Logo Super Vestibular

Arqueologia

Responsável por conduzir pesquisas sobre comunidades antigas, o Arqueólogo atua em áreas de preservação histórica.

Publicado por Rafael Batista
Entre outras coisas, o Arqueólogo estuda a história da humanidade por meio de objetos que indicam a presença humana.
Entre outras coisas, o Arqueólogo estuda a história da humanidade por meio de objetos que indicam a presença humana.

A Arqueologia é a ciência responsável por estudar os vestígios materiais de presença humana em lugares que foram ocupados por antigas sociedades, com a finalidade de compreender os diversos aspectos culturais da humanidade. Nesta definição inicial é possível notar a diferença entre Arqueologia e a Paleontologia, pois esta segunda não estuda os vestígios humanos, mas das outras espécies de seres vivos: animais e plantas.

O Arqueólogo é o profissional que estuda as mudanças culturais por meio de registros concretos encontrados nas regiões em que houve alguma ocupação humana no passado. Além disso, com a Arqueologia é possível conhecer e compreender aspectos de civilizações que não existem mais, por meio de seus legados materiais.

Esta ciência tem uma relação bem próximas com outras Ciências Humanas e da Terra, como História, Geografia, Antropologia e Geologia. A relação com essas outras áreas é fundamental para a conclusão das pesquisas realizadas pela Arqueologia.

Atualmente, o Brasil conta com mais de 12 mil sítios arqueológicos catalogados, a maior concentração é no estado do Piauí, no Parque Nacional da Serra da Capivara. É também no Piauí, na cidade de São Raimundo Nonato, que é ministrado o curso de Arqueologia mais antigo do país, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Público-alvo

Para ajudar nos estudos é indispensável ter afinidade com as disciplinas que estão relacionadas com esta ciência, especialmente Geografia e História. Estar sempre atualizado com temas sociais e culturais e ter interesse pelas artes podem facilitar a vida do estudante.

Na área profissional, é necessário que o Arqueólogo seja detalhista e tenha gosto por pesquisas e investigações científicas. Possuir capacidade de análise e ser curioso são outras características que também contribuem para o bom desempenho do ofício.

O curso

A base curricular do curso de Arqueologia é bem específica, com matérias como as de Introdução à Arqueologia, Pré-História, História Antiga, Bioarqueologia e Zooarqueologia. Há ainda conteúdos interdisciplinares, como Geologia Geral, Topografia e História da Arte.

Por ter boa parte do trabalho realizado em campo, algumas disciplinas são desenvolvidas em áreas de pesquisas ou laboratórios específicos. Nas aulas práticas, os estudantes são levados a desenvolver métodos e técnicas arqueológicas de estudos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Duração Média

8 períodos – 4 anos

Mercado de Trabalho

Com a grande quantidade de sítios Arqueológicos no Brasil e o reduzido número de cursos na área, há uma grande carência de profissionais formados. Além disso, desde 1986, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) exige que obras de grande porte, como hidrelétricas e ferrovias, tenham no relatório de impacto ambiental o parecer de um Arqueólogo, que indica se há ou não sítios arqueológicos no espaço destinado à construção.

Formas de Atuação

Os Arqueólogos são profissionais habilitados a trabalhar em assessorias para as entidades públicas, realizando estudos e fornecendo laudos inerentes ao patrimônio cultural e natural. Ele também conduz pesquisas científicas e procede a coleta de objetos arqueológicos em áreas de preservação. Pode ainda realizar consultoria em grandes empresas da inciativa privada que atuam em áreas de exploração mineral, agrícola e imobiliária.

A atuação em museus, cuidando de materiais arqueológicos, e a docência e pesquisas em universidades são outras opções do mercado para esta área.

Campos de Atuação

Pesquisa arqueológica
- Realizando estudos em sítios arqueológicos e desenvolvendo ações de preservação e recuperação do patrimônio histórico;

Laudos
- Análise de regiões nas quais devem ser empreendidas grandes obras, considerando possíveis impactos em áreas preservadas;

Museus
- Curadoria de exposições e de acervos arqueológicos;

Turismo cultural
- Roteiros e exposições que tornem públicas as pesquisas e os artefatos recolhidos, como patrimônio cultural;

Academia
- Pesquisas desenvolvidas pelos departamentos de Arqueologia, Antropologia e História das instituições de educação superior.

Regulamentação da profissão

Apesar da Lei 3.924/1961 tratar dos monumentos arqueológicos e pré-históricos e de estar listada na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), a profissão de Arqueólogo ainda não é regulamentada. No entanto, o projeto de Lei 5.456/2016, que está em tramitação no Congresso Nacional, prevê as normas para esta categoria.

Remuneração média

Os salários variam, conforme e experiência e região de atuação, com um valor médio de R$ 4 mil.

Exigências para o exercício da profissão

Apesar de não haver regulação na área ainda, boa parte das empresas que contratam esses profissionais preferem aqueles que tenham formação superior e experiência na área.

Veja também

Inep informa datas das provas do Enem 2020
Notas do exame educacional podem ser usadas para ingressar em cursos superiores

Faculdade Albert Einstein adia provas do Vestibular 2020/2 de Enfermagem
Contudo, as inscrições seguem aberta e serão encerradas em até 15 dias anteriores à nova data das provas, ainda a ser divulgada.

Acafe (SC) solta resultado do Vestibular de Inverno 2020
O processo seletivo desta edição não foi presencial por causa da pandemia do coronavírus. Os candidatos somente foram avaliados pela internet.

Coronavírus: UFT cancela Vestibular 2020/2
Apesar do cancelamento do Vestibular 2020/2, a UFT está com inscrições abertas para o preenchimento de vagas por meio do SiSU, até a próxima sexta-feira, dia 10.

São Paulo: inscrições para Vestibular 2020/2 das Fatecs começam hoje (8)
Por causa da pandemia do coronavírus, candidatos serão avaliados por análise de notas do histórico escolar

MEC abre prazo para consulta de bolsas do ProUni 2020/2
Para participar do programa, é necessário ter feito o Enem 2019. Inscrições começam dia 14 de julho.

Unicamp encerra prazo para pedir isenção de taxa do Vestibular 2021
Conforme cronograma, lista com nomes dos contemplados com a isenção da taxa será divulgada no dia 27 de julho

Unemat não fará Vestibular 2020/2 e selecionará via Enem
A Unemat utilizará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) das edições de 2017, 2018 e 2019 ao invés do seu tradicional vestibular.

Estão abertas as inscrições do Vestibulinho 2020/2 das Etecs
Interessados em participar podem se inscrever até o dia 21 de julho e a forma de seleção será por meio de análise do histórico escolar.

Inscrições para SiSU 2020/2 já podem ser feitas
Nesta edição, são oferecidas 51.800 vagas em 57 instituições públicas de ensino superior

Saiba como são realizados vestibulares na pandemia do coronavírus
Enquanto algumas instituições resolveram usar notas do Enem, outras criaram vestibulares pela internet

UniRV de Goianésia libera resultado do Vestibular 2020/2 de Medicina
Selecionados para as 60 vagas devem fazer registro acadêmico de amanhã (7) até a próxima quinta-feira, 9 de julho