Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Biomedicina

Profissional precisa ser detalhista e persistente. Também deve gostar de pesquisar o funcionamento do organismo humano.

Publicado por Silvia Tancredi
Para se dar bem na Biomedicina, é necessário gostar de realizar atividades de pesquisa dentro de laboratórios
Para se dar bem na Biomedicina, é necessário gostar de realizar atividades de pesquisa dentro de laboratórios

O biomédico é o profissional graduado em Ciências Biomédicas ou Biomedicina. Ele realiza pesquisas e análises de material humano em laboratórios e em clínicas para descobrir alterações no organismo e patologias (doenças). Depois da investigação, biomédico confecciona e assina laudos com os resultados.

Ao todo, a Biomedicina conta com mais de 30 habilitações. Entre as áreas de atuação que estão em alta, destacam-se o diagnóstico laboratorial de novas doenças e o desenvolvimento e produção de medicamentos e vacinas para combatê-las. Essas atividades ganharam ainda mais importância depois do surgimento do coronavírus, em março de 2020, no Brasil.

Outra área que está em alta é a biomedicina estética. Nesse caso, o profissional atua em contato direto com os pacientes, realizando procedimentos estéticos, como aplicação da toxina botulínica (botox), harmonização facial e outros procedimentos.

Público-alvo

O estudante que quer cursar Biomedicina precisa ter ética, responsabilidade, flexibilidade e organização. Outras características são ser persistente e decidido e gostar de investigar e realizar pesquisas.

É fundamental ainda que o aluno tenha bastante interesse e conhecimento no corpo humano. Na parte profissional, o biomédico deve estar sempre atualizado com as novas técnicas de procedimentos e análises clínicas.

Curso

O curso de Biomedicina prepara estudantes para trabalharem com pesquisas e diagnósticos sobre o funcionamento do organismo humano e suas alterações. Geralmente, o profissional atua na parte laboratorial, ou seja, por trás dos bastidores do atendimento aos pacientes. 

De acordo com o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), a carreira surgiu no Brasil em 1966. Antes disso, as atividades essenciais da área, como as laboratoriais, eram realizadas por médicos, farmacêuticos e bioquímicos

Desde que o curso foi implantado no país, algumas modificações curriculares foram realizadas. Normalmente, nos primeiros anos os alunos veem disciplinas mais básicas de cursos da área de Saúde, tais como Anatomia, Biologia Celular, Química, Biossegurança, Saúde Pública e Histologia e Embriologia.

Nos anos seguintes, os estudantes têm aulas mais voltadas à área de Biomedicina. Entre as disciplinas, destacam-se:

    • Genética
    • Parasitologia
    • Epidemiologia
    • Microbiologia
    • Micologia humana
    • Imunologia
    • Toxicologia
    • Hematologia
    • Líquidos corporais
    • Virologia humana

Algumas pessoas acreditam que Biomedicina é parecido com o curso de Medicina, mas os biomédicos não atuam em contato direto com os pacientes, como os médicos.

Entenda a diferença entre Biomedicina e Medicina

Apesar de os cursos de Biomedicina e Medicina serem diferentes, ambos os profissionais podem atuar de forma integrada, pois o médico solicita a realização de exames e análises clínicas ao biomédico para poder diagnosticar doenças e outros transtornos dos pacientes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Duração média

De oito a dez semestres, conforme a instituição de ensino

Mercado de trabalho

Especialistas da área analisam que o mercado de trabalho para o biomédico é bem versátil. Normalmente, os profissionais atuam em laboratórios, sejam de análises, de pesquisa molecular, de manipulação etc.

Os profissionais podem trabalhar ainda em outros locais específicos da saúde humana, como hospitais, clínicas de imagens, clínicas de reprodução humana, de acupuntura, de oncologia e de reprodução humana, bancos de sangue e laboratórios químicos e farmacêuticos.

Os biomédicos também podem ingressar no mercado de trabalho em locais que não são da área de saúde, tais como indústrias biológicas e indústria de alimentos e bioderivados. Nesse caso, eles realizam análises de alimentos, físico-químicas e do metabolismo dos microrganismos de interesse na tecnologia de alimentos.

Uma outra opção profissional é seguir carreira acadêmica em instituições de ensino, ministrando aulas para graduação e pós-graduação. Os profissionais também podem realizar pesquisas científicas nas universidades. 

