Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Relatório da Polícia Federal aponta vazamento de provas do Enem 2016

Relatório da Polícia Federal aponta vazamento de provas do Enem 2016

De acordo, o órgão dois candidatos cometeram crime de estelionato qualificado

Publicado por Silvia Tancredi
01/12/2016 14h05 , atualizado em 01/12/2016 17h12

A Polícia Federal, por meio de relatório encaminhado ao Ministério Público do Ceará nesta quinta-feira, 1º de dezembro, informou que dois candidatos tiveram acesso antecipado às provas objetivas e à redação Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Segundo a PF, foi cometido crime de estelionato qualificado.

De acordo com o documento, a PF fez análises de celulares confiscados durante os dias das provas e constatou que os dois inscritos receberam fotografias das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início do exame. 

Veja outros casos de fraudes no Enem

Conforme consta no relatório, os candidatos tiveram acesso à "frase-código" da prova rosa; desse modo, eles poderiam preencher o cartão de respostas com o gabarito ao qual tiveram acesso. 

Os candidatos que estavam com as provas são de estados diferentes: um é de Minas Gerais e outro do Maranhão. Segundo a Polícia Federal, os dois estavam com as mesmas fotografias dos gabaritos das provas. Isso indica que apesar de haver intermediários diferentes, a origem do vazamento seria a mesma. 

O relatório mostra também que os candidatos fizeram pesquisas na internet sobre o tema da redação a partir das 9h38 do dia 6 de novembro, quando foi aplicada a prova de produção textual. Isso sinalizada, segundo a PF, que eles tiveram acesso ao tema antes da realização dos testes desse dia. 

Inep

O Super Vestibular entrou em contato com o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e recebeu nota sobre o assunto. Confira na íntegra:

-O Inep oficiou, nesta quinta-feira, a Superintendência da Polícia Federal (ofício 4076, de 01/12/2016) sobre o referido vazamento, sendo informado que o inquérito está em curso e corre sob sigilo. Ao contrário do que informou o procurador Oscar Costa Filho, do Ministério Público do Ceará, o inquérito não foi concluído;

-O Inep reafirma que as operações deflagradas no último dia 06/11 são reflexo da ação conjunta com a Polícia Federal, que trabalham em parceria para garantir a segurança e a lisura do certame;

-Os casos de tentativa de fraude identificados estão sob investigação e delimitarão a responsabilidade dos envolvidos. Não há indicio de vazamento de gabarito oficial. Como é de conhecimento público, a Polícia Federal já efetuou prisões de envolvidos na tentativa de fraude e o Inep já os excluiu do Exame;

-O Inep reitera o empenho de colaborar com a Polícia Federal para apurar os fatos, garantindo que não haja prejuízo aos participantes do Enem 2016;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

-O Inep lamenta que o procurador Oscar Costa Filho do Ministério Público do Ceará use da prerrogativa institucional de ter acesso ao inquérito para vazar informações antes da Polícia Federal concluí-lo. Segundo a Polícia Federal foi submetido ao procurador o pedido de extensão do prazo do inquérito e, com isso, este teve acesso às investigações em curso;

-Ao mesmo tempo, o Inep estranha o fato de que este procurador venha a público, mais uma vez, às vésperas da aplicação de provas do Enem, marcadas para os dias 3 e 4 de dezembro, gerar fatos que provocam tumulto e insegurança para milhares de estudantes inscritos. O Inep lembra que o procurador tem histórico de tentativas de impedir a realização do Enem em anos anteriores;

-Por fim, o Inep reitera que o Enem foi realizado com segurança para mais de 5,8 milhões de estudantes nos dias 5 e 6 de novembro de 2016. A segunda aplicação do Exame, que acontecerá no próximo final de semana, dias 3 e 4, para 277 mil candidatos, se fez necessária por conta das ocupações em locais de aplicação ou em decorrência de problemas de infraestrutura ocorridas nas datas das primeiras provas.

Entenda o caso

Na noite do dia 7 de novembro, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), por meio do procurador Oscar Costa Filho, pediu a anulação da redação do Enem 2016. A solicitação foi feita por causa de suposto vazamento do tema do texto no Ceará, onde um participante foi preso PF durante as provas com rascunho da redação dentro do bolso e com ponto eletrônico. 

Oscar Filho também citou na ação que o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” foi semelhante ao da prova falsa do Enem 2015 que circulou nas redes sociais às vésperas da edição do ano passado. O tema da prova falsa era “Intolerância religiosa no Brasil” e um dos textos de apoio era uma pesquisa que também está na proposta da redação do Enem 2016.

Na ocasião, por meio de nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que o tema da redação do Enem 2016 não é mesmo da prova falsa do Enem 2015. Segundo o órgão, o tema da prova falsa “não permitia que o participante desenvolvesse uma proposta de intervenção na realidade, respeitando os direitos humanos, o que contraria os pressupostos metodológicos previstos no Edital do Enem”. 

*Com informações do MPF-CE

Veja também

Provas do Vestibular 2022 da Univesp são aplicadas neste domingo (22)
Candidatos farão o vestibular das 13h às 18h. A prova contém 56 questões objetivas e uma redação.

Provas do PAES 2022 da UEMA são aplicadas
A seletiva acontece em São Luís, Colinas, Caxias, São João dos Patos, Bacabal, Barra do Corda,  Balsas , Codó , Santa Inês, Coelho Neto, Timon, Pinheiro, Grajaú, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Pedreiras, Zé Doca, Coroatá, Itapecuru-Mirim e São Bento.

Inscrições para o Vestibular 2022/2 do IFRS podem ser feitas até hoje (22)
A seleção para cursos superiores será por classificação a partir da nota obtida no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e por provas tradicionais.

FGV-SP começa primeira fase do Vestibular 2022/2 de Administração amanhã (22)
Candidatos farão as provas pela internet em dois blocos, pela manhã e tarde. Segundo dia desta etapa acontece no domingo (29)

UECE realiza 2ª fase do Vestibular 2022/2 neste final de semana
Vestibular contará com quatro provas, uma de redação e três específicas do curso de escolha.

Inscrições para o Enem 2022 terminam hoje (21)
Provas acontecerão em versões digital e impressa nos dias 13 e 20 de novembro.

UERJ publica neste sábado (21) a 1ª reclassificação do Vestibular 2022
Matrículas deverão ser feitas presencialmente entre 24 e 26 de maio.

Resultado dos pedidos de isenção de taxa de inscrição do Vestibular 2023 do ITA é liberado
As inscrições serão recebidas de 1º de junho a 15 de julho.

IFSudesteMG recebe inscrições do Vestibular 2022/2 via Enem
Instituição aceita inscrições até 20 de junho. São 77 vagas para quatro cursos de graduação.

Resultado do Pave 2021 da UFPel está disponível
A UFPel ofereceu 1.033 vagas no Pave 2021, das quais 90% das oportunidades foram para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas. 

Notas das 1ª e 2ª etapas do PAS 2021 da UEM são disponibilizadas
Os inscritos no PAS 2021 da UEM passaram pelas provas em 27 de março, das 13h50 às 19h.

Pedidos de redução e isenção do Vestibular 2022/2 das Fatecs já podem ser feitos
O prazo segue até as 15h do dia 24 de maio. O valor cheio da taxa custa R$ 91.