Logo Super Vestibular

Bioquímica

Bioquímicos estudam a química dos organismos vivos em diferentes áreas

Publicado por Silvia Tancredi
Laboratório é o ambiente de trabalho mais comum do bioquímico
Laboratório é o ambiente de trabalho mais comum do bioquímico

Recente no Brasil, até pouco tempo o curso de Bioquímica era ligado às Ciências Biológicas e à Farmácia. Hoje, os interessados na carreira já têm opções de cursos específicos ministrados em universidades de Minas Gerais e do Paraná, por exemplo.

A Bioquímica é a carreira que estuda a química dos organismos vivos em diferentes áreas, como científica, industrial, clínica, analítica, ambiental, alimentícia e biotecnológica.

Considerada uma interface entre os cursos de Biologia e Química, a Bioquímica utiliza as ferramentas de ambos para a produção de novos conhecimentos, tecnologias, produtos e processos.

Quem faz graduação em Bioquímica aplica as leis da química para o entendimento e aplicação tecnológica dos organismos vivos, ou seja, de um modo geral, estuda processos químicos que ocorrem para a manutenção da vida e usa este conhecimento para benefícios em diversas áreas, como indústrias, saúde e meio ambiente.

O bioquímico pode atuar como consultor, desenvolvedor, produtor, gestor e, ainda, na carreira acadêmica. 

Público-alvo

Para estudar o curso de Bioquímica, o jovem precisa ter interesse pelas disciplinas de Biologia e de Química. Também é interessante ter afinidade com a Matemática e a Física, pois ele trabalhará com estatísticas e cálculos.

Recomenda-se que o estudante tenha espírito investigativo e seja disciplinado, organizado, responsável e detalhista, uma vez que precisa ter capacidade de estimativa e análise de erro. 

Durante o curso e na carreira, o bioquímico pode atuar de forma individual, mas também em equipe, então é importante ter empatia, ser colaborativo e pensar de forma integrada. 

O profissional da Bioquímica trabalha em laboratórios ou locais fechados e com instrumentos técnicos e científicos; desse modo, deve ter interesse em manuseá-los. 

É necessário, ainda, ter grande capacidade de planejamento, análise e interpretação das informações obtidas nos experimentos que fará.

Por fim, o bioquímico precisa gostar de desafios, de resolver problemas e, em especial, de tecnologia, pois o curso é moderno e exige técnicas inovadoras e apuradas.

O curso

A grade curricular de Bioquímica é composta por disciplinas ligadas às ciências químicas, bioquímicas, exatas e tecnológicas. Algumas matérias de destaque no curso são:

    • Química orgânica 
    • Físico-química
    • Bioquímica clínica e toxicológica
    • Bioquímica de alimentos
    • Bioquímica industrial e bioprocessos
    • Processos fermentativos
    • Fitoquímica
    • Bioquímica ambiental
    • Biotecnologia
    • Biologia celular
    • Fisiologia
    • Imunologia e microbiologia. 

Entre algumas universidades que têm faculdades de Bioquímica estão: Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal de São João del Rey (UFSJ), em Minas Gerais, e Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Paraná. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Duração média

O curso de Bioquímica dura de quatro a cinco anos, de acordo com a instituição de ensino.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o bioquímico é vasto. O profissional pode atuar em diversas áreas, como: 

    • Alimentação e bebidas: ele analisa produtos, formulações químicas, processos fermentativos, etc;      
    • Saúde humana e veterinária: o profissional pesquisa as bases bioquímicas das doenças, faz análises clínicas e toxicológicas e em diagnóstico molecular, produz ou faz o controle da qualidade de kits de diagnóstico, fármacos, biofármacos, vacinas, entre outros;
    • Indústrias em geral: o bioquímico realiza e desenvolve análises de controle de qualidade físico-químico e microbiológico, busca novos ingredientes e formulações, conduz processos fermentativos e metabólicos industriais, etc;
    • Meio ambiente: pesquisa a poluição e a contaminação do ar, da água e do solo, realiza análises ambientais e processos de recuperação e tratamento de solos, águas e esgotos, entre outras atividades;      
    • Forense: faz perícias e testes químicos e biológicos para a resolução de crimes.

Formas de atuação

O graduado em bioquímica pode trabalhar na área de pesquisa, produção, desenvolvimento, inovação e controle e gestão de qualidade. 

Bioquímicos que têm domínio da área e tino comercial podem trabalhar na área de vendas e de marketing. Há ainda postos na área de gestão, como laboratorial, projetos e inovações. 

Graduados em Bioquímica podem seguir carreira acadêmica, ministrando aulas em universidades, ou de pesquisa, ao fazer mestrado e doutorado. 

Por fim, o profissional com experiência e situação financeira regular pode empreender, criando seu próprio negócio/indústria. 

Regulamentação da profissão 

A profissão de Bioquímica ainda não é regulamentada.

Remuneração média

De acordo com a Catho, a média salarial do bioquímico no Brasil é de R$ 2.709,15.

*Colaborou com esse texto o site Bioquímica Brasil

Veja também

Inep contrata gráfica para o Enem 2020
Provas impressas somente serão aplicadas em 2021, nos dias 17 e 24 de janeiro

Confira resultado do Fies 2020/2
Pré-selecionados devem complementar informações da inscrição no sistema do Fies de hoje até a próxima quinta-feira, 6 de agosto

MEC divulga 2ª chamada do ProUni 2020/2
Convocados precisam confirmar informações prestadas no momento da inscrição até o dia 11 de agosto

Já estão abertas as inscrições do Vestibular 2020/2021 do IME
Os interessados podem se inscrever até 18 de agosto. Previsão é que provas sejam aplicadas este ano.

FGV dá início ao prazo de inscrições dos seus Vestibular 2021 com provas virtuais
Inscrições são para seletivas do Vestibular Unificado, Direito/SP e Economia/SP. O ingresso pode ser feito por provas on-line e via Enem.

Einstein (SP) aplica provas do Vestibular 2020/2 de Enfermagem
Interessados nas 30 vagas deverão usar máscara obrigatoriamente. Provas terão questões objetivas e discursivas e uma redação.

ITA recebe inscrições para Vestibular 2021
Provas da primeira fase serão aplicadas no dia 20 de novembro e as da segunda, nos dias 8 e 9 de dezembro

UEPG dá início ao 2º prazo de inscrições do PSS 2020
Pedidos de isenção serão recebidos de hoje até o dia 10 de setembro. As provas estão agendadas para janeiro do ano que vem mas podem sofrer alteração na data conforme estiver a pandemia do novo coronavírus.

Pré-Enem 2020 gratuito em Brasília está com inscrições abertas para turmas on-line
Aulas devem começar no dia 31 de agosto e serão ministradas a distância por meio de plataformas como o Zoom

Paraná: UEL divulga novo formato do Vestibular 2021
Modelo foi adotado por causa da pandemia do coronavírus. Principal novidade é que provas serão aplicadas somente em março de 2021.

Insper (SP) publica resultado da 1ª fase do Vestibular 2020/2
Aprovados para a segunda fase terão que agendar as datas das avaliações, que poderão ser feitas entre 1 e 11 de agosto.

Inep divulga novos editais do Enem 2020 com medidas preventivas à Covid 19
Além das orientações para a prevenção, os documentos também formalizam as novas datas anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) para a aplicação das provas impressas e digitais.