Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Medicina Veterinária

Profissional precisa ser dinâmico, proativo e dedicado para cuidar do bem-estar dos animais

Publicado por Silvia Tancredi
Mercado de trabalho é amplo para médicos veterinários, especialmente de animais de pequeno porte
Mercado de trabalho é amplo para médicos veterinários, especialmente de animais de pequeno porte

Gostar de animais e contribuir para a saúde e o bem-estar deles. Quem escolhe o curso de Medicina Veterinária costuma ter esse pensamento, muitas vezes desde a infância. Quem quer estudar essa carreira precisa saber, ainda, que o profissional também colabora para a manutenção da saúde pública e para a preservação do planeta.

O curso de Medicina Veterinária ensina o aluno a dominar a anatomia dos animais, a entender todos os processos da nutrição e da reprodução desses seres, a prevenir e a tratar doenças, entre outras capacitações. Além disso, a graduação transmite conhecimento sobre ecologia e proteção ao meio-ambiente.  

Assim como um médico de humanos, o profissional da área de veterinária deve ter bom senso, ser responsável e ter amplo conhecimento e rapidez para agir em situações de perigo nas quais os animais podem se encontrar.

O curso dura cinco anos e os estudantes precisam ter muita dedicação, pois as aulas são ministradas em período integral. O mercado de trabalho é amplo e está aquecido. O médico veterinário pode atuar de diversas formas, desde clínico e cirurgião de animais até administrador de propriedades rurais e pet shops.  

Público-alvo

Primeiramente, o estudante deve gostar e ter respeito pelos animais. É interessante também que o aluno seja curioso, proativo, dinâmico, prestativo, dedicado, perseverante e corajoso. Quem tem facilidade com a biologia no ensino médio costuma se identificar com o curso.

Assim como em outros cursos da área de saúde, para atuar na Medicina Veterinária é necessário estar atento às novas tecnologias relativas à saúde e produtos e serviços. Nesse caso, especificamente desenvolvidos para os animais.

Por fim, deve-se ser observador e analítico, ter raciocínio lógico e saber interpretar e analisar dados relativos aos animais. 

Curso

No primeiro semestre do curso de Medicina Veterinária, os alunos veem disciplinas mais gerais, como bioquímica, biofísica, ecologia, biologia celular e embrionária e microbiologia geral.

Já no fim do curso os estudantes também têm aulas de matérias específicas da veterinária, inclusive práticas. Confira abaixo algumas:

  • Anatomia e fisiologia dos animais domésticos;
  • Práticas veterinárias;
  • Genética veterinária;
  • Parasitologia e imunologia veterinária;
  • Nutrição animal;
  • Farmacologia veterinária;
  • Patologia geral veterinária;
  • Terapêutica veterinária;
  • Odontologia veterinária;
  • Oftalmologia veterinária;
  • Produção de equinos;
  • Inseminação artificial em caprinos e ovinos;
  • Zoonoses.

Nos anos finais do curso de graduação de Medicina Veterinária, os alunos têm aulas práticas em hospitais e em laboratórios. O estágio é obrigatório e a recomendação é fazer práticas em diferentes áreas da veterinária para poder aprender a atender os animais e a trabalhar nos equipamentos específicos para eles. 

Duração média

Cinco anos ou dez semestres, em período integral.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho é amplo. O campo está aquecido, uma vez que pesquisas indicam que pessoas têm comprado ou adotado animais com frequência, especialmente cães e gatos, cuidando-os como membros da família e para fazer companhia.

Os profissionais podem trabalhar em clínicas, como proprietários ou funcionários, em laboratórios, zoológicos, centros de zoonoses, empresas públicas ou privadas ligadas à saúde pública e ao meio-ambiente, etc.

É comum que cada pet shop – local onde se vendem rações, medicamentos e brinquedos para animais – tenha um médico veterinário. Ele, inclusive, pode ser proprietário ou sócio do negócio.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Há, ainda, a possibilidade de mercado de trabalho na área de agronegócio, em propriedades rurais, como sítios e fazendas, e na segurança dos alimentos, em fábricas de ração e em fábricas de produtos de origem animal.

Os graduados em Medicina Veterinária também podem seguir carreira acadêmica, ministrando aulas em escolas e faculdades, e fazendo pesquisas para aprimorar a qualidade de vida dos animais, melhoramento genético, nutrição animal, entre outras análises.

Por fim, centros de hospedagem ou “hotéis” para cachorros ou outros pets de pequeno porte têm surgido no mercado. Os donos dos animais podem deixá-los nesses locais enquanto viajam, por exemplo. 

Leia também: a diferença entre Medicina Veterinária, Zoologia e Zootecnia

Formas de atuação

Clínico e cirurgião 
Os procedimentos podem ser feitos em animais de pequeno porte, como cães, gatos, coelhos e periquitos, e também em animais de grande porte, como bovinos e equinos.

