Logo Super Vestibular

Produção Cultural

O primeiro curso de Produção Cultural no Brasil surgiu em 1995 no departamento de arte da UFF

Publicado por Letícia Oliveira
Produtor Cultural pode atuar na organização de grandes eventos
Produtor Cultural pode atuar na organização de grandes eventos

O curso de Produção Cultural busca formar profissionais capacitados, capazes de atuar no campo cultural de mareira consciente, entendendo a Cultura como uma construção coletiva. O Produtor Cultural é capaz de organizar e gerenciar eventos, mostras e apresentações em todos os âmbitos culturais, além de estar apto a delimitar investimentos para o setor, seja no segmento público ou privado.

A profissão do Produtor Cultural é antiga e sempre existiu, mas somente em 1995 foi criado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) o primeiro curso de graduação em Produção Cultural, o que foi capaz de trazer para a profissão embasamento crítico e teórico.

Público-alvo
Para atuar na área da Produção Cultural, o profissional precisa, acima de tudo, ser interessado pelo mundo das artes e da produção cultural em geral. Disposição, ousadia e sensibilidade são características essênciais para um bom profissional. É sempre bom lembrar que área de produção cultural é ampla, o que permite o profissional escolher o que melhor se encaixa com o seu perfil. 

O curso
O Curso de Produção Cultural busca formar profissionais capacitados para lidar com todas as etapas que envolvam a produção, a organização e a promoção de eventos culturais. Para isso, a grade curricular é formada por matérias como Empreendedorismo, Historia da Arte, Geografia da Cultura, Ciência e Arte, Comunicação e Marketing, Semiótica e Introdução à Produção Musical.

Duração média
Bacharelado – 8 Semestres.

Mercado de Trabalho
A maior oferta de vagas para o produtor cultural é a Região Sudeste, por conta da maior concentração financeira e de eventos, mas os estados do Nordeste, com vocação turística, empregam muitos profissionais da área, principalmente na alta estação. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outra vertente de trabalho para este profissional é a atuação junto às instituições e fundações culturais das empresas privadas. O marketing social e cultural está em alta e várias organizações mantêm programas de desenvolvimento cultural, absorvendo esses profissionais. 

Formas de Atuação
A área de atuação do Produtor Cultural é ampla. O profissional formado é capacitado para: atuar em setores de marketing cultural, desenvolvendo estratégias de investimento em projetos culturais; na curadoria e organização de eventos, mostras e festivais em diversos campos artísticos; contribuindo para a preservação e revitalização do patrimônio cultural; exercer a gerência em instituições públicas e privadas, atuando em centros culturais, galerias de arte, museus, bibliotecas, cinemas e teatros. 

Campos de Atuação
Campo Privado: Produtoras de áudio ou de vídeo; empresas que organizam festivais, mostras e shows.
Serviço Público: Secretarias de cultura, municipais e estatuais ou fundações. 

Regulamentação da profissão
A resolução normativa CRA 374 do Conselho Federal de Administração, em sua alínea "r", cria o registro profissional do produtor cultural, regulamentando assim a profissão.

Remuneração média
R$ 1.800

Exigências para exercício da profissão
Diploma de Nível Superior – Bacharelado em Produção Cultural
Formação de Nível Superior  - Tecnológico em Produção Cultural
Formação em cursos livres ou sequenciais.

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como Obstetriz ou estudante da área. Entre em contato conosco pelo e-mail contato@supervestibular.com.

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.