Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem 2016: 5 seriados para ajudar a estudar História

Enem 2016: 5 seriados para ajudar a estudar História

Os estudos para o Enem e Vestibulares pode ser mais agradável, se acompanhado de algumas séries.

Publicado por Rafael Batista
19/10/2016 12h07

A maratona de estudos em preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ser uma rotina estressante, mas, eventualmente, o contato com os livros pode dar lugar a um grupo de estudos na internet, a um passeio à lugares históricos ou, quem sabe, assistir a uma série de televisão. 

Parece estranho, mas o Professor de História Danilo Zanetti, da Escola Dínamis, do Rio de Janeiro, listou cinco seriados que podem ajudar nos estudos de História, tanto para o Enem, quanto para os principais vestibulares. Mas o professor ressalta que, ao assistir as séries, os estudantes devem deixar de lado a ficção e se atentar ao contexto histórico e ao comportamento dos personagens.

Entre os cinco seriados indicados, o professor destaca dois para o Enem 2016. O seriado brasileiro Anos Rebeldes (1992) pode ajudar nas questões que envolvem o período da ditadura, enquanto o House of Cards (Estados Unidos, a partir de 2013) auxilia a entender a política estadunidense, já que estamos em ano de eleição presidencial no EUA.

Veja a lista com cinco séries sugerida pelo Professor Danilo Zanetti:

1. Anos Rebeldes (Brasil, 1992)

Além de mostrar a realidade da ditadura militar, durante os anos 60, a série inspirada no livro “1968 – O ano que Não Terminou”, aborda aspectos da classe média intelectualizada do Rio Janeiro. O regime militar, ao qual o país ficou submetido entre 1964 e 1985, é um tema recorrente nos principais vestibulares e no Enem. 

2. House of Cards (Estados Unidos, a partir de 2013)

A séria americana, que se prepara para estrear a quinta temporada, ilustra questões políticas, como a disputa de poder e articulações nos bastidores do governo estadunidense. Estando em um ano de eleições presidenciais, lá nos Estados Unidos, o contexto da série pode estar presentes nas principais provas que serão aplicadas nos próximos meses. A independência do país, sua constituição, a política externa, a questão racial e a política interna, podem estar entre os conteúdos cobrados no Enem.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Imagem: Shutterstock/Andrea Izzotti
​Entre outras coisas, House of Cards, aborda a disputa de poder político nos EUA.

 

3. The Tudors (Estados Unidos, de 2007 a 2010)

Estudar a Reforma Protestante na Europa e a formação da Igreja Anglicana pode se tornar mais interessante com a série The Tudors. O drama é baseado na história de Henrique VIII, rei da Inglaterra e retrata de maneira romântica o surgimento da Igreja Anglicana na sociedade inglesa do século XVI. Vale ressaltar que a série é indicada para maiores de 18 anos, por conter cenas de sexo e violência.

4. Downton Abbey (Reino Unido, de 2010 a 2015)

Importantes aspectos sociais do início do século XX, como a Primeira Guerra Mundial, a luta pelo voto feminino, os conflitos políticos e a decadência do sistema social são alguns dos eventos abordados em Downton Abbey. As seis temporadas da série britânica acompanham a história de uma família de nobres da Inglaterra após o naufrágio Titanic. O contexto apresentado por Downton Abbey pode ser abordado nas provas de História e Sociologia.


Imagem: Shutterstock/Helga Steb
Na foto, parte do elenco de de Downton Abbey

5. Roma (Estados Unidos, de 2005 a 2007)

Em duas temporadas, a série Roma contextualiza a transição da Roma Antiga da República ao Império. Por sua riqueza de detalhes, como no figurino, por exemplo, pode ser uma boa opção para quem deseja conhecer a cultura greco-romana. O seriado aborda ainda conflitos pelo poder, em que aparecem fpersonagens importantes, como Júlio César e Marco Antônio. 

Assista às nossas videoaulas

Veja também

Notas da 1ª e 2ª etapas do Pism 2022 da UFJF já podem ser consultadas
Candidatos podem interpor contra o desempenho informado nesta quarta-feira (18), das 9h às 16h

UFSC abre inscrições para Vestibular 2022/2 de vagas remanescentes
Prazo fica aberto até o dia 26 de maio. Pedidos de isenção da taxa de inscrição são aceitos até o próximo dia 20.

IFRO está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/2
No ato da inscrição, os candidatos deverão escolher por qual modalidade desejam concorrer, se pelo Histórico Escolar ou se pelo aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Emescam (ES) solta resultado do seu Vestibular 2022/2
Para acessar o resultado, o candidato deverá clicar no link correspondente ao seu curso.

Inscrições do Vestibular 2022 da Uesb são prorrogadas até amanhã (18)
As provas do processo seletivo da Uesb serão aplicadas nos dias 05 e 06 de junho. Na ocasião, os participantes deverão responder 85 questões objetivas.

UEM libera 2ª chamada do Vestibular e do PAS 2021
Candidatos convocados devem solicitar matrícula pela internet entre hoje (16) e amanhã (17).

UEMA informa locais de provas do PAES 2022
Candidatos farão avaliação no próximo dia 22, das 13h às 18h.

Inscrições do Vestibular 2022/2 da UEG já podem ser feitas
Provas serão realizadas no dia 7 de agosto.

Pedidos de redução de taxa do Vestibulinho 2022/ já podem ser feitos
As Etecs vão disponibilizar computador e acesso à internet aos interessados na redução da taxa do Vestibulinho.

UFVJM (MG) recebe pedidos de isenção da taxa de inscrição do Sasi 2022
Instituição oferece isenção integral ou parcial. Solicitação pode ser feita até 7 de junho.

Unicamp 2023: pedidos de isenção de taxa de inscrição do Vestibular estão abertos
Os interessados podem se inscrever até o dia 07 de junho, exclusivamente pela internet.

IFSuldeMinas encerra hoje (16) as inscrições para o Vestibular 2022/2
Candidatos concorrem a 72 vagas para os cursos de graduação e 580 vagas para os cursos técnicos.