Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Orientação Vocacional
  3. Diferença entre Ciência da Computação e Engenharia da Computação

Diferença entre Ciência da Computação e Engenharia da Computação

Cientistas da computação atuam no desenvolvimento de programas de computadores (software), enquanto os engenheiros, na parte física (hardware)

Publicado por Silvia Tancredi
Cursos de computação estão em alta
Cursos de computação estão em alta

As carreiras ligadas à computação e à tecnologia estão em alta há alguns anos. Entre os cursos da área de exatas, eles estão entre os mais procurados e concorridos nos vestibulares e no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que usa as notas do Enem.

Nos cursos dá área de computação, será necessário estudar bastante matemática e raciocínio lógico. Você precisa ter muito foco, atenção, criatividade e gostar de inovação. 

O mercado de trabalho para quem se forma em cursos da área de computação e de tecnologia é amplo. Com frequência, surgem vagas de emprego com bons salários, mesmo para quem está começando. Os profissionais têm ainda a chance de montar seu próprio negócio. 

Entre as carreiras dessa área, destacam-se Ciência da Computação e Engenharia da Computação. Embora tenham o nome parecido, os cursos formam profissionais para atuar em áreas distintas. Confira a diferença básica:

=>Ciência da Computação: atuação no software, ou seja, a parte interna, a "mente" do computador.

=>Engenharia da Computação: atuação no hardware, ou seja, a parte externa, física do computador.

Veja abaixo mais diferenças entre ambos os cursos e aproveite para detectar se algum deles é sua cara.

Ciências da Computação

No curso de Ciências da Computação, o estudante aprende a criar e a administrar softwares, programas ou aplicativos não só para computadores, mas também para notebooks, tablets, celulares e outros dispositivos. 

A principal atribuição do cientista da computação é desenvolver softwares específicos para facilitar a administração do negócio do seu cliente ou da empresa onde trabalha. O foco do profissional é criar soluções digitais para automatizar e aprimorar cada vez mais os processos tecnológicos.

Em síntese, o importante é que o sistema desenvolvido pelo bacharel de Ciências da Computação facilite a operação e amplie os resultados do cliente ou empresa na qual ele é contratado.

jovem em frente a computador
Profissional de Ciências da Computação atua na "mente" do computador

Perfil

Para mandar bem nas Ciências da Computação, é importante ser uma pessoa paciente, persistente, proativa, prática, inovadora e responsável. Outras características são gostar de resolver problemas e estar sempre atualizado com as novidades da tecnologia mundial.

O curso

Inicialmente, os alunos têm aulas de matemática e linguagens de programação. A partir do segundo ano, passam a ver disciplinas mais específicas como banco de dados, redes de computadores, comunicação de dados, computação gráfica, inteligência artificial, entre outros. A duração do curso é de cinco anos.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os graduados em Ciências da Computação é amplo, uma vez que é necessário que empresas de diversas áreas de atuação, como administração, saúde, educação, economia, indústrias e outras, tenham o seu sistema próprio. 

Entre os campos de atuação do profissional estão a criação da infraestrutura dos sistemas, implantação de redes, controle da internet, desenvolvimento de aplicativos, gerenciamento de equipes e instalação de programas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os profissionais também podem trabalhar em empresas específicas de criação de sistemas. O bacharel em Ciências da Computação precisa atender todas as demandas do cliente, como realização de suporte (help desk) e desenvolvimento de novos produtos, como se estivesse atuando na parte interna da empresa.

Saiba mais detalhes sobre a carreira de Ciências da Computação

Engenharia da Computação

A carreira de Engenharia da Computação tem como objetivo habilitar estudantes a dominarem a parte física dos computadores, ou seja, criar, construir, desenvolver e aprimorar peças, tais como a Central Process Unit (CPU), também chamada de Unidade Central de Processamento, mouse, teclado, sistemas de operação e outros acessórios. 

