Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Calouros da rede pública são maioria na USP pela primeira vez

Calouros da rede pública são maioria na USP pela primeira vez

Levantamento conta aprovados no vestibular da Fuvest e na 1ª edição de 2021 do SiSU

Publicado por Silvia Tancredi
07/06/2021 14h54 , atualizado em 07/06/2021 15h10
Crédito: Divulgação USP
Crédito: Divulgação USP
Crédito da Imagem: Divulgação USP

Do total de estudantes matriculados em 2021 na Universidade de São Paulo (USP), 5.678 cursaram a rede pública de ensino, o que representa 51,7%. Outro dado é que, desse total de candidatos, 2.504, ou 44,1%, são alunos autodeclarados Pretos, Pardos e Indígenas (PPI).

Os alunos de escolas públicas e PPI integram o sistema de reserva de vagas da USP. Criado em 2017, esse sistema vem crescendo de forma escolada. Confira:

  • 2018: 37% das vagas reservadas
  • 2019: 40% das vagas reservadas
  • 2020: 45% das vagas reservadas
  • 2021: 50% das vagas reservadas

Para Vahan Agopyan, reitor da instituição, com a reserva de vagas, a universidade conta com mecanismos mais proativos para os alunos que vêm do ensino público. 

"Essa inclusão social tem sido extremamente significativa para a universidade se enriquecer mais e interagir ainda mais com a sociedade", avalia o reitor da USP.

Os candidatos ingressaram na USP em 2021 de duas formas: vestibular da Fuvest (organizadora do processo seletivo) e Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Em ambas as situações, os concorrentes escolheram entre se inscrever por estas três opções:

  • Ampla Concorrência (AC)
  • Ação Afirmativa Escola Pública (EP)
  • Ação Afirmativa Preto, Pardo e Indígena (PPI)
Dados da reserva de vagas da USP/Crédito: USP

O levantamento divulgado pela USP mostrou ainda que a maioria dos ingressantes PPI são para a Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP), com 56,7%. No curso de Medicina, tradicionalmente o mais procurado da instituição, a quantidade de Pretos, Pardos e Indígenas é de 41,1%.

Renda

A USP também informou que, em 2021, 49,4% dos calouros têm renda familiar bruta entre um e cinco salários mínimos. O número é maior que no ano passado, quando 47,5% tinham esse orçamento familiar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A quantidade de novos estudantes com renda de até um salário mínimo (até R$ 1.045,00) também cresceu, passando de 2,9% em 2020 para 4,6% em 2021.

Para abraçar o público com menores condições econômicas, a USP afirma que tem ampliado o número de ações da Política de Apoio à Formação e Permanência Estudantil (PAPFE), que disponibiliza apoios e bolsas aos estudantes, como apoio-moradia, auxílio-alimentação, auxílio-livros, auxílio-manutenção e auxílio-transporte.

Ovice-reitor da USP, Antonio Carlos Hernandes, destaca que orçamento para as ações de permanência estudantil cresceu à medida que o número de ingressantes de escolas públicas foi aumentando, gradualmente, até chegar ao índice de mais de 50%.

"O planejamento realizado se mostrou bastante acertado. Hoje, são mais de R$ 250 milhões destinados para atender às condições de permanência dos estudantes", informa o vice-reitor.

USP 2021

O vestibular 2021 da Fuvest ocorreu em duas etapas. A primeira foi realizada no dia 9 de janeiro e a segunda, nos dias 21 e 22 de fevereiro. O resultado saiu em 17 de março. O processo seletivo ofereceu 8.241 vagas.

Leia também: aprovada no vestibular 2021 de Medicina da Fuvest, farmacêutica conta o que a motivou a recomeçar

Na primeira edição do SiSU 2021, a USP ofertou 2.905 vagas. A lista de aprovados foi liberada no dia 16 de abril.

Unicamp

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) também divulgou que alcançou 49, 8% de alunos oriundos da rede pública de ensino aprovados no Vestibular 2021. O resultado foi divulgado no início de março.

Veja também

PUCPR: provas on-line do Vestibular de Verão 2022 dos demais cursos são realizadas hoje (17)
As provas on-line ocorrem em dois blocos de duas horas e um intervalo de 10 minutos.

URCA (CE) aplica provas do seu Vestibular 2021/2 neste final de semana
O Cartão de Identificação, onde consta os locais de prova, deverá ser impresso, assinado e apresentado no local de aplicação das provas junto com o documento de identificação com foto.

Provas do Vestibular 2022 de Medicina da Emescam (ES) acontecem neste final de semana
É preciso que os candidatos utilizem máscaras que cubram nariz e boca durante todo o período de permanência nos locais de prova. Será permitido levar seu próprio álcool gel.

Faculdade Pitágoras Eunápolis (BA) inscreve para Vestibular 2022 de Medicina via Enem
Processo seletivo oferece seis bolsas de estudos a estudantes da rede pública de ensino que têm renda de até um salário mínimo

UEG solta resultado do Vestibular 2021/2
Candidatos às 390 vagas fizeram as provas no dia 19 de setembro em Goiânia e no interior de Goiás

UESB divulga concorrência do Vestibular Especial 2021/1
Direito, Odontologia e Enfermagem são os cursos mais procurados deste vestibular, o primeiro depois do surgimento do coronavírus

Abertas inscrições para Vestibular de Verão 2022 da PUC-SP
Interessados nas mais de 2,6 mil vagas deverão fazer provas on-line no dia 5 de dezembro

Unipar recebe inscrições para Vestibular 2022/1 de Medicina
Processo seletivo oferece 110 vagas. Curso é ministrado na cidade paranaense de Umuarama.

Unifesp realiza Feira de Profissões 2021
As inscrições podem se feitas on-line e gratuitamente. Evento acontece na próxima semana.

UECE finaliza inscrições para Vestibular 2022
Provas da 1ª fase estão agendadas para 15 de novembro. Já segunda etapa ocorrerá em 5 e 6 de dezembro.

Inscrições do Vestibular de Verão 2022 da UCPel estão abertas
O prazo vai até 24 de novembro, com taxa de R$ 200, para os cursos de Medicina e Odontologia. Para os demais, o prazo vai até 30 de novembro.

Fuvest anuncia concorrência do Vestibular 2022
Medicina continua sendo carreira mais procurada. No entanto, houve queda na concorrência dos cursos em São Paulo e Ribeirão Preto.