Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Tecnologia em Mídias Digitais

O Tecnólogo em Mídias Digitais precisa ser antenado e estar sempre atento a novas tecnologias.

Publicado por Érica Caetano
O tecnólogo em Mídias Digitais precisa ser criativo e estar apto a atuar com as mais diversas plataformas tecnológicas
O tecnólogo em Mídias Digitais precisa ser criativo e estar apto a atuar com as mais diversas plataformas tecnológicas

O desenvolvimento de novas tecnologias faz surgir também novas profissões. Um exemplo disso são os smartphones e a popularização das redes sociais, que foram determinantes para a criação de uma profissão dedicada às mídias digitais.

O tecnólogo em Mídia Digital é o profissional apto a trabalhar com toda a comunicação realizada por meio da internet, com os mais diversos conteúdos. Anúncios pagos em redes sociais como o Facebook e Instagram, banners de sites, textos com links patrocinados, comerciais em vídeos no Youtube e publicidade digital em ferramentas como o Google Adwords são alguns dos exemplos do que o profissional de mídia digital pode fazer.

Essas são algumas maneiras de trabalhar do tecnólogo em Mídias Digitais, mas não são todas. Há um leque bastante extenso neste segmento, com várias técnicas e ferramentas que podem ser usadas para a divulgação de empresas, marcas e pessoas em mídias digitais.

Para atender essa demanda no mercado de especialistas em gerar conteúdos para redes sociais, blogs e sites, com o objetivo de criar um relacionamento com os usuários, foi criado o curso de Tecnologia em Mídias Digitais.

Público-alvo

Para se tornar um tecnólogo em Mídias Digitais é preciso ser “antenado” no que diz respeito às principais tecnologias e inovações do mercado virtual, redes sociais, linguagens de programação, plataformas e afins. 

Gostar de trabalhar com internet também é fundamental. Ser criativo, curioso, de raciocínio rápido e estrategista também são diferenciais. Outra característica para quem deseja estudar Tecnologia em Mídias Digitais é gostar de buscar novos conhecimentos, pois esse mercado exige inovação constantemente.

Leia: 10 cursos para quem gosta de internet

O curso

O curso de Tecnologia em Mídias Digitais prepara o estudante para o trabalho em empresas de variados segmentos, em formatos multimídias diversos e em todas as formas de expressões consideradas artísticas em novos meios de comunicação, como redes sociais e aplicativos.

Ao final da graduação tecnológica, o profissional estará apto a projetar, elaborar, implantar e avaliar conteúdos nas mais diferentes mídias digitais, em parceria com profissionais de marketing, design, comunicação e informática.

Dentre as disciplinas estudadas estão as tidas como básicas e triviais como também aquelas mais específicas para a área de trabalho do tecnólogo em Mídias Digitais. 

Veja abaixo algumas delas:

•    Redação – produção e estudos; 
•    Cultura Digital; 
•    Educação e Produção do Conhecimento em Ambientes Virtuais;
•    Programação Web; 
•    Design de Web; 
•    Algoritmos para Tecnologia e Mídias Digitais;
•    Design de interface digital; 
•    Aplicativos para edição de imagens digitais;
•    Aplicativos para Animação Digital; 
•    Programação Web;
•    3D básico e avançado;
•    Usabilidade em Jogos Digitais;
•    Redes de computadores e Internet.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O curso de Tecnologia em Mídias Digitais tem duração média de 2 a 3 anos, tendo o trabalho de conclusão de curso obrigatório para a sua conclusão. 

Depois de formado, o profissional poderá buscar um curso de pós-graduação na área para se especializar e buscar o crescimento na carreira. O tecnólogo pode se especializar em marketing digital, design, animação e em cursos mais avançados de programação.

Mercado de trabalho

Apesar de ser uma profissão nova no mercado, a área de mídias digitais vem ganhando grande espaço, pois a presença de empresas em mídias digitais é essencial para vendas e fortalecimento de marca.

