Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Enem
  3. Novo Enem

Novo Enem

Questões discursivas e áreas de conhecimento de acordo com o curso desejado estão entre as principais mudanças do exame

Publicado por Lucas Afonso
Novo Enem
Novo Enem deve conter questões mais interpretativas e menos conteudistas.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai ser realizado em novo formato a partir de 2024. As mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) ocorrem para que o exame se adapte ao novo ensino médio.

O que muda

O exame continuará com dois dias de provas, mas o formato será diferente. O Novo Enem será dividido em duas etapas, cada uma realizada em um dia. No primeiro, haverá a prova de redação e questões objetivas relacionadas à Base Nacional Curricular Comum (BNCC), ou seja, com conteúdo de todas as disciplinas do ensino médio.

As questões serão interdisciplinares e contextualizadas, isto é, cobrarão temas que estão relacionados a mais de uma disciplina e compostas de situações e contextos. A ênfase nesse primeiro dia será nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, obrigatórias durante todo o ensino médio.

No segundo dia, as provas aplicadas estarão relacionadas com o curso de escolha do estudante. Ao se inscrever, os candidatos devem optar por um bloco formado por duas áreas de conhecimento que devem estar relacionadas com o curso desejado. 

Veja abaixo os quatro blocos formados por duas áreas de conhecimento cada um:

  • Bloco 1: Linguagens + Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
  • Bloco 2: Matemática + Ciências da Natureza
  • Bloco 3: Matemática + Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
  • Bloco 4: Ciências da Natureza + Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

As instituições de ensino superior terão autonomia para definir o bloco específico para seus cursos de graduação. Por exemplo, o candidato interessado em cursar Engenharia Civil pode fazer o bloco formado por Matemática e Ciências da Natureza, áreas que estão relacionadas a essa formação. 

O segundo dia de provas está relacionado aos itinerários formativos do novo ensino médio, que visam uma formação específica de acordo com os interesses de cada estudante. A composição dessa prova será baseada na articulação de eixos estruturantes e as áreas de conhecimento.

Baixe as provas do Enem

Os itinerários formativos se organizam a partir de quatro eixos estruturantes que conectam experiências educativas com a realidade social. Cada eixo envolve o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e capacidades específicas.

Confira os quatro eixos estruturantes:

  • Investigação Científica: investigação da realidade por meio de práticas e produções científicas

  • Projetos criativos: idealização e execução de projetos criativos

  • Mediação e intervenção sociocultural: envolvimento da vida pública via projetos de mobilização e intervenção sociocultural e ambiental

  • Empreendedorismo: criação de empreendimentos pessoais ou produtivos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Questões discursivas

Além das questões objetivas de múltipla escolha, as provas terão perguntas abertas, que devem compor, no mínimo, 25% da nota final da prova. Com essa mudança, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), ferramenta utilizada para a avaliação das questões, deve sofrer adaptações.

Bonificações

As instituições de ensino superior poderão utilizar o diploma de curso técnico de nível médio para aplicar bonificação na nota final do Enem. Poderão ser utilizados diplomas tanto do Itinerário da Formação Técnica e Profissional (FTP) referente ao novo ensino médio, quanto de cursos feitos de forma integrada, concomitante e subsequente ao ensino médio. 

Isso se deve ao fato de que o itinerário Formação Técnica e Profissional não será uma opção de bloco na segunda etapa do Enem, diferentemente dos outros itinerários. 

Implicações

Com as mudanças do novo Enem, o candidato terá que escolher um bloco de áreas de conhecimento já no momento da inscrição. Deste modo, as possibilidades diminuem no processo de participação do Sistema de Seleção Unificado (SiSU), já que o candidato deve se inscrever apenas nos cursos que estejam relacionados ao bloco escolhido na inscrição do Enem.

Cada instituição definirá as áreas de conhecimento que serão cobradas para cada curso, ou seja, um mesmo curso pode exigir blocos diferentes a depender da instituição. Isto é, mais uma vez, as possibilidades de ingresso reduzem para os candidatos.

Diante da presença de questões abertas no exame, o Banco Nacional de Itens (BNI), que é o banco de questões do Enem, deve ser ampliado e adaptado para receber o novo formato de questões. A mudança implica, por consequência, em mais investimento neste setor. 

Para a elaboração e desenvolvimento do novo Enem, o MEC contou com um grupo de trabalho que apresentou as propostas de mudanças aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Um comitê de governança deve ser instituído pelo MEC e coordenado pelo Inep para definir as diretrizes para o novo formato do Enem com informações mais detalhadas sobre a avaliação. 

Veja também

Notas da 1ª e 2ª etapas do Pism 2022 da UFJF já podem ser consultadas
Candidatos podem interpor contra o desempenho informado nesta quarta-feira (18), das 9h às 16h

UFSC abre inscrições para Vestibular 2022/2 de vagas remanescentes
Prazo fica aberto até o dia 26 de maio. Pedidos de isenção da taxa de inscrição são aceitos até o próximo dia 20.

IFRO está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/2
No ato da inscrição, os candidatos deverão escolher por qual modalidade desejam concorrer, se pelo Histórico Escolar ou se pelo aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Emescam (ES) solta resultado do seu Vestibular 2022/2
Para acessar o resultado, o candidato deverá clicar no link correspondente ao seu curso.

Inscrições do Vestibular 2022 da Uesb são prorrogadas até amanhã (18)
As provas do processo seletivo da Uesb serão aplicadas nos dias 05 e 06 de junho. Na ocasião, os participantes deverão responder 85 questões objetivas.

UEM libera 2ª chamada do Vestibular e do PAS 2021
Candidatos convocados devem solicitar matrícula pela internet entre hoje (16) e amanhã (17).

UEMA informa locais de provas do PAES 2022
Candidatos farão avaliação no próximo dia 22, das 13h às 18h.

Inscrições do Vestibular 2022/2 da UEG já podem ser feitas
Provas serão realizadas no dia 7 de agosto.

Pedidos de redução de taxa do Vestibulinho 2022/ já podem ser feitos
As Etecs vão disponibilizar computador e acesso à internet aos interessados na redução da taxa do Vestibulinho.

UFVJM (MG) recebe pedidos de isenção da taxa de inscrição do Sasi 2022
Instituição oferece isenção integral ou parcial. Solicitação pode ser feita até 7 de junho.

Unicamp 2023: pedidos de isenção de taxa de inscrição do Vestibular estão abertos
Os interessados podem se inscrever até o dia 07 de junho, exclusivamente pela internet.

IFSuldeMinas encerra hoje (16) as inscrições para o Vestibular 2022/2
Candidatos concorrem a 72 vagas para os cursos de graduação e 580 vagas para os cursos técnicos.