Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Orientação Vocacional
  3. Como escolher a profissão certa?

Como escolher a profissão certa?

A escolha da profissão envolve muitos fatores e o estudante precisa ter tranquilidade e avaliar bem qual curso deseja estudar.

Publicado por Érica Caetano
Saber qual das três ciências o estudante gosta mais o ajudará na definição do curso para prestar vestibular
Saber qual das três ciências o estudante gosta mais o ajudará na definição do curso para prestar vestibular

No ano de preparação para as provas do vestibular e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), muitos estudantes ficam confusos quanto à escolha do curso que desejam ingressar, que carreira seguir e como escolher a profissão ideal.

Esse tipo de reação é mais do que natural, afinal de contas, esta é uma escolha muito importante a ser tomada, já que o que está em jogo é a futura carreira profissional. Na maioria das vezes, precisamos tomar essa decisão prematuramente, quando ainda estamos muito novos e muitas dúvidas permeiam nossas cabeças. 

Para te ajudar nessa importante decisão, o Mundo Educação conversou com a psicóloga e orientadora profissional e de carreira Marissa Oliveira (CRP 04/60396). 

1)    Descubra as disciplinas que tem mais afinidade

Para facilitar essa escolha e clarear parte dessas inseguranças, uma boa forma de começar é observando quais são as disciplinas que mais te chamam a atenção no decorrer das aulas.

Você deve saber quais são as matérias que mais tem afinidade e os exercícios que tem menos dificuldade em resolver. Isso já é um caminho para decidir qual área seguir: Humanas, Exatas ou Biológicas

2)    Pesquise e explore sobre os cursos que se identifica

Antes de escolher qualquer carreira, é preciso ter conhecimento profundo sobre ela. Sendo assim, o estudante deve estudar, explorar, selecionar sobre os cursos que possui maior afinidade para, então, definir qual carreira seguir.

Estabeleça critérios, pontuando quais são as suas prioridades, e compare as possibilidades entre os cursos pretendidos.

Divida-os em três etapas, sendo elas:

- Autoconhecimento: estude sobre suas aptidões e a graduação desejada; seus gostos, interesses e habilidades e as exigências do curso para tal.

- Faculdade: se informe sobre os cursos, converse com pessoas que fazem ou fizeram a graduação; analise a grade curricular; as faculdades que oferecem o curso; duração dos cursos etc.

- Mercado de trabalho: qual são os salários e respectivos cargos; se há vagas no mercado de trabalho; perspectivas para o futuro etc.

3) Construa um planejamento de carreira

Uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos estudantes na hora de definir a profissão que deseja seguir e, consequentemente, que curso deverá cursar, é a ansiedade gerada pelo fato de não conseguir “prever” acontecimentos futuros. Afinal, a segurança é um fator de escolha.

Para definir a profissão ideal é interessante a construção de um planejamento de carreira desde a escolha da graduação. É importante se fazer a pergunta: Como me imagino daqui cinco ou seis anos?

A construção de um planejamento de carreira requer tempo, tranquilidade e conscientização dos objetivos. Estabeleça metas (curto, médio e longo prazo) que você deseja que sejam cumpridas na sua carreira. Por exemplo:

Curto prazo: aprovação em uma boa universidade.

Médio prazo: encontrar um campo de atuação dentro do meu curso.

Longo prazo: estagiar em uma empresa que vai me permitir conhecer o mercado de trabalho.

Para cada uma das metas estabeleça estratégias, que podem envolver estudo para o Enem, projetos de pesquisa, cursos de idiomas, rede de contatos (networking) etc. Assim, as chances de tomar decisões conscientes e alcançar os objetivos são grandes.

4) Converse com os seus pais

Além da autocobrança com a escolha da profissão ideal, muitos jovens também precisam lidar com a pressão imposta pelos pais. A escolha da carreira será mais assertiva se tiver o apoio dos pais na decisão. 

Estudos importantes da psicologia ligados à orientação vocacional mostram como a família tem forte influência na escolha dos jovens. Em alguns casos, a forte referência de pais, tios e pessoas próximas ao estudante é que a influenciam na escolha profissional.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Se você, vestibulando, tiver uma pessoa próxima que é uma referência na profissão que deseja seguir, converse com ela. Pegue todas as informações sobre a carreira e amplie seu conhecimento para uma escolha consciente.

No caso dos pais, eles devem ter cuidado com suas expectativas em relação às escolhas dos filhos. Uma conversa sincera é importante para aliviar a pressão do filho e, ao mesmo tempo, o filho entender o que os pais esperam do seu futuro.

A decisão final precisa ser do filho, já que é ele quem vivenciará a experiência acadêmica. A opinião dos pais pode ser levada em consideração, mas não deve ter um peso maior do que a escolha do jovem.

Leia também: Devo seguir a profissão dos meus pais?

5) Cuidado com cobrança de colégios e cursinhos

Alguns colégios, principalmente particulares, tentam impor carreiras vistas como “melhores” aos seus estudantes. A aprovação em cursos de Medicina, Direito e Engenharias, por exemplo, acaba sendo usada como marketing nessas instituições.

