Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Enem
  3. Como é corrigida a prova do Enem

Como é corrigida a prova do Enem

Provas objetivas e a redação do Enem são corrigidas com métodos diferentes.

Publicado por Wanja Borges

Provas Objetivas

Com a finalidade de permitir a comparabilidade dos resultados e a aplicação do Exame várias vezes ao ano, se desejável, o Exame Nacional do Ensino Médio utiliza a Teoria de Resposta ao Item (TRI) como critério de avaliação de suas provas objetivas. Considerada uma escala padrão de conhecimento, a TRI tem como foco o item, e não o teste como um todo, para medir a proficiência de estudantes do Ensino Médio. 

Nesse sistema de avaliação, os candidatos são submetidos a uma série de questões que avaliam os parâmetros de discriminação, dificuldade e controle do acerto casual, ou seja, quanto maior a proficiência do candidato, maior sua probabilidade de acerto. Na TRI, estudantes com conhecimentos diferentes têm respostas e probabilidades de acerto distintas, já que o padrão de respostas do aluno, além do número de acertos, são levados em conta.

Entenda como calcular a nota do Enem

Na prática, o sistema de avaliação é utilizado para dificultar a possibilidade de estudantes que “chutam” e de estudantes que têm domínio do conteúdo serem avaliados com a mesma nota. Recebe maior média quem apresentar respostas aos itens de forma mais coerente com o critério que está sendo avaliado, ou seja, a média depende da dificuldade das questões que se erra e se acerta e da consistência das respostas. 

Resumindo, é na elaboração das provas que o Ministério da Educação define as competências e habilidades que serão exigidas dos estudantes. Por isso, não há predefinição das notas mínimas e máximas da prova objetiva do Exame, já que cada questão de conhecimento tem um limite de escala conforme sua dificuldade. Já para utilização do Enem como critério de ingresso no nível superior, fica a critério de cada instituição definir o peso das questões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Redação

A prova de redação é corrigida, pelo menos, por dois professores, seguindo os seguintes critérios: domínio da norma padrão da língua portuguesa; compreensão da proposta de redação e aplicação de conceitos de várias áreas de conhecimento na elaboração do texto; defesa dos pontos de vista e argumentos; conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para construção da argumentação e elaboração da proposta de intervenção.

Nesse sentido, uma nota de 0 a 200 pontos, para cada uma das competências, é atribuída por cada avaliador, totalizando 1000 pontos. A nota final da redação do candidato será a média aritmética das notas concedidas pelos dois professores. Redações que fugirem ao tema, não obedecerem à estrutura dissertativo-argumentativa, tiverem até sete linhas e/ou desenhos, desrespeitar os direitos humanos e/ou, ainda, não forem transcritas para a folha de redação oficial serão atribuídas nota zero. O título continua sendo um elemento opcional ao candidato. 

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.