Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem 2020: provas começam a ser distrubuídas

Enem 2020: provas começam a ser distrubuídas

Ao chegarem em seus locais de destino, os malotes serão armazenados nos Batalhões do Exército Brasileiro e mantidos em segurança até os dias de aplicação.

Publicado por Érica Caetano
14/12/2020 11h40 , atualizado em 14/12/2020 11h56

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) começou a distribuição das provas impressas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

Serão feitas no total 41 viagens aéreas e 157 terrestres para entregar 70 mil malotes que estão sob a segurança do 4º BIL do Exército. As provas serão transportadas pelos Correios para todas as unidades da Federação, com escoltas das polícias militares e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ao chegarem em seus locais de destino, os malotes serão armazenados nos Batalhões do Exército Brasileiro e mantidos em segurança até os dias de aplicação.

Estão envolvidos na operação 226 carretas e caminhões. O primeiro caminhão saiu na última sexta-feira, 11 de dezembro. O mesmo foi lacrado pelo presidente do Inep, Alexandre Lopes, e seguiu do 4º BIL do Exército para o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, com escoltas da Polícia Militar do estado e da PRF.

No sábado, dia 12, saiu o primeiro avião com destino ao Amapá, Ceará, Maranhão e Pará. No domingo, os voos partiram para os estados de Alagoas, Acre, Maranhão e Roraima. A última viagem aérea está prevista para 10 de janeiro de 2021. Já o último caminhão segue para o destino no dia 07 do mesmo mês.

A Ordem de Serviço Conjunta para a expedição das provas foi assinada pelo presidente do Inep, pelo diretor de Gestão e Planejamento da autarquia, Murillo Gameiro, pelo diretor dos Correios, Carlos Henrique de Luca Ribeiro, e pelo comandante do 4º BIL do Exército, coronel Leandro Acosta. Após oficializar a descentralização dos malotes, os presentes visitaram o galpão do 4º BIL, onde as provas estão armazenadas e de onde sairão para as unidades da Federação.

Segurança

O Ministério da Justiça e Segurança Pública irá monitorar todas as ações de segurança, desde a escolta até o policiamento. A resolução de problemas que possam surgir também está dentro do plano de ações e estratégias.

Também foi apresentado o plano estratégico de segurança para o exame. A atuação da Polícia Federal (PF) também foi esclarecida pelo representante da Divisão de Repressão aos Crimes Fazendários da Polícia Federal da corporação, Fernando Casarin.

O evento de descentralização das provas contou, ainda, com um ciclo de palestras temáticas sobre o Enem 2020. Durante as apresentações, representantes das instituições envolvidas detalharam as atividades que desenvolvem para a realização do exame.

Coronavírus

Nesta edição do Enem, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Inep também estabeleceu regras para evitar aglomeração durante as provas. As medidas serão adotadas como prevenção contra o coronavírus.

A estimativa é que o Enem 2020 seja aplicado em 205 mil salas, em 14 mil pontos de aplicação. O órgão orienta que somente seja ocupada a metade da capacidade original das salas. Na edição do ano passado (2019), o Enem foi aplicado em 145 mil salas, em cerca de 10 mil locais de prova.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Também haverá salas especiais, com até 12 carteiras, para pessoas que, de acordo com o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), são mais vulneráveis à Covid-19. Esses perfis serão detectados na base de inscritos no Enem 2020.

Entre esse grupo de pessoas estão gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

No final de julho, o também foi divulgado novos editais do Enem impresso e Enem digital nos quais contemplava medidas preventivas para o coronavírus. Entre as medidas, está o distanciamento entre as pessoas e protocolos de proteção em idas ao banheiro e vistorias de materiais, lanches e artigos religiosos.

O Inep reforçou na ocasião que o participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde a sua entrada até a sua saída do local de provas, será eliminado do Exame.

Provas

Pela primeira vez serão realizadas provas impressas e provas digitais. Estima-se que 5 milhões de estudantes façam o Enem impresso e cerca de 100 mil, o digital. Abaixo as datas de cada uma das provas:

Enem impresso: 17 e 24 de janeiro de 2021

Enem Digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021

Saiba mais: como funcionará o Enem Digital

Apesar das datas e dos formatos diferentes, as provas terão o mesmo conteúdo. No primeiro domingo serão aplicadas 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos, 45 questões de Ciências Humanas e Redação. Já no segundo domingo, serão mais 45 questões de Ciências da Natureza e  45 questões de Matemática.

Enem 2020 

O Enem ocorreria nos dias 1º e 8 de novembro (Enem impresso) e 22 e 29 de novembro (Enem digital), mas, por causa da pandemia do coronavírus, o Inep decidiu que as provas do Enem seriam adiadas em 30 ou 60 dias

Em junho, o Inep optoui por fazer uma enquete para que os estudantes escolhessem as melhores datas para realização das provas. Puderam participar de forma voluntária os quase 5,8 milhões de estudantes que se inscreveram no exame educacional. 

No dia 1º de julho, o Inep divulgou que 553.033 (49,7%) inscritos escolheram que as provas fosssem aplicadas nos dias 2 e 9 de maio de 2021. Além da opção escolhida pelos inscritos, havia mais duas, com provas em dezembro deste ano ou janeiro de 2021.

No entanto, o Instituo também ouviu a opinião de secretários de educação, universidades e órgãos como a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) para poder definir melhor as datas.

Para mais detalhes, acesse o Edital do Enem Impresso e o Edital do Enem Digital

Veja também

Resultado do Vestibular Indígena e Quilombola 2022 da Unifesspa é liberado
Foram oferecidas 164 vagas em 41 cursos de graduação, localizados nos campi de Marabá, Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara.

IFRS divulga resultado do Vestibular 2022/2
Os selecionados terão entre os dias 25 e 28 de junho para o envio da documentação exigida para a efetivação da matrícula.

Resultado do Vestibular de Inverno 2022 da PUC-SP já está disponível
Os candidatos convocados deverão efetivar a matrícula entre os dias 27 e 29 de junho. 

UFT divulga 2ª chamada do Vestibular 2022/2
Matrícula dos novos aprovados será nos dias 28 e 29 de junho, pela internet.

Divulgado resultado do Paes 2022 da UEMA e UEMASUL
Informações sobre matrícula dos calouros serão divulgadas posteriormente.

Humanitas (SP) divulga resultado do Vestibular 2022/2 de Medicina
A Humanitas ofereceu 60 vagas para o curso de Medicina. A graduação é oferecida na cidade de São José dos Campos/SP.

Saiu o resultado do Vestibular 2022/2 de Medicina do UniCerrado (GO)
Matrícula dos aprovados será presencial entre os dias 28 e 30 de junho, na sede da instituição.

Cederj divulga resultado da redação do Vestibular 2022/2
O processo oferece 7.574 vagas em 16 cursos de graduação ofertados na modalidade semipresencial totalmente gratuitos. 

PUC Goiás solta resultado do Vestibular 2022/2 de Medicina
Agora, os selecionados deverão realizar matrículas de hoje até o próximo dia 28

Resultado do Vestibular 2022/2 de Medicina da Emescam está disponível
Agora, os selecionados deverão se matricular entre os dias 29 e 30 de junho, além de 1º de julho, das 08h às 12h e das 14h às 16h.

Chega ao fim nesta sexta (24) as inscrições para o Vestibular 2022 da ESPM
Prazo que finaliza é o do vestibular. Processos via Enem e exames internacionais já tiveram resultados informados.

FGV publica resultado da 1ª fase do Vestibular 2022/2 de Administração
Classificados participarão de um exame oral pela internet. Data da prova varia conforme a modalidade de ingresso.