Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Unimontes (MG) adotará o SiSU a partir de 2016

Unimontes (MG) adotará o SiSU a partir de 2016

Para ingressar nos cursos da instituição, os candidatos deverão participar do Enem 2015

Publicado por Silvia Tancredi
19/05/2015 14h12 , atualizado em 19/05/2015 14h54

A Universidade de Montes Claros (Unimontes), em Minas Gerais, anunciou nesta terça-feira, 19 de maio, que, a partir do primeiro semestre de 2016, o Processo Seletivo passará a ser por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). De acordo com a instituição, a nova forma de ingresso substituirá o vestibular tradicional, que oferece 60% das vagas. As demais são via Programa de Avaliação Seriada para o Acesso ao Ensino Superior (PAES).

Com essa medida, os interessados nos cursos oferecidos pela universidade terão que fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujo prazo de inscrições inicia em 25 de maio. Depois de participarem do exame educacional, os candidatos poderão se inscrever no SiSU, em datas que serão liberadas posteriormente pelo Ministério de Educação (MEC).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ainda neste semestre a Unimontes divulgará o número de vagas, pesos, políticas afirmativas e percentual de vagas para o sistema de cotas, em 2016. Segundo a instituição, para a seleção poderão ser instituídos pesos diferentes por área e por curso.

Cursos que não entram

As únicas carreiras que não serão ofertadas via SiSU são as ministradas via Ensino a Distância (EaD) e as que exigem habilidades específicas, como Artes e Música. Ainda conforme informações liberadas pela universidade, essa medida não alterará o PAES, que oferece, atualmente, oferece 40% das vagas do vestibular.

Vestibular 2015/2

O último processo seletivo pela modalidade tradicional recebeu inscrições de 6 de abril a 8 de maio. Os candidatos farão as provas em 28 de junho. Saiba mais

Veja também

UCB prorroga inscrições e adia provas do Vestibular 2020/2
Quem tiver interesse nas mais de 3 mil vagas pode se inscrever agora até dia 28 de junho. Provas são aplicadas em 5 de julho.

UniCEUB está com inscrições abertas para Vestibular 2020/2
Interessados nas vagas podem usar notas do Enem ou fazer provas on-line. Para Medicina, somente será aceito desempenho no exame educacional.

Unicamp 2021: Provas da 1ª fase terão alterações por conta da pandemia do novo coronavírus
As medidas visam reduzir a quantidade de estudantes circulando no mesmo ambiente e evitar assim aglomerações.

FTT está com inscrições abertas para o seu Vestibular 2020/2 via Enem
A seleção utilizará o desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos anos entre 2016 a 2019.

PUCRS libera resultado do Vestibular de Inverno 2020
Convocados para as mais de 2 mil vagas devem fazer as matrículas no dia 8 de junho

Provas do Vestibular 2020/2 do Cederj são adiadas
Testes seriam aplicados em 14 de junho, mas, por conta da pandemia do coronavírus, não serão realizados. Nova cronograma será divulgado posteriormente.

IFRO prorroga inscrições do Vestibular EaD 2020/2
Interessados em concorrer a mais de 2,1 mil vagas gratuitas precisam ter feito Enem entre 2009 e 2019

Confira resultado do Vestibular 2020/2 de Medicina da Unifacs (BA)
Selecionados para as 70 vagas devem fazer registro acadêmico até a próxima sexta-feira, 5 de junho

UFLA (MG) adia PAS 2020 e anuncia algumas mudanças
Outra decisão que altera o calendário do PAS é o fato de a UFLA ter identificado a necessidade de reestruturar o o seu Processo Seriado devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

São Paulo: Unisa está com inscrições abertas para Vestibular 2020/2 de Medicina
Interessados nas 58 vagas devem fazer provas no dia 12 de julho. Resultado está previsto para sair no final desse mês.

Coronavírus: Vestibular da UEM será aplicado em 2021 por conta da pandemia
O Vestibular de Inverno 2020 está suspenso em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Provas devem acontecer em fevereiro de 2021.

IFSuldeMinas inscreve para Vestibular 2020/2 via Enem
A classificação será realizada pelo somatório das notas por área de conhecimento e nota da redação. Os candidatos serão listados por ordem decrescente de notas.