Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Tecnologia em Laticínios

O tecnólogo em laticínios trabalha na utilização de métodos e tecnologias para a industrialização do leite e de seus derivados.

Publicado por Letícia Oliveira
Dinamismo e criatividade são características importantes para quem deseja ser um profissional da área.
Dinamismo e criatividade são características importantes para quem deseja ser um profissional da área.

O Brasil é hoje um dos maiores produtores de leite do mundo. Somente em 2013 a produção leiteira foi de 35 bilhões de litros. E esse número só tende a crescer, pois, segundo o levantamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o consumo per capita anual do brasileiro é de 172,6 litros por habitante, enquanto o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMC) é de 200 litros.

Com toda essa demanda, nada mais lógico do que ter um profissional para acompanhar e administrar toda essa produção. O Tecnólogo em Laticínios é formado para atender todas as necessidades na área de produção leiteira. Além de tecnológico, o curso é oferecido também como bacharelado em Ciência e Tecnologia de Laticínios, desde 1998, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). 
 
Público-alvo
Criatividade, comunicação e dinamismo são características importantes para quem deseja ingressar nesse curso. O profissional precisa também ter boa capacidade para lidar com números e gostar de trabalhar em equipe, além de ter habilidade para trabalhar com máquinas e equipamentos.

O curso
O curso tem duração média de três anos. Nesse período, o aluno é preparado para lidar com atividades técnicas aplicadas à longa cadeia produtiva de leite e seus derivados. Para isso, o estudante é condicionado a matérias básicas como Física e Química, além de específicas como Química de Laticínios, Análise de Alimentos, Processamento de Leite de Consumo, Microbiologia de Leite e Derivados e Desenvolvimento de Novos Produtos. Há também carga horária de, no mínimo, 99 horas, que devem ser cumpridas por disciplinas optativas. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mercado de Trabalho
Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Brasil está em 5º lugar entre os principais produtores de leite do mundo. Mesmo com um amplo mercado, ainda há carência de profissionais nessa área, o que permite que o graduado seja inserido com facilidade no mercado de trabalho. As melhores oportunidades concentram-se em Minas Gerais, por ser o estado com maior produção de leite do país. 

Formas de Atuação
O profissional graduado em Tecnologia de Laticínios pode atuar em fazendas de produção leiteira, cooperativas e na gestão de controle de qualidade em fábricas de laticínios, além de estar apto para desempenhar atividades como inspeção governamental, gerenciamento e administração de indústrias do ramo. O tecnólogo pode também trabalhar como autônomo, prestando consultorias para empresários da área de laticínios. 

Campos de Atuação

Controle de Qualidade: Acompanhar todo o processo de produção desde a matéria-prima até o produto final. 

Desenvolvimento de Produtos: Desenvolver novos produtos e aplicar novas fórmulas em produtos já existentes; elaborar projetos de redução de custos e maximização da margem de lucro; e desenvolver pesquisas na área de conservação e diminuição de conservantes nos produtos derivados do leite;

Planejamento de Produção: Gerenciar a logística de produção e estocagem de produtos, bem como desenvolver e gerenciar a utilização e as técnicas de maquinário.

Remuneração média
R$ 3.060,00 por seis horas diárias

Exigências para exercício da profissão
Diploma de conclusão do curso Superior de Tecnologia de Laticínios.

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como Tecnólogo em Laticínios ou estudante da área. Conte-nos!

Veja também

Inscrições abertas para cursinho gratuito pré-Enem no Pará
São 3 mil vagas para curso nas modalidades presencial e online.

Facape (PE) adia prova do Vestibular 2022/2 de Medicina
Avaliação aconteceria neste domingo (22) para candidatos da ampla concorrência.

Notas da 1ª e 2ª etapas do Pism 2022 da UFJF já podem ser consultadas
Candidatos podem interpor contra o desempenho informado nesta quarta-feira (18), das 9h às 16h

UFSC abre inscrições para Vestibular 2022/2 de vagas remanescentes
Prazo fica aberto até o dia 26 de maio. Pedidos de isenção da taxa de inscrição são aceitos até o próximo dia 20.

IFRO está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/2
No ato da inscrição, os candidatos deverão escolher por qual modalidade desejam concorrer, se pelo Histórico Escolar ou se pelo aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Emescam (ES) solta resultado do seu Vestibular 2022/2
Para acessar o resultado, o candidato deverá clicar no link correspondente ao seu curso.

Inscrições do Vestibular 2022 da Uesb são prorrogadas até amanhã (18)
As provas do processo seletivo da Uesb serão aplicadas nos dias 05 e 06 de junho. Na ocasião, os participantes deverão responder 85 questões objetivas.

UEM libera 2ª chamada do Vestibular e do PAS 2021
Candidatos convocados devem solicitar matrícula pela internet entre hoje (16) e amanhã (17).

UEMA informa locais de provas do PAES 2022
Candidatos farão avaliação no próximo dia 22, das 13h às 18h.

Inscrições do Vestibular 2022/2 da UEG já podem ser feitas
Provas serão realizadas no dia 7 de agosto.

Pedidos de redução de taxa do Vestibulinho 2022/ já podem ser feitos
As Etecs vão disponibilizar computador e acesso à internet aos interessados na redução da taxa do Vestibulinho.

UFVJM (MG) recebe pedidos de isenção da taxa de inscrição do Sasi 2022
Instituição oferece isenção integral ou parcial. Solicitação pode ser feita até 7 de junho.