Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Engenharia Mecatrônica

O Engenheiro Mecatrônico faz uso das tecnologias da computação, mecânica e eletrônica para desenvolver projetos de automação.

Publicado por Rafael Batista
A robótica é uma das possibilidades de atuação do Engenheiro Mecatrônico
A robótica é uma das possibilidades de atuação do Engenheiro Mecatrônico

Os Engenheiros Mecatrônicos são os profissionais responsáveis por apresentar soluções em automação industrial para otimizar a linha de produção e os serviços prestados por diversos tipos de empresas. Este profissional também atende as demandas surgidas em outras áreas, como o desenvolvimento de eletroeletrônicos e eletrodomésticos inteligentes, por exemplo. 

Em algumas universidades é possível encontrar o curso de Engenharia Mecatrônica com o nome de Engenharia de Controle Automação, mas há uma diferença básica entre as duas engenharias. A Mecatrônica tem uma base prioritariamente mecânica e lida com máquinas que vão controlar outras máquinas, enquanto a Engenharia de Controle e Automação tem um fundamento elétrico e atua de forma mais generalizada, ou seja, com diversos tipos de equipamentos.

Bem como nas demais áreas da Engenharia, a Mecatrônica apresenta correspondência com as outras habilitações. No entanto, há uma forte ligação com três ramos específicos, pois o Engenheiro Mecatrônico usa as tecnologias recentes das áreas de Computação, Mecânica e Eletrônica para introduzir novas técnicas nos sistemas produtivos.

Público-alvo

Aqueles que desejam encarar o curso de Engenharia Mecatrônica devem, em primeiro lugar, ter afinidade com a área de exatas, especialmente Física e Matemática. Além disso, ter uma postura pró-ativa, confiante e criativa pode ser um diferencial para o sucesso na profissão. Um Engenheiro Mecatrônico precisa ainda ter habilidade para organizar, planejar, se expressar e trabalhar em equipe.

O curso

A primeira parte do curso de Engenharia Mecatrônica tem um ciclo básico, comum a todas as outras engenharias e engloba disciplinas gerais, como Cálculo, Física, Mecânica e Eletricidade. A formação passa ainda por uma etapa intermediária com matérias relacionadas à Computação e Desenho Técnico.

A partir do quarto ou quinto período o estudante conta com uma grade específica e estuda disciplinas como as de Projeto Mecatrônico, Química Tecnológica e Ambiental, Controle Clássico e Fabricação e Metrologia. Alguns conteúdos ministrados no curso de Engenharia Mecatrônica envolvem aspectos práticos e experimentais, por isso o currículo do curso conta com aulas em laboratórios específicos.

Duração média

10 períodos – 5 anos

Mercado de Trabalho

Com a modernização na área industrial, os processos repetitivos de diferentes áreas de produção estão sendo substituídos por automação, gerando uma grande demanda no mercado. É crescente a necessidade de profissionais especializados que possam desenvolver equipamentos e métodos de gestão mecânica dentro das indústrias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No Brasil, há espaços de atuação em grandes empresas, como montadoras de automóveis, fábricas de eletroeletrônicos e empresas de metalurgia. As regiões Sul e Sudeste apresentam o maior número de vagas, apesar de haver um crescimento gradual de oportunidades em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e Ceará.

Formas de Atuação

Além da área industrial, que emprega boa parte dos Engenheiros Mecatrônicos, há uma ampla oferta de serviços prestados por profissionais autônomos, consultores e pequenos empresários. Mesmo assim, o mercado nas empresas de grande porte continua aquecido, seja para desenvolvimento, aplicação ou manutenção de sistemas eletrônicos e de automação.

Campos de Atuação

Bens de consumo
- Desenvolvimento de produtos para a indústria de bens de consumo (veículos, eletrodomésticos, etc.);

Automação
- Criação de software para sistemas embarcados e hardware de sistemas eletrônicos;

Controle de qualidade
- Supervisão de sistemas e propostas de intervenções para otimizar o desempenho de equipamentos em redes industriais;

Emprego de programas
- Aplicações de software em produtos diversos;

Desenvolvimento de projetos
- Concepção de projetos em automação industrial, comercial, doméstica e de eficiência energética e energias renováveis;

Gerência industrial
- Gestão na engenharia da manufatura, da qualidade, de desenvolvimento de produtos;

Robótica
- Criação de sistemas operacionais inteligentes para diversas tarefas, como robôs submarinos, aviões robôs e eletrodomésticos inteligentes.

Regulamentação da profissão

Lei 5.194 de 24 de dezembro de 1966, que regula o exercício profissional da Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

Remuneração média

A média salarial deste profissional no Brasil é de R$ 3,8 mil, segundo a Catho.

Exigências para o exercício da profissão

Além de ter diploma de graduação em Engenharia Mecatrônica, o profissional deve ter registro junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) para exercer a profissão.

A opinião de quem entende

O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como Engenheiro Mecatrônico ou estudante da área. Conte-nos!

 

Veja também

PUC Goiás recebe inscrições para Vestibular 2022/1
Candidatos podem fazer provas ou usar notas do Enem ou do histórico escolar

O que pode cair sobre meio ambiente e clima no Enem 2021 e vestibulares
Incêndios na Europa, relatório IPCC, desmatamentos no Brasil e mais assuntos podem ser abordados nas provas

IFTM vai usar Enem para ingresso em 2022
Além das notas do Enem de anos anteriores, também será aceito o uso do diploma de curso superior.

Paraná: Unioeste solta 2ª chamada do Vestibular 2021
Processo seletivo que ofereceu mais de mil vagas ocorreu no dia 1º de agosto

IFB abre inscrições para Vestibular 2021 do campus Planaltina
Candidatos às 80 vagas serão selecionados pelas notas do Enem 2017 a 2020

Unioeste (PR) recebe inscrições para Vestibular 2021 de Enfermagem
Interessados em concorrer às 42 vagas gratuitas devem apresentar notas do ensino médio

UFU libera notas das provas do Vestibular 2021/2
Previsão é que lista de aprovados neste processo seletivo saia no dia 19 de novembro

Inscrições do Vestibular 2022/1 do FTT já podem ser feitas
Pedidos de isenção da taxa de inscrição serão recebidos até o dia 1º de outubro. Os isentos serão conhecidos no dia 08 de outubro.

Ibmec está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/1
A taxa é de R$ 50 para Brasília, R$ 100 para o Rio de Janeiro e Belo Horizonte e R$ 150 em São Paulo. 

Resultado do Vestibular 2021/2 via Enem do IFAC está disponível
Aqueles que queiram interpor recursos poderão apresentá-los nos dias 21 e 22 seguintes. A primeira chamada sairá no dia 24 de setembro.

UEL está com inscrições abertas para o Vestibular 2022
O Vestibular 2022 será realizado, excepcionalmente, em fase única, dia 06 de março, com salas de provas distribuídas em escolas e faculdades em Londrina.