Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Cotas
  3. Argumentos à favor das cotas

Argumentos à favor das cotas

A reserva de vagas dá oportunidade dos menos favorecidos frequentarem instituições de qualidade.

Publicado por Letícia Oliveira
Negros representam apenas 8% dos estudantes das federais
Negros representam apenas 8% dos estudantes das federais

Mais da metade dos brasileiros se declararam negros, pardos ou indígenas no último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010. Mesmo com este percentual, não é fácil encontrar por aí negros e pardos vivendo em situação igualitária com brancos. Uma das medidas que busca introduzir e diminuir a desigualdade entre brancos e negros no país é a chamada Lei de Cotas

A Lei nº 12.711 foi aprovada em 2012, o que representa que a partir desta data todas as instituições de ensino superior federais do país precisam obrigatoriamente reservar parte de suas vagas para alunos oriundos de escolas públicas, de baixa renda, e negros, pardo e índios. A reserva começou em 12,5% e precisa chegar aos 50% até 2016.

Segundo o professor de Cultura Brasileira Marcos Minuzzi, doutor pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), essas medidas são importantes para mostrar que há uma preocupação sobre a intensa desigualdade no país. “Tenho opinião favorável, no sentido de que democratiza o acesso, considerando nossas grandes desigualdades sociais. Pode-se criticar o sistema ou tentar encontrar outras formas de democratização de acesso mais eficazes, mas o importante é que os mecanismos existentes refletem uma preocupação de resolver o problema”.

Além da dívida histórica que o país tem com os afrodescendentes por anos de exploração, a lei veio para minimizar as diferenças raciais e socioeconômicas que sempre existiram no Brasil. Aqui, somente 47,73% dos brasileiros se declaram brancos, segundo o Censo de 2010, tornando se assim um dos países mais miscigenados do mundo. Mesmo com toda essa mistura ainda há diferenças que gritam aos nossos olhos. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As cotas sociais representam os motivos de sua própria existência. O abismo existente entre escolas públicas e particulares fornecem, claramente, oportunidades distintas a estudantes de classes sociais diferentes. Sem as cotas para os estudantes de classes sociais menos favorecidas, as cadeiras nas melhores universidades continuarão sendo conquistadas por candidatos com melhor estabilidade financeira. O ideal seria qualificar o ensino público, mas isso levaria décadas. 

A Universidade de Brasília (UnB) foi a primeira instituição federal a aprovar cotas para minorias étnicas e raciais e a primeira instituição brasileira a aprovar cotas exclusivamente para negros. De 2004 até o 2013, 18,5% dos estudantes que se formaram pela universidade são negros e ingressaram na instituição graças ao sistema.

No Brasil, negros e pardos representam 52% da população, mas nas instituições federais esse índice cai para 40%, sendo 32% de pardos e apenas 8% negros, segundo estudo feito pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), em 2011. Com a política de cotas a expectativa é que dentro de alguns anos este panorama mude e haja maior inclusão dos menos favorecidos na sociedade. 

Veja também

Humanitas (SP) aplica provas do Vestibular 2021
A seletiva acontece de forma presencial em São Paulo e São José dos Campos, das 14h às 19h. É obrigatório utilizar máscaras de proteção facial com cobertura de nariz e boca.

Vestibular de Verão 2021 da PUCRS começa neste sábado (5)
Fazem prova hoje inscritos no curso de Medicina. Amanhã será a vez de vestibulandos dos demais cursos.

FEI (SP) realiza provas do Vestibular 2021 neste sábado (05)
As provas do Vestibular 2021 serão aplicadas no formato on-line.

Veja resultado da 1ª fase do Vestibular 2021 de Direito da FGV
Convocados para próxima etapa serão avaliados agora por meio de exames orais on-line entre os dias 7 e 15 de dezembro

Udesc divulga resultado do Vestibular EaD 2021/1
A Universidade realizou um um processo seletivo especial por conta da impossibilidade de realizar provas presenciais durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Vestibular 2021 da Cásper Líbero será realizado neste domingo (6)
Por conta da pandemia do coronavírus, provas serão aplicadas pela internet, por meio de plataforma específica

Acafe (SC) divulga lista de aprovados no Vestibular de Verão 2021 de Medicina
Datas das matrículas variam conforme as dez instituições de ensino que ofereceram as vagas

Inscrições do Vestibular de Verão 2021 da UPF para demais cursos são recebidas
O prazo vai ate 21 de dezembro. Já as inscrições para o Vestibular de Verão 2021 de Medicina seguem abertas até o dia 08.

Provas da 1ª fase do Vestibular 2020/2 acontecem neste domingo (6)
As provas da 1ª fase acontecem das 09h às 13h, nas cidades de Fortaleza, Crateús, Limoeiro do Norte, Itapipoca, Iguatu, Quixadá e Mombaça. 

UFGD encerra inscrições para Vestibular EaD 2021
Seleção oferece 700 vagas em cursos ministrados a distância em parceria com o Sistema Universidade Aberta do Brasil

Cursinho gratuito Areguá (SP) recebe inscrições para turmas de 2021
Aulas são ministradas por professores voluntários alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Bahiana realiza 1ª fase do Vestibular 2021/1 de Medicina nesta sexta-feira (4)
Interessados nas 150 vagas devem fazer provas on-line. O acesso à plataforma deve ser feito a partir das 13h40.