Há pouca discussão, principalmente no ensino médio, no que diz respeito às carreiras. Os estudantes possuem pouco contato profissional para conduzir uma reflexão sobre escolhas e, por pressão do colégio, muitos acabam optando por concorrer nos cursos “tradicionais”.

No entanto, alguns colégios possuem um ensino mais humanizado e voltado para despertar nos estudantes o que eles têm de melhor, independente da área. Se for o caso do seu colégio, converse com os professores e coordenadores sobre a escolha da carreira. Eles podem te ajudar a descobrir suas habilidades.

6) Não pense somente no financeiro 

O retorno financeiro é importante na hora de escolher uma carreira, mas não deverá ser o único requisito. Você deve optar por uma profissão que traga realização pessoal, autossatisfação, reconhecimento profissional, responsabilidades sociais e, é claro, uma boa remuneração.

A profissão de médico, por exemplo, garante um bom retorno financeiro, mas exige muitos anos de estudo, poucas horas de sono e lazer, rotinas exaustivas e enorme pressão. Você está preparado para isso? Todas as profissões exigem um perfil profissional. Tenha isso em mente.

Visite nosso Guia de Profissões

Por isso, é preciso se perguntar: o que esperar do meu futuro trabalho? Cada um tem uma concepção de trabalho, um objetivo na vida. Isso é particular de cada pessoa. 

7) Cuide de você 

A adolescência já é uma fase de muitas autoafirmações, na qual o jovem se encontra, na maioria das vezes, buscando uma identidade. O período de pré-vestibular e Enem só aumenta essas pressões já vividas. 

Essa “pressão interna” precisa ser discutida, acolhida e entendida, para não comprometer a saúde mental. Uma boa dica é fazer terapia. Nem todos os jovens têm acesso a atendimento psicológico, mas, se você puder, faça.

Fazer atividades físicas, se alimentar bem, tirar um tempo para planejar os estudos, ter um espaço adequado para estudar, dispor de momentos de distração, tais como assistir séries, conversar com amigos ou escutar música, podem auxiliar no processo de definição da escolha da profissão.

Recapitulando...

Como escolher a profissão ideal?

1)    Descubra as disciplinas que tem mais facilidade;
2)    Pesquise e explore sobre os cursos que se identifica
3)    Construa um planejamento de carreira
4)    Converse com os seus pais
5)    Cuidado com cobrança de colégios e cursinhos
6)    Não pense somente no financeiro 
7)    Cuide da saúde mental

Veja também

Provas da 1ª fase de Medicina da UVV do Vestibular 2022/1 são realizadas
A UVV oferece 85 vagas para o curso de Medicina. As oportunidades são para Vila Velha/ES.

PUCPR: provas on-line do Vestibular de Verão 2022 dos demais cursos são realizadas hoje (17)
As provas on-line ocorrem em dois blocos de duas horas e um intervalo de 10 minutos.

URCA (CE) aplica provas do seu Vestibular 2021/2 neste final de semana
O Cartão de Identificação, onde consta os locais de prova, deverá ser impresso, assinado e apresentado no local de aplicação das provas junto com o documento de identificação com foto.

Provas do Vestibular 2022 de Medicina da Emescam (ES) acontecem neste final de semana
É preciso que os candidatos utilizem máscaras que cubram nariz e boca durante todo o período de permanência nos locais de prova. Será permitido levar seu próprio álcool gel.

Faculdade Pitágoras Eunápolis (BA) inscreve para Vestibular 2022 de Medicina via Enem
Processo seletivo oferece seis bolsas de estudos a estudantes da rede pública de ensino que têm renda de até um salário mínimo

UEG solta resultado do Vestibular 2021/2
Candidatos às 390 vagas fizeram as provas no dia 19 de setembro em Goiânia e no interior de Goiás

UESB divulga concorrência do Vestibular Especial 2021/1
Direito, Odontologia e Enfermagem são os cursos mais procurados deste vestibular, o primeiro depois do surgimento do coronavírus

Abertas inscrições para Vestibular de Verão 2022 da PUC-SP
Interessados nas mais de 2,6 mil vagas deverão fazer provas on-line no dia 5 de dezembro

Unipar recebe inscrições para Vestibular 2022/1 de Medicina
Processo seletivo oferece 110 vagas. Curso é ministrado na cidade paranaense de Umuarama.

Unifesp realiza Feira de Profissões 2021
As inscrições podem se feitas on-line e gratuitamente. Evento acontece na próxima semana.

UECE finaliza inscrições para Vestibular 2022
Provas da 1ª fase estão agendadas para 15 de novembro. Já segunda etapa ocorrerá em 5 e 6 de dezembro.

Inscrições do Vestibular de Verão 2022 da UCPel estão abertas
O prazo vai até 24 de novembro, com taxa de R$ 200, para os cursos de Medicina e Odontologia. Para os demais, o prazo vai até 30 de novembro.