Logo Super Vestibular

Música

Profissionais graduados em Música podem atuar como cantor lírico e tradicional, regente, instrumentalista, professor do ensino básico, etc.

Publicado por Bruna Carneiro

Música é a arte de criar melodias, ritmos, sons e instrumentos. O segmento envolve vários tipos de profissionais do ramo como arranjador, intérprete, maestro, sonorizador e instrumentalista. Para atuar na área, é preciso ter interesse e paixão por assuntos relacionados à arte musical. O curso é destinado, normalmente, à formação de bacharel em composição, instrumentos, e canto lírico e popular. 

Com a estabilização da economia, vários órgãos têm investido em programas de incentivo à cultura. Vários programas estão sendo abertos, como orquestras, grupos pequenos de música em câmaras municipais etc. O profissional formado no ramo é muito requisitado para compor grupos de concerto, espetáculos musicais e equipes de back vocal. Também é bastante procurado para compor jingles e trilhas sonoras para filmes e propagandas comerciais. 

 

Público-alvo
O curso exige dos alunos um grande interesse pela arte, além de dedicação, sensibilidade, interesse em teoria musical e talento. Além disso, o futuro graduado deve ter boa audição, equilíbrio emocional, facilidade de expressão, intuição, musicalidade e ritmo. Ele deve saber ler partitura, independente do instrumento em que é especialista, e deve manter uma boa rede de contatos. 

 

O curso
O profissional desta área cria peças e partituras para cantores e instrumentalistas. O curso é destinado para a formação de várias especialidades como de cantores, arranjadores, maestro, intérprete e professores. Além disso, é baseado em disciplinas básicas de história da música, história da arte e percepção musical. O estudante de bacharelado recebe ensino de canto, composição, regência e instrumento. No meio do curso, os alunos recebem ensino de licenciatura destinado à formação de professores. Nesta etapa, eles estudam educação artística, educação musical e música. 

 

Duração média 
Licenciatura em canto e instrumento - 8 semestres 
Composição e Regência – 12 semestres 

 

Mercado de Trabalho
O mercado de trabalho para os profissionais do ramo é bastante concorrido. As escolas têm sido as instituições que mais buscam profissionais licenciados, desde que o Ministério da Educação (MEC) tornou obrigatória a disciplina durante o Ensino Fundamental e Médio. Geralmente, no início da carreira, o músico/musicista exerce atividades como cantor, participando de gravações, apresentando em espetáculos e como auxiliar de ensino. Com o desenvolvimento da carreira, ele pode se tornar um músico profissional e também tem a opção de lecionar em cursos de ensino superior. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para cantores tradicionais, o mercado de trabalho é bem extenso, pois pode desenvolver atividades de vocalista em gravação de discos, jingles e trilha sonora, ou como back vocal de alguma banda ou cantor profissional. Para o cantor de música erudita, as oportunidades são melhores, pois as contratações geralmente ocorrem em grandes cidades e os trabalhos desenvolvidos possuem um requisito e um conhecimento maior. Os principais locais que contratam estes profissionais são em escolas, cursos particulares e livres, produtoras musicais, empresas de eventos, entidades culturais, estúdios de gravação e editoras de partituras. 

 

Formas de Atuação
O profissional do ramo da música pode atuar como cantor lírico e tradicional, regente, instrumentalista e professor do ensino básico. Além disso, o músico desenvolve pesquisas e estudos em diversas áreas ligadas à música, como literatura musical, musicologia, etnomusicologia e crítica musical. 

 

Campos de Atuação 
Canto
(atuação em óperas, gravações, recitais etc.; organização e preparação de vocais para apresentação)

Composição e arranjo
(criação de partituras para cantores e instrumentalistas, elaboração de trilha sonora de filme, peças, CDs, sites e até filmes de publicidade)

Professores
(lecionar o ensino musical básico em escolas de ensino regular ou em escolas de música)

Instrumentalista
(atuação com solista em orquestras, bandas e grupos instrumentais)

Pesquisa
(realização de estudos e pesquisas acadêmicas acerca da cultura musical)

Regência ou maestria
(direção, coordenação e organização de corais, orquestras etc.;)

 

Regulamentação da profissão 
Lei nº 3.857, de 22 de dezembro de 1960.

 

Quantidade média de profissionais
800 mil músicos profissionais no mercado de trabalho

 

Remuneração média
O salário é baseado na produção e trabalho desenvolvido. 

 

Exigências para exercício da profissão
Para o bacharel, é necessário ter domínio de algum instrumento ou canto. Já para licenciado, é preciso formação específica para o ensino de música. 

 

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como músico/musicista ou estudante da área. Conte-nos!

Veja também

Prazo para se inscrever no Vestibular (PSCS) 2020/2 via Enem do IFPB chega ao fim
Os candidatos podem optar por até duas opções de curso durante a inscrição e para participar é preciso ter feito as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre os anos de 2017 e 2019, já que a seleção utilizará as notas do Exame.

Fuvest encerra inscrições para o Vestibular 2021 nesta sexta-feira (23)
Seleção oferece 8.241 vagas em cursos ministrados pela USP. Metade das chances é reservada para cotistas

Cursinho Pré-vestibular de Brasília recebe inscrições para aulas preparatórias para o Enem
As inscrições estão sendo recebidas via internet ou de forma presencial,  nas unidades do cursinho. É preciso apresentar duas fotox 3x4 e cópias do CPF e RG. 

Inscrições para Vestibular 2020 da Unifesspa são encerradas hoje (22)
Interessados nas mais de 300 vagas deverão fazer provas presenciais no dia 13 de dezembro, no Pará

Uninorte (AC) inscreve para o Vestibular 2021 de Medicina
Estão sendo oferecidas 30 vagas e as provas serão realizadas no dia 21 de novembro, no turno vespertino, das 14h às 18h. Elas serão formadas por quatro questões objetivas e uma redação.

FGV disponibiliza cartão da 1ª fase de Direito do Vestibular 2021
Provas estão agendadas para os dias 1º e 02 de novembro, no formato on-line por conta da pandemia.

No RS, UCS inscreve para Vestibular de Verão 2021
Candidatos serão avaliados pela internet. Somente concorrentes às 50 vagas do curso de Medicina farão provas presenciais.

Inscrições do Vestibular 2020 de cursos a distância da UEM (PR) são recebidas
Prazo segue aberto até 18 de novembro e estão sendo oferecidas 1.030 vagas.

Inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP) são finalizadas
Nesta edição, o processo seletivo oferece 310 vagas, sendo 250 para o curso de Medicina e 60 para o de Odontologia. Ambas as carreiras são ministradas em turno integral.

Unifor inscreve para o Vestibular 2021/1 para Medicina e demais cursos
O curso de Medicina terá seleção somente por prova presencial e receberá inscrições até 13 de novembro. E os demais cursos têm três possibilidades de avaliação.

Prevupe (PE) oferta aulas gratuitas on-line para as provas do Enem 2020
Por conta do distanciamento imposto pelo coronavírus, as aulas também serão ofertadas no formato digital.

IFPE altera Vestibular 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus
Ainda não foi divulgado nenhum cronograma mas todos os detalhes do próximo processo de ingresso serão anunciados até o final deste ano.