Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem 2017: mais de 309 mil participantes tiraram zero na redação

Enem 2017: mais de 309 mil participantes tiraram zero na redação

Somente 53 das mais de 4,7 pessoas que fizeram o exame conseguiram nota mil.

Publicado por Lorraine Vilela Campos
18/01/2018 14h36 , atualizado em 18/01/2018 14h38

Das 4.725.330 redações corrigidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, mais de 309,1 mil tiveram nota zero. A pontuação das provas foi divulgada nesta quinta-feira, 18 de janeiro, e pode ser conferida individualmente pelos participantes. 

Confira sua nota no Enem 2017

Saiba como recuperar sua senha do Enem

O tema da redação do Enem 2017 foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. A proposta foi fundamentada, como nos anos anteriores, por textos motivadores e dados sobre o assunto. 

No Enem 2016, as redações com os temas "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” e "Caminhos para combater o racismo no Brasil" foram zeradas por 291.806 dos 6.034.672 participantes que tiveram seus textos corrigidos. 

Dificuldade com o tema

Pelos dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), houve uma certa dificuldade por parte de uma parcela dos estudantes ao abordar o tema proposto para a Redação. Reflexo disso é que 5,01% das pessoas que zeraram a redação foi justamente por fuga ao tema, quando os participantes escrevem sobre assuntos diferentes do que foi pedido. 

Juntas, as edições do Enem 2016 registraram a fuga ao tema em apenas 0,78% das redações.

Abaixo é possível conferir uma comparação do Enem 2016 com 2017 de acordo com os motivos que levaram ao zero na redação:

Créditos: Inep/MEC

Desempenho dos participantes

Somente 53 pessoas alcançaram a tão sonhada nota mil na redação do Enem 2017. Em relação ao ano anterior, houve queda de 24 participantes. No entanto, as edições de 2016 contaram com mais de 6 milhões de participantes contra 4,7 milhões de 2017. 

Leia mais: Saiba como calcular a média do Enem 2017

A proficiência média geral da redação do Enem 2017 foi de 510,2, ou seja, a maior parte dos participantes alcançou esta nota. Em 2016, a média dos estudantes foi de 520,5 na produção textual. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Direitos Humanos

O Enem 2017 foi um exame com incertezas em relação à correção dos textos até o momento de sua aplicação. O motivo da polêmica foi o item de uma competência que permitia aos corretores dar zero aos textos que ferissem os Direitos Humanos.

Veja: Como é corrigida a redação do Enem?

A Justiça suspendeu o item que permitia o zero automatico na redação pelo desrespeito aos Direitos Humanos, mas a incitação ao ódio, promoção da violência, perpetuação do preconceito e outras opiniões ofensivas e sem nexo com o texto poderiam resultar em diminuição em uma das competências avaliadas pelos corretores do Enem. 

Das mais de 4,7 milhões de redações corrigidas no Enem 2017, os corretores registraram 205 textos que desrespeitaram os Direitos Humanos. 

Vi minha nota. E agora?

Os participantes do Enem 2017 poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2018 entre os dias 23 e 26 de janeiro. O período para concorrer às 239.601 vagas oferecidas em universidades e institutos públicos foi antecipado e o resultado é esperado para 29 seguinte. Veja mais sobre o SiSU 2018 aqui

Bolsas de estudo também podem ser obtidas com as notas do Enem 2017. O Programa Universidade Para Todos (ProUni) terá inscrições de 6 a 9 de fevereiro. Entenda o ProUni 2018 e saiba como estudar de graça!

Quem deseja financiar as mensalidades do seu curso (estando matriculado ou não) poderá usar as notas do Enem 2017 para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2018. Serão oferecidas mais de 300 mil vagas, sendo parte delas com juros zero. Confira o regulamento neste texto

Veja também

Emescam (ES) inscreve para Vestibular 2020/2 de Medicina via Enem
Interessados nas 70 vagas serão avaliados pelas notas das edições de 2018 ou 2019 do exame educacional

ESPM prorroga inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Candidatos vão concorrer a 256 vagas nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

SiSU: cursos EaD também serão oferecidos
Até a última edição do Sistema de Seleção Unificada somente eram disponibilizados cursos presenciais

USCS (SP) cancela provas para Medicina e fará seleção via Enem
Processo seletivo que seria organizado pela Vunesp foi cancelado e vagas do vestibular serão ofertadas via Enem

Inscrições do Enem 2020 são prorrogadas
Datas de aplicação das provas do Enem 2020 impresso e digital foram adiadas de 30 a 60 dias em relação às datas que foram divulgadas nos editais.

UFRGS adia Vestibular 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus
As provas do Vestibular 2021 da UFRGS estavam previsto de acontecerem nos dias 28 e 29 de novembro e 05 e 06 de dezembro.

UFPR anuncia adiamento do Vestibular 2020/2021 em razão do novo coronavírus
Medida foi tomada pelas condições em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, as provas objetivas do Vestibular serão realizadas somente ano que vem.

Coronavírus: Unitau (SP) suspende inscrições do Vestibular de Inverno 2020 de Medicina
Oferta seria de 80 vagas e Vestibular contaria com duas fases. Suspensão do processo seletivo se deve pela pandemia do novo coronavírus.

Inep anuncia que provas do Enem 2020 serão adiadas
Órgão informou que, por causa da pandemia do coronavírus, agora provas serão realizadas de 30 a 60 dias depois do que estavam previstas

Projeto de Lei que adia o Enem 2020 é aprovado pelo Senado
Agora, o Projeto de Lei que foi aprovado por 75 votos a favor e 1 contra, irá para a Câmara dos Deputados.

Na Bahia, Unifacs inscreve para Vestibular 2020/2
Por causa da pandemia do coronavírus, os estudantes serão selecionados pelas notas do Enem

UVV, no Espírito Santo, recebe inscrições para Vestibular 2020/2
Candidatos serão avaliados pelas notas do Enem e por uma seleção no estilo game