Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

História

Historiador precisa ter análise crítica e visão de mundo abrangente

Publicado por Silvia Tancredi
Historiadores podem trabalhar em bibliotecas
Historiadores podem trabalhar em bibliotecas

História é uma das carreiras mais tradicionais da área de humanas. Durante o curso, os estudantes conhecem, analisam e compreendem os acontecimentos históricos do seu estado, do Brasil e do mundo. 

Com esse conhecimento, os historiadores poderão contextualizar os fatos do passado com os que ocorrem no presente e até criar perspectivas do que pode acontecer no futuro.  

Para isso, é necessário que o graduado em História acompanhe o que acontece no mundo, tenha olhar e análise crítica e visão abrangente de acontecimentos políticos, econômicos, culturais, entre outros. 

O mercado de trabalho do profissional é amplo e não se restringe às salas de aula. Pesquisa, análise, consultoria e curadoria são algumas das áreas de atuação que foram estabelecidas nos últimos anos.

Público-alvo

História é um dos cursos nos quais é necessário gostar de ler. Ter paciência, gostar de se informar, saber criar linhas de raciocínio, ter boa memória, conseguir ligar fatos e, especialmente, ser crítico são características essenciais para o historiador. 

Curso

O curso de graduação em História divide-se em bacharelado e licenciatura. Durante o curso, os alunos têm disciplinas específicas e obrigatórias, tais como:

•    Teoria da História
•    História Antiga
•    História Medieval
•    História Moderna
•    História da África
•    História da América
•    História do Brasil Colonial
•    História do Brasil Independente

Ao longo da graduação em História, os estudantes podem cursar matérias optativas, também chamadas eletivas, como História da Cultura, História da Ásia, História dos Estados Unidos, História da Arte, etc.

Quem escolhe estudar licenciatura em História também verá disciplinas pedagógicas, como políticas educacionais no Brasil, psicologia da educação, didática da história etc.

Leia também: qual a diferença entre bacharelado e licenciatura?

O estudante do curso de História pode se graduar na modalidade bacharelado e, posteriormente, em licenciatura, desde que estude algumas disciplinas específicas da área de educação, voltadas para a formação de professores.

Normalmente, o curso é ministrado de forma presencial, mas, nos últimos anos, tem crescido a oferta de vagas no Ensino a Distância (EaD).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Duração média

Quatro anos ou oito semestres, conforme a instituição de ensino.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o formado em História é amplo, especialmente para quem escolheu a modalidade licenciatura. Há oportunidades em escolas públicas ou privadas, cursinhos pré-vestibulares e que preparam para o Enem, cursos específicos da disciplina e faculdades.

Nos últimos anos, o mercado tem crescido para os professores de história que dão aulas pela internet, especialmente pelo YouTube ou pela rede social Instagram, seja para empresas, como o Mundo Educação, seja de forma autônoma. 

Por outro lado, quem faz o curso de História na modalidade bacharelado pode trabalhar em bibliotecas, museus, centros culturais, instituições de pesquisa, Organizações Não governamentais (ONG’s), editoras, meios de comunicação, entre outros locais.

Formas de atuação

Professor
Os graduados em licenciatura de História normalmente atuam na área pedagógica, como professores, nos ensinos fundamental, médio e superior. Não raro, quem se forma nesse curso nunca deixa de estudar, chegando ao doutorado ou até pós-doutorado.

Pesquisador
Quem estuda História pode trabalhar ainda como analista, pesquisador de fatos históricos, em repartições públicas, museus e outros ambientes.

Produtor cultural
Quem se forma em História também pode atuar como produtor cultural. Nesse caso, ele elabora, desenvolve e põe em prática projetos voltados à cultura, tais como preservação de patrimônios históricos e artísticos.

Escritor
Historiadores que gostam de escrever também podem se tornar escritores de obras de ficção ou não ficção ou colunistas em meios de comunicação, como jornais ou portais. Outro campo para o profissional é a elaboração de material didático. 

Regulamentação da profissão
Lei nº 14.038 de 17 de agosto de 2020

Salário

Segundo o site da agência Catho, a média salarial de um professor de história no ensino básico é de R$ 1.680. No entanto, um professor concursado no âmbito federal pode ganhar de R$ 4.000 a R$ 6.000 no início carreira. Um professor efetivo e com doutorado pode receber até R$ 20.000 por mês no magistério federal.

Assista às nossas videoaulas

Veja também

Unifesp começa a aplicar as provas do Vestibular Misto 2022
Serão utilizadas pela Unifesp as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e de suas próprias provas para a aprovação dos candidatos no Vestibular Misto 2022. 

Inep divulga gabaritos da Reaplicação do Enem 2021
Quase 100 mil estudantes fizeram as provas nos dias 9 e 16 de janeiro

Vestibular da UERJ exige preparação específica; veja dicas
Em razão da pandemia do coronavírus, processo seletivo alterou o formato para evitar aglomerações

Editais do ProUni e Fies do 1º semestre de 2022 estão disponíveis
O primeiro programa oferece bolsas de estudo em universidades particulares a estudantes que comprovem ter renda familiar entre um ou três salários mínimos. Já o Fies disponibiliza financiamentos em cursos igualmente ministrados em instituições privadas. Também é necessário comprovar renda.

1ª reclassificação do Vestibular 2021/2 de vagas remanescentes da UERJ está disponível
Os convocados devem realizar pré-matrícula e aceite da inscrição em disciplinas da classificação de forma online no período de 24 e 25 de janeiro.

UEMG inscreve para o Vestibular 2022
O processo seletivo havia sido extinto em março de 2019 para usar somente notas do Enem e agora retorna neste ano.

Edital do SiSU 2022/1 é divulgado
Além do cronograma, no Edital também é possível verificar as regas do Sistema.

MEC divulga datas de inscrições do SiSU, ProUni e Fies do 1º semestre de 2022
Programas oferecem vagas em instituições de ensino superiores. Para participar, é necessário ter feito o Enem.

IFSuldeMinas solta resultado do Vestibular 2022/1
O resultado preliminar saiu no dia 10 de janeiro e teve os dias 12 e 13 seguintes para recursos. Este já é o resultado final.

Inscrições para a 3ª etapa do PAS 2020 da UFLA são recebidas
O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição já foi encerrado e o resultado será disponibilizado no dia 27 de janeiro.

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022 da Fuvest encerram com abstenção de 7,9%
O resultado final do Vestibular 2022 da Fuvest é esperado para 11 de fevereiro. Outras duas chamadas regulares estão previstas para os dias 25 de fevereiro e 07 de março. 

Reaplicação Enem 2021: menos de 30% dos inscritos comparecem às provas
Ao todo, 338.419 estudantes se inscreveram para realizar as provas, mas 70% não se apresentaram