Os biomédicos também podem seguir carreira no setor público. Para isso, é necessário que eles sejam aprovados em concursos públicos. Há concursos para secretarias de saúde, vigilância sanitária e centros de saúde e de epidemiologia, por exemplo.

Formas de atuação

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina, o profissional pode trabalhar em mais de 30 áreas de atuação. Entre elas, destacam-se:

Análises e patologias clínicas
O profissional realiza a coleta, a análise e a interpretação assinando laudos laboratoriais.

Biologia molecular
Também atua na coleta e análise de material, desta vez do DNA das pessoas.

Reprodução Humana
O biomédico realiza a manipulação de gametas e pré-embriões.

Farmacologia
O profissional pesquisa os efeitos das substâncias químicas no organismo humano.

Genética 
O trabalho, nesse caso, é realizando laudos e aconselhamento genético aos pacientes.

Estética 
Quem escolhe seguir a área de estética está habilitado a fazer procedimentos de prevenção para retardar o envelhecimento do ser humano, bem como melhorar seu bem-estar físico.

Imunologia
O profissional atua pesquisando novas formas e técnicas de tratar as pessoas por meio de análise dos seus dados clínicos.

Analista ambiental
Realização de análise físico-química e microbiológica para o saneamento do meio ambiente.

Auditor
O biomédico analisa se todos os procedimentos dos laboratórios, clínicas ou outros locais estão de acordo com a legislação e as leis regulatórias do setor de saúde.

Criminalística
O biomédico atua na análise de substâncias químicas encontradas em uma investigação criminal.

Regulamento da profissão 

Lei nº 6.684, de 3 de setembro de 1979

Salário (remuneração média)

Conforme o portal de empregos Catho, a média salarial do biomédico em começo de carreira é de R$ 2.400.

Veja também

Unifesp começa a aplicar as provas do Vestibular Misto 2022
Serão utilizadas pela Unifesp as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e de suas próprias provas para a aprovação dos candidatos no Vestibular Misto 2022. 

Inep divulga gabaritos da Reaplicação do Enem 2021
Quase 100 mil estudantes fizeram as provas nos dias 9 e 16 de janeiro

Vestibular da UERJ exige preparação específica; veja dicas
Em razão da pandemia do coronavírus, processo seletivo alterou o formato para evitar aglomerações

Editais do ProUni e Fies do 1º semestre de 2022 estão disponíveis
O primeiro programa oferece bolsas de estudo em universidades particulares a estudantes que comprovem ter renda familiar entre um ou três salários mínimos. Já o Fies disponibiliza financiamentos em cursos igualmente ministrados em instituições privadas. Também é necessário comprovar renda.

1ª reclassificação do Vestibular 2021/2 de vagas remanescentes da UERJ está disponível
Os convocados devem realizar pré-matrícula e aceite da inscrição em disciplinas da classificação de forma online no período de 24 e 25 de janeiro.

UEMG inscreve para o Vestibular 2022
O processo seletivo havia sido extinto em março de 2019 para usar somente notas do Enem e agora retorna neste ano.

Edital do SiSU 2022/1 é divulgado
Além do cronograma, no Edital também é possível verificar as regas do Sistema.

MEC divulga datas de inscrições do SiSU, ProUni e Fies do 1º semestre de 2022
Programas oferecem vagas em instituições de ensino superiores. Para participar, é necessário ter feito o Enem.

IFSuldeMinas solta resultado do Vestibular 2022/1
O resultado preliminar saiu no dia 10 de janeiro e teve os dias 12 e 13 seguintes para recursos. Este já é o resultado final.

Inscrições para a 3ª etapa do PAS 2020 da UFLA são recebidas
O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição já foi encerrado e o resultado será disponibilizado no dia 27 de janeiro.

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022 da Fuvest encerram com abstenção de 7,9%
O resultado final do Vestibular 2022 da Fuvest é esperado para 11 de fevereiro. Outras duas chamadas regulares estão previstas para os dias 25 de fevereiro e 07 de março. 

Reaplicação Enem 2021: menos de 30% dos inscritos comparecem às provas
Ao todo, 338.419 estudantes se inscreveram para realizar as provas, mas 70% não se apresentaram