A pelagem de ratos dessa espécie varia do marrom claro até o escuro, sendo que os ratos de uma mesma população têm coloração muito semelhante. Em geral, a coloração da pelagem também é muito parecida à cor do solo da região em que se encontram, que também apresenta a mesma variação de cor, distribuída ao longo de um gradiente sul-norte. Na figura, encontram-se representadas sete diferentes populações de P. polionotus. Cada população é representada pela pelagem do rato, por uma amostra de solo e por sua posição geográfica no mapa.


Observe o mapa com a distribuição dos ratos Peromyscus polionotus pela América do Norte

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

MULLEN, L. M.; HOEKSTRA, H. E. Natural selection along an environmental gradient: a classic cline in mouse pigmentation. Evolution, 2008.

O mecanismo evolutivo envolvido na associação entre cores de pelagem e de substrato é

a) a alimentação, pois pigmentos de terra são absorvidos e alteram a cor da pelagem dos roedores.

b) o fluxo gênico entre as diferentes populações, que mantém constante a grande diversidade interpopulacional.

c) a seleção natural, que, nesse caso, poderia ser entendida como a sobrevivência diferenciada de indivíduos com características distintas.

d) a mutação genética, que, em certos ambientes, como os de solo mais escuro, têm maior ocorrência e capacidade de alterar significativamente a cor da pelagem dos animais.

e) a herança de caracteres adquiridos, capacidade de organismos se adaptarem a diferentes ambientes e transmitirem suas características genéticas aos descendentes.

Resolução: Como vimos no enunciado da questão, a cor dos ratos é semelhante à cor do solo do local onde vivem. A semelhança da pelagem com o solo é, sem dúvidas, uma grande vantagem adaptativa para os ratos, pois conseguem camuflar-se no ambiente. Ratos com pelagem diferente do solo são mais visíveis, logo, podem ser mais facilmente predados. Sendo assim, aqueles de pelagem semelhante são mais aptos e foram selecionados. A resposta correta, então, é a letra c: a seleção natural, que, nesse caso, poderia ser entendida como a sobrevivência diferenciada de indivíduos com características distintas.

Veja a seguir uma questão de evolução no Enem de 2010.

Alguns anfíbios e répteis são adaptados à vida subterrânea. Nessa situação, apresentam algumas características corporais como, por exemplo, ausência de patas, corpo anelado que facilita o deslocamento no subsolo e, em alguns casos, ausências de olhos.

Suponha que um biólogo tentasse explicar a origem das adaptações mencionadas no texto utilizando conceitos da teoria evolutiva de Lamarck. Ao adotar esse ponto de vista, ele diria que

a) as características citadas no texto foram originadas pela seleção natural.

b) a ausência de olhos teria sido causada pela falta de uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso.

c) o corpo anelado é uma característica fortemente adaptativa, mas seria transmitida apenas à primeira geração de descendentes.

d) as patas teriam sido perdidas pela falta de uso e, em seguida, essa característica foi incorporada ao patrimônio genético e então transmitidas aos descendentes.

e) as características citadas no texto foram adquiridas por meio de mutações e depois, ao longo do tempo, foram selecionadas por serem mais adaptadas ao ambiente em que os organismos se encontram.

Resolução: Como vimos anteriormente, Lamarck dizia que estruturas que não são usadas com frequência, com o tempo, vão perdendo a sua função. Sendo assim, a resposta correta é letra b: a ausência de olhos teria sido causada pela falta de uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso.

Para saber mais sobre o tema, acesse a nossa seção Biologia Evolutiva que traz diversos temas importantes dessa área da biologia.

Bons estudos e boa prova!

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.