Porém, além da parte física, o graduado em Engenharia da Computação precisa solucionar e aprimorar elementos relacionados à elétrica/eletrônica que interligam o hardware e o software. Por isso, é comum que esse profissional atue em conjunto com o cientista da computação.

engenheiro da computação
Profissional de Engenharia da Computação atua na parte física do computador

Perfil

O perfil é parecido ao profissional de Ciências da Computação, mas também é necessário ter grande domínio técnico, capacidade de observação e análise, disciplina e visão gerencial. 

O curso

Geometria, mecânica, cálculo, física e química são algumas das disciplinas básicas do curso. Mais à frente, o estudante passa a ter aulas específicas da área, como desenho técnico, eletromagnetismo, sistemas, programação, banco de dados, lógica e sistema operacional. O curso dura cinco anos.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o engenheiro da computação também é amplo. Além de atuar na criação de hardwares, ele pode trabalhar com suporte de computadores, rede de computadores, arquitetura de computadores, sistemas paralelos e distribuídos, comunicação de dados (redes de computadores), processamento digital de sinais etc.

Há, ainda, mercado em empresas das áreas de telefonia, robótica, automação industrial, automação residencial, entre outras. O graduado em Engenharia da Computação também pode seguir área acadêmica ou montar seu próprio negócio. 

Leia mais sobre o curso de Engenharia da Computação

Outros cursos da área de computação

Análise e desenvolvimento de Sistemas (ou sistemas da informação): é o curso mais básico da área de softwares. A carreira tem como foco exclusivo desenvolver sistemas comerciais.

Engenharia de Software: a carreira não tem só como objetivo criar sistemas comerciais, mas também modelá-los, criando projetos em cima dele. Para isso, o profissional levanta requisitos com o cliente e desenha todo o software antes do desenvolvimento.

Engenharia de Sistemas: é um dos cursos da área de computação mais novos. Esse engenheiro cria sistemas mais complexos, como, por exemplo, softwares específicos de rotina de cálculo de Engenharia Civil. 

Veja também

Mackenzie solta resultado do Vestibular EaD 2021/2
Convocados para as mais de 18 mil vagas devem fazer registro acadêmico pela internet até dia 21 de maio

Etecs (SP) liberam resultado dos pedidos de redução do Vestibulinho 2021/2
Prazo de inscrições para seleção das Escolas de Tecnologia do Estado de São Paulo segue até 2 de junho

PUC Goiás está com inscrições abertas para Vestibular 2021/2
Universidade oferece 3.464 vagas em cursos de graduação das áreas de exatas, humanas e biológicas

Inscrições do Vestibular de Inverno 2021 da UCS (RS) são recebidas
No total, somando todas as formas de ingresso, a oferta de vagas da UCS é de mais de 5,7 mil vagas.

FGV encerra inscrições para Vestibular 2021/2 de Administração
Processo seletivo terá duas etapas. Provas serão aplicadas pela internet, por meio de plataforma específica.

PUCPR está com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2021
As taxas de inscrição possuem valores diferentes conforme a modalidade de ingresso, sendo que para aqueles que escolherem o desempenho do Enem, são gratuitas.

Mackenzie está com inscrições abertas para o Vestibular 2021/2
Estão sendo ofertadas mais de 2,3 mil vagas no Vestibular 2021/2. As oportunidades são para os campi Higienópolis e Alphaville. 

Pedidos de isenção de taxa da SASI 2020 da UFVJM são recebidos
Estão sendo oferecidas pela UFVJM  594 vagas na SASI 2020. Desse total, metade são para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas.

USF está com inscrições abertas para o Vestibular 2021/2 de Medicina
Devido a pandemia de Covid-19, a USF não realizará provas. Os inscritos serão avaliados exclusivamente pelas notas do Enem. 

IFF publica 1ª reclassificação do Vestibular 2021/1
Convocados deverão se matricular na próxima quarta e quinta-feira, 12 e 13.

Reitora da UFRJ afirma que universidade pode fechar em julho
Instituição federal fluminense sofreu cortes sucessivos do Governo Federal

Pré-vestibular social do Cederj inscreve para mais de 6 mil vagas gratuitas
Aulas são voltadas ao Enem 2021 e vestibulares do estado do Rio de Janeiro, como o da UERJ e Cederj