Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Dicas
  3. Energéticos durante o estudo: prós e contras

Energéticos durante o estudo: prós e contras

Uso de estimulantes para enfrentar a rotina de estudo tem sido cada vez mais comum entre vestibulandos.

Publicado por Wanja Borges
Bebidas energéticas devem ser consumidas com moderação durante o estudo
Bebidas energéticas devem ser consumidas com moderação durante o estudo

Recorrer às bebidas energéticas para aguentar a intensa rotina de estudos tem sido tão comum entre os jovens quanto passar noites em claro em decorrência do vestibular. Sinônimo de energia e estímulo, os energéticos são tidos muitas vezes como itens imprescindíveis no dia a dia dos vestibulandos, que muitas vezes desconhecem a composição dos produtos e, principalmente, seus malefícios, quando consumidos em exagero. 

Segundo dados federais apresentados pelos Estados Unidos, em 2011, a bebida energética foi citada como a principal causa de 20.783 atendimentos hospitalares de urgência, sendo que o maior grupo de pacientes estava na faixa dos 18 aos 25 anos.  No Brasil, entre 2006 e 2010, o crescimento do consumo desse tipo de produto foi de 325%, conforme pesquisa realizada pela Associação das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (Abir). 

Enquanto bebidas energizantes, mais utilizadas por esportistas, possuem efeito isotônico e auxiliam na restauração do equilíbrio do organismo, as bebidas energéticas têm efeito estimulante e, se ingeridas indiscriminadamente, resultam em fortes efeitos colaterais como aceleração do batimento cardíaco, insônia e dependência. Vale ressaltar que, dependendo da dose e do organismo, as implicações podem ser ainda piores. 

Mesmo concedendo a falsa impressão de substituição do repouso, as bebidas à base de cafeína podem afetar diretamente a memória e a capacidade de concentração dos estudantes. Como esse tipo de bebida atua diretamente no Sistema Nervoso Central, para estimular o metabolismo da pessoa que o ingere, ela também pode agir no cérebro, retardando suas respostas e estímulos. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vale lembrar que o estado de alerta é temporário, por isso, quando o efeito da bebida passa, o cansaço geralmente é ainda maior e, em consequência disso, dores de cabeça e queimação costumam aparecer, sem pedir licença. Composto por cafeína, taurina e inusitol, prioritariamente, os energéticos também podem contribuir para a perda de cálcio e magnésio, causando, futuramente, uma possível osteoporose. 

Se for para recorrer a esse tipo de produto para manter a energia, os estimulantes naturais, como o guaraná, gengibre e ginseng, são os mais aconselháveis já que alteram o estado fisiológico do ser humano, comparando-o ao momento que a adrenalina é liberada pelo sistema, sem tanta agressão. Contudo, mesmo com composições diferentes, o resultado é o mesmo se ingerido em excesso, por isso, a moderação é sempre o melhor remédio. 

Veja também

Inep informa datas das provas do Enem 2020
Notas do exame educacional podem ser usadas para ingressar em cursos superiores

Faculdade Albert Einstein adia provas do Vestibular 2020/2 de Enfermagem
Contudo, as inscrições seguem aberta e serão encerradas em até 15 dias anteriores à nova data das provas, ainda a ser divulgada.

Acafe (SC) solta resultado do Vestibular de Inverno 2020
O processo seletivo desta edição não foi presencial por causa da pandemia do coronavírus. Os candidatos somente foram avaliados pela internet.

Coronavírus: UFT cancela Vestibular 2020/2
Apesar do cancelamento do Vestibular 2020/2, a UFT está com inscrições abertas para o preenchimento de vagas por meio do SiSU, até a próxima sexta-feira, dia 10.

São Paulo: inscrições para Vestibular 2020/2 das Fatecs começam hoje (8)
Por causa da pandemia do coronavírus, candidatos serão avaliados por análise de notas do histórico escolar

MEC abre prazo para consulta de bolsas do ProUni 2020/2
Para participar do programa, é necessário ter feito o Enem 2019. Inscrições começam dia 14 de julho.

Unicamp encerra prazo para pedir isenção de taxa do Vestibular 2021
Conforme cronograma, lista com nomes dos contemplados com a isenção da taxa será divulgada no dia 27 de julho

Unemat não fará Vestibular 2020/2 e selecionará via Enem
A Unemat utilizará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) das edições de 2017, 2018 e 2019 ao invés do seu tradicional vestibular.

Estão abertas as inscrições do Vestibulinho 2020/2 das Etecs
Interessados em participar podem se inscrever até o dia 21 de julho e a forma de seleção será por meio de análise do histórico escolar.

Inscrições para SiSU 2020/2 já podem ser feitas
Nesta edição, são oferecidas 51.800 vagas em 57 instituições públicas de ensino superior

Saiba como são realizados vestibulares na pandemia do coronavírus
Enquanto algumas instituições resolveram usar notas do Enem, outras criaram vestibulares pela internet

UniRV de Goianésia libera resultado do Vestibular 2020/2 de Medicina
Selecionados para as 60 vagas devem fazer registro acadêmico de amanhã (7) até a próxima quinta-feira, 9 de julho