Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Dicas
  3. Como começar uma redação

Como começar uma redação

Muitos estudantes possuem dificuldade em como começar a sua redação, afinal, ela precisa despertar o interesse no leitor em continuar o texto.

Publicado por Érica Caetano

Muitos estudantes se queixam da dificuldade de iniciar uma redação e como redigir uma introdução que vá auxiliar no desenvolvimento do texto. A introdução é uma parte importante da redação, afinal, é através dela que o estudante vai apresentar o problema a ser discutido.

Para os estudantes que participam do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que exige o gênero textual dissertativo-argumentativo, começar bem a redação pode ajudar na composição da nota final.

Leia também: Tipos de introdução no texto dissertativo-argumentativo

Confira algumas dicas que o Mundo Educação separou para você dar início a sua redação dissertativa para vestibulares e Enem:

1-    Identifique o foco do texto

Existem inúmeras formas de iniciar uma redação, mas o raciocínio natural é: o que está sendo pedido pelo tema? Leia atentamente o tema e descubra qual a palavra que problematiza esse foco. 

Também é importante identificar o problema a ser solucionado e a localidade (regional, nacional ou internacional). No caso do Enem, por exemplo, o tema geralmente é um problema do Brasil.

2-    Cite o tema

É logo no início do texto que o leitor decide se vai continuar a leitura ou não e, para isso, é preciso despertar o interesse dele. Então, pense: qual a parte que não posso deixar de falar? 

O leitor não pode sair da introdução do seu texto sem saber o foco do problema. O tema precisa estar implícito na introdução do texto. Se, ao ler o primeiro parágrafo, perceber que não citou o foco do texto, é melhor refazer a introdução da redação.

3-    Defina seu ponto de vista, aonde você quer chegar

É importante definir o seu ponto de vista sobre o tema antes de começar a escrever a sua redação. Caso contrário, o seu texto ficará "escorregando" entre um assunto e outro, o famoso “florear” – como costumam ser chamados àqueles textos sem propósito, que não levam a lugar nenhum. 

Para não ficar confuso, saiba aonde você quer chegar com a discussão. Construa essa linha de raciocínio. Isto vai te ajudar, inclusive, a chegar à conclusão da sua redação com maior facilidade. 

Sabendo qual será a conclusão que você vai chegar lá na frente, com o determinado ponto de vista que defende, ficará mais fácil começar a sua redação. O processo de construção do texto fluirá naturalmente.


4-    Trace um panorama histórico sobre o tema 

Uma outra boa forma de iniciar o seu texto no gênero dissertativo-argumentativo é citar como era determinada situação no passado e como ela está no presente. Está melhor, pior ou igual?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Neste caso, é possível concluir a introdução fazendo projeções sobre o tema para o futuro. Por exemplo, o que poderá acontecer se a situação/problema apresentada permanecer a mesma, o que acarretará se nada for alterado.

5-    Inicie com uma análise crítica

Você também pode iniciar o texto fazendo uma análise crítica sobre o tema na atualidade e seus efeitos na sociedade. A introdução pode ser concluída chamando a atenção do leitor para a relevância do tema, convocando-os à reflexão e ao debate.

6-    Tenha uma técnica para início da redação

Muitos vestibulandos, ao lerem o tema proposto, já sabem quais argumentos usarão para redigir a redação. Mas, apesar de já criarem toda a linha argumentativa, empacam no início do texto.

Uma boa dica é iniciar utilizando alguma frase que tenha memorizada. Veja alguns exemplos:

•    “Atualmente, [tema] é um desafio que atinge a sociedade brasileira”.
•    “Sob a perspectiva histórica, a [tema]...”
•     “Dentro os inúmeros motivos que levaram ao [tema]...”

7-    Relacione o tema com livros, filmes ou fatos

Uma técnica bastante utilizada por participantes do Enem é começar a redação citando algum filme, livro ou notícia que se relacione com o tema de alguma forma. Isso demonstra ao corretor que o estudante possui um repertório e conhecimento sobre o que está escrevendo.

Como exemplo, veja o primeiro parágrafo de uma das redações nota 1000 no Enem 2020, cujo tema foi: “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”.

A obra “Holocausto Brasileiro”, da escritora e jornalista Daniela Arbex, retrata as péssimas condições do maior hospital psiquiátrico do país, na cidade de Barbacena. Nesse livro, os pacientes são tratados por meio de métodos arcaicos e invasivos, desde agressões psicológicas até choques elétricos, demonstrando a violência sofrida por indivíduos portadores de transtornos psíquicos. Assim, além de expor os abusos do sistema de saúde da época, o texto também é atual, uma vez que o preconceito e a omissão estatal perpetuam o estigma associado às doenças mentais no Brasil.

Repare que a participante relacionou o livro “Holocausto Brasileiro” com o tema da redação. Em apenas um parágrafo, ela apresentou o problema e suas consequências, determinou a localidade da situação a ser discutida, no caso, o Brasil, traçou um panorama histórico, além de destacar a relevância do tema. 
 

Veja também

Unifesp começa a aplicar as provas do Vestibular Misto 2022
Serão utilizadas pela Unifesp as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e de suas próprias provas para a aprovação dos candidatos no Vestibular Misto 2022. 

Inep divulga gabaritos da Reaplicação do Enem 2021
Quase 100 mil estudantes fizeram as provas nos dias 9 e 16 de janeiro

Vestibular da UERJ exige preparação específica; veja dicas
Em razão da pandemia do coronavírus, processo seletivo alterou o formato para evitar aglomerações

Editais do ProUni e Fies do 1º semestre de 2022 estão disponíveis
O primeiro programa oferece bolsas de estudo em universidades particulares a estudantes que comprovem ter renda familiar entre um ou três salários mínimos. Já o Fies disponibiliza financiamentos em cursos igualmente ministrados em instituições privadas. Também é necessário comprovar renda.

1ª reclassificação do Vestibular 2021/2 de vagas remanescentes da UERJ está disponível
Os convocados devem realizar pré-matrícula e aceite da inscrição em disciplinas da classificação de forma online no período de 24 e 25 de janeiro.

UEMG inscreve para o Vestibular 2022
O processo seletivo havia sido extinto em março de 2019 para usar somente notas do Enem e agora retorna neste ano.

Edital do SiSU 2022/1 é divulgado
Além do cronograma, no Edital também é possível verificar as regas do Sistema.

MEC divulga datas de inscrições do SiSU, ProUni e Fies do 1º semestre de 2022
Programas oferecem vagas em instituições de ensino superiores. Para participar, é necessário ter feito o Enem.

IFSuldeMinas solta resultado do Vestibular 2022/1
O resultado preliminar saiu no dia 10 de janeiro e teve os dias 12 e 13 seguintes para recursos. Este já é o resultado final.

Inscrições para a 3ª etapa do PAS 2020 da UFLA são recebidas
O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição já foi encerrado e o resultado será disponibilizado no dia 27 de janeiro.

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022 da Fuvest encerram com abstenção de 7,9%
O resultado final do Vestibular 2022 da Fuvest é esperado para 11 de fevereiro. Outras duas chamadas regulares estão previstas para os dias 25 de fevereiro e 07 de março. 

Reaplicação Enem 2021: menos de 30% dos inscritos comparecem às provas
Ao todo, 338.419 estudantes se inscreveram para realizar as provas, mas 70% não se apresentaram