Analista de laboratório 
O profissional vai realizar diagnósticos por imagem dos animais, como ultrassom, e exames de sangue e de patologias.

Médico veterinário in loco
Muitas vezes, o profissional precisa se dirigir ao local onde está o animal, como em fazendas, por exemplo. In loco, o veterinário pode fazer procedimentos como ultrassonografia de vacas e éguas em fase reprodutiva, inseminação artificial, palpação retal, transferência de embriões, melhoramento genético etc.

Consultor de segurança dos alimentos
Nesse caso, o trabalhador atua em fabricas, cuidando desde a origem da produção de um animal até o alimento chegar à mesa do consumidor, garantindo as etapas legais pelas quais passa o animal. Também pode trabalhar em fábricas de ração, acompanhando todo o processo de produção até a entrega do produto final.

Consultor em produção animal
Nesse caso, o profissional atua na produção animal, como nas áreas de avicultura, suinocultura, caprinocultura, piscicultura etc.

Responsável técnico
O graduado em Medicina Veterinária também pode trabalhar em fábricas de produtos de origem animal, frigoríficos, laticínios, queijarias, entre outros. 

Consultor em saúde pública
A forma de atuação pode ser no controle de zoonoses e doenças transmissíveis entre o homem e os animais, por exemplo. 

Administrador financeiro
Nesse caso, a atuação é no processo administrativo e financeiro de empresas rurais, como fazendas, visando melhorar o desempenho financeiro para os proprietários. Precisa dominar procedimentos gerenciais, como análise de dados e relatório de planilhas.

Perito criminal 
O profissional da saúde animal também pode trabalhar colaborando em casos de crimes passionais que envolvem os animais. 

Medicina preventiva
Uma outra forma de atuação não muito conhecida é na área de saúde humana com a colaboração de animais, como a equoterapia (uso de cavalos como uma forma de terapia interdisciplinar em pessoas com deficiência).

Consultor comercial
Por fim, uma das áreas que mais cresce e oferece maiores benefícios financeiros, segundo especialistas, é a comercial. Como o profissional entende dos produtos veterinários, como rações e medicamentos, têm maior propriedade para vendê-los.

Regulamentação da profissão

Lei Nº 5.517, de 23 de outubro de 1968.

Salário

Conforme o site de emprego Catho, a média salarial do médico veterinário é de R$ 2.488,97.

Assista às nossas videoaulas

Veja também

Unifesp começa a aplicar as provas do Vestibular Misto 2022
Serão utilizadas pela Unifesp as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e de suas próprias provas para a aprovação dos candidatos no Vestibular Misto 2022. 

Inep divulga gabaritos da Reaplicação do Enem 2021
Quase 100 mil estudantes fizeram as provas nos dias 9 e 16 de janeiro

Vestibular da UERJ exige preparação específica; veja dicas
Em razão da pandemia do coronavírus, processo seletivo alterou o formato para evitar aglomerações

Editais do ProUni e Fies do 1º semestre de 2022 estão disponíveis
O primeiro programa oferece bolsas de estudo em universidades particulares a estudantes que comprovem ter renda familiar entre um ou três salários mínimos. Já o Fies disponibiliza financiamentos em cursos igualmente ministrados em instituições privadas. Também é necessário comprovar renda.

1ª reclassificação do Vestibular 2021/2 de vagas remanescentes da UERJ está disponível
Os convocados devem realizar pré-matrícula e aceite da inscrição em disciplinas da classificação de forma online no período de 24 e 25 de janeiro.

UEMG inscreve para o Vestibular 2022
O processo seletivo havia sido extinto em março de 2019 para usar somente notas do Enem e agora retorna neste ano.

Edital do SiSU 2022/1 é divulgado
Além do cronograma, no Edital também é possível verificar as regas do Sistema.

MEC divulga datas de inscrições do SiSU, ProUni e Fies do 1º semestre de 2022
Programas oferecem vagas em instituições de ensino superiores. Para participar, é necessário ter feito o Enem.

IFSuldeMinas solta resultado do Vestibular 2022/1
O resultado preliminar saiu no dia 10 de janeiro e teve os dias 12 e 13 seguintes para recursos. Este já é o resultado final.

Inscrições para a 3ª etapa do PAS 2020 da UFLA são recebidas
O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição já foi encerrado e o resultado será disponibilizado no dia 27 de janeiro.

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022 da Fuvest encerram com abstenção de 7,9%
O resultado final do Vestibular 2022 da Fuvest é esperado para 11 de fevereiro. Outras duas chamadas regulares estão previstas para os dias 25 de fevereiro e 07 de março. 

Reaplicação Enem 2021: menos de 30% dos inscritos comparecem às provas
Ao todo, 338.419 estudantes se inscreveram para realizar as provas, mas 70% não se apresentaram