O mercado está mais exigente quanto aos profissionais de mídias digitais e, aqueles que possuem conhecimento mais amplo nas técnicas e nas melhores ferramentas, largam com uma grande vantagem.

Segundo dados de uma pesquisa realizada com 40 Agências pela Associação Brasileira de Agências Digitais do Rio de Janeiro, cerca de 70% das vagas ociosas são para analistas de mídias digitais, por falta de profissionais qualificados.

Formas de atuação

O tecnólogo em Mídias Digitais é quem vai atender um público-alvo bem segmentado, desenvolvendo pesquisas de mercado, identificando e “influenciando” o comportamento de consumo, gerenciando marcas e promovendo idéias e ações de Mídias Digitais. Também estará apto a produzir e gerenciar recursos de texto e imagem para relações interativas em mídias digitais. 

O profissional poderá, ainda, associar inovações tecnológicas ao processo de produção de conteúdo digital, sempre avaliando e especificando quais técnicas e tecnologias deverão ser utilizadas.

Ele pode atuar em empresas provedoras de acesso à internet e intranet, desenvolvedoras de softwares e de mídia interativa, design de games, processos de educação à distância (EaD), entre outras. 

Campos de Atuação

- Empresas de tecnologia;
- Desenvolvedoras de Software; e Mídia Interativa;
- Agências de Publicidade e Propaganda;
- Empresas de Marketing;
- Produtoras de Jogos Digitais;
- Empresas em geral – indústrias comércios e serviços;
- Portais de informação;
- Produtores de conteúdos digitais;
- Órgãos Públicos;
- Empresas provedoras de acesso à internet;
- Instituições de ensino;
- Institutos e centros de pesquisa.

Remuneração média

De acordo com o site Catho.com, a média salarial do Tecnólogo em Mídias Digitais é de R$ 1.800.

Exigência para o exercício da profissão

A exigência para exercer a profissão do Tecnólogo em Mídias Digitais é o diploma de conclusão de curso tecnológico. 

Veja também

Inscrições para o Vestibular 2022/2 do IFS já podem ser feitas
Interessados têm até 9 de junho para se inscrever. São 295 vagas para cursos de graduação.

Inscrições abertas para cursinho gratuito pré-Enem no Pará
São 3 mil vagas para curso nas modalidades presencial e online.

Facape (PE) adia prova do Vestibular 2022/2 de Medicina
Avaliação aconteceria neste domingo (22) para candidatos da ampla concorrência.

Notas da 1ª e 2ª etapas do Pism 2022 da UFJF já podem ser consultadas
Candidatos podem interpor contra o desempenho informado nesta quarta-feira (18), das 9h às 16h

UFSC abre inscrições para Vestibular 2022/2 de vagas remanescentes
Prazo fica aberto até o dia 26 de maio. Pedidos de isenção da taxa de inscrição são aceitos até o próximo dia 20.

IFRO está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/2
No ato da inscrição, os candidatos deverão escolher por qual modalidade desejam concorrer, se pelo Histórico Escolar ou se pelo aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Emescam (ES) solta resultado do seu Vestibular 2022/2
Para acessar o resultado, o candidato deverá clicar no link correspondente ao seu curso.

Inscrições do Vestibular 2022 da Uesb são prorrogadas até amanhã (18)
As provas do processo seletivo da Uesb serão aplicadas nos dias 05 e 06 de junho. Na ocasião, os participantes deverão responder 85 questões objetivas.

UEM libera 2ª chamada do Vestibular e do PAS 2021
Candidatos convocados devem solicitar matrícula pela internet entre hoje (16) e amanhã (17).

UEMA informa locais de provas do PAES 2022
Candidatos farão avaliação no próximo dia 22, das 13h às 18h.

Inscrições do Vestibular 2022/2 da UEG já podem ser feitas
Provas serão realizadas no dia 7 de agosto.

Pedidos de redução de taxa do Vestibulinho 2022/ já podem ser feitos
As Etecs vão disponibilizar computador e acesso à internet aos interessados na redução da taxa do Vestibulinho.