Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Enem
  3. Dicas para o Enem
  4. Enem: O que levar e fazer no dia da prova?

Enem: O que levar e fazer no dia da prova?

Separar documento e caneta preta e sair de casa com antecedência são dicas importantes

Publicado por Silvia Tancredi
É importante saber com antecedência o que você deve fazer no dia do Enem
É importante saber com antecedência o que você deve fazer no dia do Enem

O dia de fazer as provas do Enem costuma ser de bastante ansiedade entre os participantes, afinal, é a hora da dedicação aos estudos mostrar resultado. E qual o segredo para ter sucesso nesse dia? Planejamento.

É importante que você planeje com antecipação como serão os dias de realização do exame educacional. No primeiro dia, são 5 horas e meia de prova e, no segundo, 5 horas. Para evitar contratempos, você precisa se atentar a alguns pontos. Anote esta lista com itens fundamentais:

Horário da prova

As provas do Enem começam, pontualmente, às 13h30, no horário de Brasília. No primeiro dia, os exames seguem até as 19h e, no segundo, até as 18h30.

Para evitar contratempos, a organização do exame educacional recomenda que você chegue com antecedência ao local de prova do Enem. Normalmente, os portões abrem às 12h e fecham às 13h, mas, para evitar aglomerações durante a pandemia do coronavírus, o acesso aos prédios pode ser feito meia hora mais cedo, às 11h30.

Veja regras para evitar aglomeração durante as provas do Enem

Local de prova

Quem vai te levar às provas do Enem? Você vai com alguém da sua família? Vai sozinho? Vai de carro, de metrô, de táxi? Todas essas questões devem ser bem pensadas e avaliadas. 

Independente do meio de locomoção, você precisa verificar o melhor caminho para chegar ao local de prova do Enem e sair de casa pelo menos duas horas antes. Como são muitos participantes, nesse dia haverá trânsito.

Não é obrigatório levar o seu Cartão de inscrição do Enem impresso, mas tê-lo em mãos pode ajudar a encontrar o seu prédio e sua sala de forma mais rápida.

O que levar 

Documento 

Segundo o Edital do Enem, no dia das provas é obrigatório levar um documento original e oficial com foto. Nesse dia, você pode apresentar carteira de identidade (RG), carteira de motorista (CNH), carteira de trabalho ou passaporte (se for estrangeiro).

Caso você tenha perdido ou tenham roubado seu documento oficial, você terá que levar o comprovante que solicitou a segunda via ou o Boletim de Ocorrência.

Fique atento: alguns documentos com foto não são aceitos no dia do Enem, tais como carteira de estudante, carteira de clube e outros nesse estilo.

Caneta preta 

Caneta esferográfica transparente com tinta na cor preta é a única que deve ser levada no dia das provas do Enem. Somente este modelo é aceito pelo Inep. Então, separe pelo menos duas, pois, assim, se a tinta de uma falhar, você estará tranquilo por ter outra à mão.

 estudante fazendo prova do Enem com caneta preta
Oranização do Enem somente aceita caneta na cor preta

Máscara facial  

Em tempos de pandemia do coronavírus, separar sua máscara de proteção facial para as provas do Enem 2021 é obrigatório. O interessante é que você leve duas ou mais máscaras, pois a prova é de longa duração.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia dicas de infectologista para evitar contaminação da covid-19 durante as provas do Enem

O que posso levar 

Lanche 

Nutricionistas recomendam que você organize o que vai comer antes e durante as provas do Enem. Como os testes são realizados à tarde, você pode almoçar algo leve, mas, ao mesmo tempo, nutritivo. 

O prato ideal para refeição antes das provas, segundo nutricionistas, deve garantir o consumo adequado de carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas e minerais. Veja um exemplo:

Arroz + feijão (ou lentilha) + carne/peixe (preferencialmente magra) + vegetais cozidos + salada crua + fruta de sobremesa

Durante as provas, você pode comer alimentos que dão energia, como chocolates, biscoitos, castanhas, barrinhas de cereal, entre outras opções. O lanche pode ser vistoriado pelo fiscal.

