Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem 2018: prazo de solicitação de isenção será antes do início das inscrições

Enem 2018: prazo de solicitação de isenção será antes do início das inscrições

A antecipação está entre as novidades desta edição. Os ausentes do Enem 2017 também deverão se justificar para pleitear o benefício novamente.

Publicado por Érica Caetano
21/03/2018 12h26 , atualizado em 21/03/2018 12h34

O Edital da edição de 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi publicado na manhã desta terça-feira, 21 de março, por meio de publicação no Diário Oficial da União (D.O.U.).

No documento, além do cronograma do Exame, também foram apresentadas algumas novidades sobre esta edição, dentre elas está o prazo de solicitação de isenção, que será iniciado antes do período de inscrições.

Em entrevista coletiva realizada no final da manhã de hoje, o ministro da Educação, Mendonça Filho, e a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, explicaram melhor como isto deve ocorrer.

Isenção

As solicitações de isenção de taxa do Enem 2018, que será no valor de R$ 82, assim como no ano passado, serão recebidas entre os dias 02 e 11 de abril. Já as inscrições deverão ser feitas de 09 a 18 de maio. Anteriormente, o prazo de inscrições para ambas atividades era o mesmo.

Cerca de 70% dos participantes contam com direito à isenção da taxa. A isenção é automática para estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas. Basta informar a escola ao se inscrever que o benefício será concedido. 

Outras duas modalidades de isenção necessitam de solicitação e, se necessário, comprovação por meio de documentos. São elas:

- Estudantes atendidos pela lei 12.799/2013: estudantes de escolas públicas ou bolsistas integrais de colégios particulares com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa;

- Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico): renda familiar de meio salário mínimo por pessoa  (R$ 477) ou renda familiar total de até três salários mínimos (R$ 2.862). 

- Estudantes que realizaram em 2017 o Exame de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja) para ensino médio e que conseguiram a certificação.

As opções aparecem no formulário de inscrição e o participante precisa marcar em qual se encaixa para solicitar a isenção. Se marcar errado, o cruzamento de dados feito pelo órgão constatará que o estudante não está na opção marcada e a isenção será negada. 

Como o Enem 2017 foi o fim da autodeclaração de carência para a isenção e passou a contar com o cruzamento de dados socioeconômicos, muitos estudantes tiveram isenção negada ou marcaram a opção errada na inscrição. 

Com isso, o MEC abriu uma exceção na edição passada e recebeu a documentação dos participantes que desejassem a gratuidade. Quem pagou a taxa, mesmo tendo direito à isenção, não teve seu dinheiro devolvido. 

Aqueles que tiverem isenção no Enem 2018 e não participar das provas, perderão o direito à isenção se quiserem fazer o exame em 2019. Somente serão consideradas as faltas que tiverem justificativas oficiais, como atestados. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O resultado dos pedidos de isenção de taxa do Enem 2018 sairá em 23 de abril. Contudo, mesmo com o benefício garantido é necessário se inscrever no Exame, no período de 09 a 19 de maio.

Recursos contra os pedidos de isenção negados serão recebidos de 23 a 29 de abril (veja aqui a documentação exigida para tal) ou pagar a taxa do Enem ao se inscrever.

Justificativa de ausência

Os participantes que ganharam a isenção da taxa e não fizeram o Enem 2017 terão que comprovar o motivo da falta também de 02 a 11 de abril, caso desejem se inscrever no Enem 2018 sem pagar a taxa. 

Se o MEC analisar as justificativas e considerar que não procedem, o participante terá que pagar a taxa do Enem 2018 para poder participar das provas deste ano. Os estudantes que não compareceram ao último exame e não pretendem se inscrever novamente não precisam justificar e nem pagar nenhum valor, já que o efeito não é retroativo.

Vale lembrar que de acordo com a presidente do Inep, só serão aceitas justificativas oficiais, tais como boletim de ocorrência, atestado médico e etc. Autodeclarações não serão aceitas como justificativas.

Enem 2018

As provas do Enem 2018 estão agendadas para os dias 04 e 11 de novembro, dois domingos seguidos. Os portões serão fechados às 13h e as provas começarão às 13h30, sempre com base no Horário de Brasília. 

O primeiro dia de provas do Enem 2018 contará com 45 questões de Ciências Humanas, 45 de Linguagens e Códigos e uma Redação.

O segundo terá 45 perguntas de Matemática e 45 de Ciências da Natureza. A novidade nesta edição é que neste dia os candidatos terão 30 minutos a mais para responder as questões, totalizando 5 horas de exame.

Onde usar o Enem?

As notas do Enem 2018 serão utilizadas no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2019, no Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2019 e no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2019.

Além dos programas do governo para ingresso em universidades públicas, financiamento estudantil e concessão de bolsas de estudos, as notas do Enem 2018 podem ser utilizadas por faculdades (públicas e particulares) em vestibulares específicos

Se prepare para o Enem 2018 no Super Vestibular! Veja provas e gabaritos de edições anteriores, simulado, dicas e dúvidas. 

Veja também

UFLA aplica provas da 2ª etapa do PAS 2020
Seleção ocorrerá em Lavras, Alfenas, Belo Horizonte, Divinópolis, Itajubá, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Varginha e Uberlândia

Confira resultado do Vestibular EaD 2021 da UFRN
Processo seletivo ofereceu vagas para participantes do Enem e professores da rede pública

PUC Goiás recebe inscrições para Vestibular 2022/1
Candidatos podem fazer provas ou usar notas do Enem ou do histórico escolar

O que pode cair sobre meio ambiente e clima no Enem 2021 e vestibulares
Incêndios na Europa, relatório IPCC, desmatamentos no Brasil e mais assuntos podem ser abordados nas provas

IFTM vai usar Enem para ingresso em 2022
Além das notas do Enem de anos anteriores, também será aceito o uso do diploma de curso superior.

Paraná: Unioeste solta 2ª chamada do Vestibular 2021
Processo seletivo que ofereceu mais de mil vagas ocorreu no dia 1º de agosto

IFB abre inscrições para Vestibular 2021 do campus Planaltina
Candidatos às 80 vagas serão selecionados pelas notas do Enem 2017 a 2020

Unioeste (PR) recebe inscrições para Vestibular 2021 de Enfermagem
Interessados em concorrer às 42 vagas gratuitas devem apresentar notas do ensino médio

UFU libera notas das provas do Vestibular 2021/2
Previsão é que lista de aprovados neste processo seletivo saia no dia 19 de novembro

Inscrições do Vestibular 2022/1 do FTT já podem ser feitas
Pedidos de isenção da taxa de inscrição serão recebidos até o dia 1º de outubro. Os isentos serão conhecidos no dia 08 de outubro.

Ibmec está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/1
A taxa é de R$ 50 para Brasília, R$ 100 para o Rio de Janeiro e Belo Horizonte e R$ 150 em São Paulo.