Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. MEC adota mudanças para o Fies a partir de 2020

MEC adota mudanças para o Fies a partir de 2020

Com alterações, financiamento exigirá o mínimo de 400 pontos na redação e média de 450 nas provas do Enem.

Publicado por Lorraine Vilela Campos
20/12/2019 12h35 , atualizado em 26/12/2019 16h07

O Ministério da Educação (MEC) reformulará o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 20 de dezembro, após decisão aprovada esta semana pelo comitê gestor do programa. 

Tire suas dúvidas sobre o Fies

Segundo o MEC, as mudanças vão valer a partir do segundo semestre. Entre as alterações, estão que os participantes terão que comprovar nota mínima de 400 pontos na redação do Enem, além da média de 450 pontos nas provas, para que possam se inscrever no Fies. Até a última edição de 2019, o MEC exigia apenas a média de 450 nas provas e pontuação superior a zero na produção textual. 

Ainda de acordo com o MEC, a pontuação mínima na redação é para valorizar os estudantes que se esforçarem mais no Enem. Segundo a pasta, a média nacional é de 522,8 pontos. 

Transferências de cursos

O Enem também será utilizado para limitar a transferência de cursos de quem tem o Fies. O novo regulamento prevê que o estudante deva ter a desempenho no exame igual ou superior a nota de corte do curso para o qual deseja se transferir. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Redução de vagas

A oferta do Fies para 2020 continua em 100 mil vagas, mas as oportunidades diminuirão para 54 mil em 2021 e 2022. De acordo com o MEC, a quantidade de financiamentos será revista anualmente e pode voltar a crescer, tudo dependerá dos parâmetros econômicos em que o país se encontrar. 

P-Fies

Outras mudanças anunciadas pelo MEC são referentes ao P-Fies, modalidade criada no final de 2017 e que tem como principal característica a definição dos juros pelos bancos. 

- Fim do uso do Enem para o P-Fies: a modalidade P-Fies não terá mais o Enem como forma de seleção dos interessados

- Independência da seleção: o P-Fies não será mais vinculado ao processo do Fies, tornando-se um programa independente

- Possibilidade de contratação durante o ano todo

- Fim da renda máxima: o critério atual do P-Fies tem como renda máxima cinco salários mínimos

Cobrança judicial 

Contratos firmados até o segundo semestre de 2017 e que tiverem dívida mínima de R$ 10 mil serão cobrados judicialmente. Os casos serão ajuizados após 360 dias de inadimplência na fase de amortização (pagamento de parcelas). 

Atualmente, a cobrança dos débitos do Fies é feita no âmbito administrativo, o que permanecerá apenas para dívidas inferiores a R$ 10 mil. 

Como participar do Fies?

As inscrições do Fies 2020 devem abrir em fevereiro de 2020, posteriormente ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020 e ao Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2020. A modalidade Fies (juros zero) será exclusiva para quem fez o Enem entre 2010 e 2019, sendo necessário atender também aos critérios de renda estabelecidos pelo MEC. 

Já o P-Fies não teve seu novo formato de seleção divulgado pelo MEC, sabendo-se apenas que não haverá mais o uso do Enem e que as inscrições serão recebidas ao longo do ano. 

Veja também

Unicamp antecipa divulgação do resultado do Vestibular 2021
As notas dos candidatos do Vestibular 2021 deverão ser liberadas na quarta. A matrícula virtual será recebida no dia 15 de março, das 09h às 17h.

UFMS divulga resultado do Vestibular 2021 e 3ª etapa do PASSE 2020
Processos seletivos foram realizados no final de janeiro em 11 cidades do Mato Grosso do Sul

MEC libera consulta às vagas que serão oferecidas no SiSU 2021/1
Sistema oferecerá 209.190 vagas em 5.685 mil cursos de graduação em 110 instituições públicas

UFRR disponibilizará mais de 700 vagas no SiSU 2021/1
Oferta é de 37 cursos de graduação. Para a carreira de Medicina, por exemplo, são 16 vagas.

Unesp adia Testes de Habilidades do Vestibular 2021 por causa do coronavírus
Provas de aptidão estavam marcadas para o próximo domingo (7). Testes são para cursos como Arquitetura e Música.

Cursinho social gratuito 2021 no Rio de Janeiro inscreve para novas turmas
Pré-vestibular prepara estudantes de baixa renda para processos seletivo e Enem 2021

UFRB recebe inscrições do Vestibular 2020/2 para cursos de Matemática, Música Popular Brasileira e Artes
O prazo vai até 11 de março e não há cobrança de taxa. A oferta da UFRB é de 450 vagas, metade para cada grupo de candidatos.

UFSCar recebe inscrições para Vestibular EaD 2021 de Pedagogia
Interessados nas 150 vagas serão avaliados por meio de análise das notas do Enem 2015 a 2019

Resultado do Vestibular 2021 via Enem do IFPA é publicado
As 442 oportunidades foram oferecidas via notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foram aceitas as edições de 2017, 2018 e 2019.

Resultado da lista de espera do ProUni 2021/1 é liberado
Próxima etapa dos pré-selecionados é confirmar informações prestadas no momento da inscrição de 8 a 12 de março

Ceará: URCA divulga resultado do Vestibular 2020/2
Processo seletivo ocorreu nos dias 6 e 7 de fevereiro em seis municípios do estado

UFT oferta quase mil vagas no SiSU 2021/1
A UFT oferecerá vagas nas seguintes modalidades de concorrência, de acordo com a existência de vagas em cada modalidade: ampla concorrência, ações afirmativas (Indígenas e Quilombolas) e Lei 12.711/12 (Sistema de Cotas para Escolas Públicas).