Atenção: é importante que você leve sua própria água. Assim, não precisará levantar-se toda vez que sentir sede. Além disso, levar sua própria bebida é uma das orientações do protocolo de segurança sanitária para evitar contaminação do coronavírus.

Celular 

Hoje levamos o celular para todos os cantos. No dia do Enem, não será exceção. Você pode levar seu celular, mas se lembre de desligá-lo para que ele não toque durante as provas. Caso isso acontecer, você pode ser eliminado das provas. 

O fiscal de sala vai te entregar um envelope para guardar seu celular. Esse envelope deve ser lacrado e colocado embaixo da carteira.

O que não levar para o Enem? 

Conforme o Edital do Enem, no dia das provas você não pode usar óculos escuros, relógio e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares.

Também não é permitido levar caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos e anotações. 

Além do mais, a organização do Enem alerta que é proibido transportar tablets, calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, pen drive, alarmes, chaves com alarme, fone de ouvido ou com qualquer outro componente eletrônico.

O que vestir no Enem? 

São 5 horas de exame, as quais você ficará sentando. Então, recomendamos que no dia das provas do Enem você vista uma roupa confortável para aguentar a maratona de provas. Calçados que não apertem também são opções interessantes.

Resumão: O que levar e o que não levar no Enem

O que levar:

1.    Documento de identificação
2.    Caneta preta

O que posso levar

1.    Cartão de Inscrição
2.    Celular
3.    Alimentos
4.    Água

O que não levar

1.    Materiais escolares como lápis, borracha, régua, livros, apostilas, etc
2.    Acessórios como óculos escuros, bonés e relógios
3.    Materiais eletrônicos, tablets, iPads, pen-drives, etc

Confira também: o que não fazer no dia do Enem

Assista às nossas videoaulas

Veja também

PUCPR: provas on-line do Vestibular de Verão 2022 dos demais cursos são realizadas hoje (17)
As provas on-line ocorrem em dois blocos de duas horas e um intervalo de 10 minutos.

URCA (CE) aplica provas do seu Vestibular 2021/2 neste final de semana
O Cartão de Identificação, onde consta os locais de prova, deverá ser impresso, assinado e apresentado no local de aplicação das provas junto com o documento de identificação com foto.

Provas do Vestibular 2022 de Medicina da Emescam (ES) acontecem neste final de semana
É preciso que os candidatos utilizem máscaras que cubram nariz e boca durante todo o período de permanência nos locais de prova. Será permitido levar seu próprio álcool gel.

Faculdade Pitágoras Eunápolis (BA) inscreve para Vestibular 2022 de Medicina via Enem
Processo seletivo oferece seis bolsas de estudos a estudantes da rede pública de ensino que têm renda de até um salário mínimo

UEG solta resultado do Vestibular 2021/2
Candidatos às 390 vagas fizeram as provas no dia 19 de setembro em Goiânia e no interior de Goiás

UESB divulga concorrência do Vestibular Especial 2021/1
Direito, Odontologia e Enfermagem são os cursos mais procurados deste vestibular, o primeiro depois do surgimento do coronavírus

Abertas inscrições para Vestibular de Verão 2022 da PUC-SP
Interessados nas mais de 2,6 mil vagas deverão fazer provas on-line no dia 5 de dezembro

Unipar recebe inscrições para Vestibular 2022/1 de Medicina
Processo seletivo oferece 110 vagas. Curso é ministrado na cidade paranaense de Umuarama.

Unifesp realiza Feira de Profissões 2021
As inscrições podem se feitas on-line e gratuitamente. Evento acontece na próxima semana.

UECE finaliza inscrições para Vestibular 2022
Provas da 1ª fase estão agendadas para 15 de novembro. Já segunda etapa ocorrerá em 5 e 6 de dezembro.

Inscrições do Vestibular de Verão 2022 da UCPel estão abertas
O prazo vai até 24 de novembro, com taxa de R$ 200, para os cursos de Medicina e Odontologia. Para os demais, o prazo vai até 30 de novembro.

Fuvest anuncia concorrência do Vestibular 2022
Medicina continua sendo carreira mais procurada. No entanto, houve queda na concorrência dos cursos em São Paulo e Ribeirão Preto.