Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Enfermagem

A graduação de Enfermagem forma profissionais aptos a auxiliarem médicos em cirurgias, exames, tratamentos ou recuperações

Publicado por Érica Caetano
Enfermeiros desempenharam um importante papel no combate à pandemia de Covid-19
Enfermeiros desempenharam um importante papel no combate à pandemia de Covid-19

O profissional da área da saúde responsável por acompanhar o tratamento de um paciente, dando suporte e assistência necessária e garantindo a aplicação correta do tratamento médico é chamado de enfermeiro(a). O graduado em Enfermagem é quem auxilia médicos durante cirurgias, exames, tratamentos ou recuperações pós-cirúrgicas.

Aqueles que fazem a graduação de Enfermagem se tornam aptos - ao final do curso - a atuarem para prevenir, promover, proteger e restabelecer a saúde e bem-estar das pessoas, trabalhando em parceria com outros profissionais da área, principalmente médicos.

Os enfermeiros fazem o elo médico-paciente e, por isso, precisam saber se comunicar bem e ter responsabilidade com as informações a eles confiadas. Eles também podem atuar no gerenciamento da equipe e dos recursos de um hospital, clínica ou laboratório.

Público-alvo

Ter paciência, muita responsabilidade e saber tratar bem as pessoas, tendo solidariedade, respeito e disposição são alguns bons requisitos para quem deseja trabalhar com Enfermagem.

Ter controle das próprias emoções e caráter prático ajudará este profissional em situações de emergência, resgate ou salvamentos.

Saber trabalhar em equipe, ter facilidade em aprender procedimentos técnicos e científicos também são características fundamentais para aqueles que desejam trabalhar na promoção, recuperação e reabilitação da saúde dos pacientes através da Enfermagem.

Leia também: As opções de cursos em Ciências da Saúde

Curso

O curso de graduação em Enfermagem pode ser do tipo bacharelado ou licenciatura. Tem duração média de cinco anos e é possível cursá-la nas modalidades presencial e a distância. 

No início da faculdade de Enfermagem, o estudante estuda mais disciplinas básicas da área de Ciências Biológicas, como Biologia, Anatomia, Citologia, Histologia, Parasitologia etc. 

No decorrer da graduação, são estudadas disciplinas mais específicas sobre a prática da Enfermagem em diversas situações, como, por exemplo: partos, cirurgias, tratamentos, unidades de terapia intensiva, entre outros. Há também matérias da área de Humanas, como Psicologia e Sociologia.

Os estudantes de Enfermagem têm contato com muitas atividades práticas em laboratório, onde têm a oportunidade de testar seus conhecimentos em procedimentos aprendidos no decorrer do curso.

Nos semestres finais, o estudante passa por um estágio obrigatório supervisionado em hospitais, ambulatórios, clínicas, rede básica de serviços de saúde e comunidades, para ter contato direto com pacientes.

Ao final do curso, o aluno se qualifica a compreender o estado de saúde do paciente, podendo tomar decisões adequadas e éticas, sempre mantendo o compromisso de atualização e educação permanente.

Grade curricular (disciplinas)

Confira abaixo algumas disciplinas do curso:

•    Fisiologia Humana
•    Citologia, Histologia e Embriologia
•    Introdução à Enfermagem e Exercício Profissional
•    Bases Teóricas da Enfermagem
•    Educação em Saúde
•    Anatomia Humana
•    Bioquímica
•    Bioestatística
•    Bioinformática
•    Processos Biopatogênicos e Aplicações na Enfermagem
•    Processos Patológicos
•    Agentes Infecciosos
•    Genealogia do Cuidado Humano
•    Genética Clínica
•    Imunologia
•    Processo de Cuidar em Enfermagem
•    Processo de Cuidar em Saúde Mental
•    Bases Anatomofisiológicas da Avaliação Clínica
•    Bases Teórico-práticas da Formação Profissional e Cidadã 
•    Enfermagem em Saúde Coletiva 
•    Enfermagem Perioperatória e CME
•    Epidemiologia e Bioestatística
•    Farmacologia Aplicada ao Processo de Cuidar / Clínica / Geral
•    Ferramentas Gerenciais em Enfermagem
•    Fundamentos Socioantropológicos 
•    Psicologia em Saúde
•    Processo de Cuidar da Saúde da Criança e do Recém-nascido/ Saúde da Mulher / Saúde do Adulto / Saúde do Idoso
•    Processo de Gerenciar em Enfermagem 
•    Saúde Coletiva
•    Estágio
•    Metodologia da Pesquisa em Enfermagem

Duração média 
Bacharelado – 8 a 10 semestres 
Técnico – 3 a 4 semestres

Diferença entre licenciatura, bacharelado e técnico

Os tipos de formação para o curso de Enfermagem são: licenciatura, bacharelado e técnico.

O profissional graduado em licenciatura é preparado para ministrar aulas teóricas e práticas em cursos profissionalizantes, que formam auxiliares e técnicos de enfermagem, assim como poderá exercer a profissão como ela está regulamentada.

Os cursos bacharelado em Enfermagem formam profissionais aptos a atuarem na proteção e recuperação da saúde, bem como a prevenção de doenças. Trabalhando em conjunto com outros especialistas, tais como psicólogos, médicos e nutricionistas, em hospitais, clínicas, postos de saúde etc.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O curso técnico em Enfermagem tem curta duração, entre um ano e meio e dois anos, e não é considerado de nível superior. Para fazer o curso técnico, o aluno precisa ter o ensino médio completo. 

O técnico em Enfermagem é mais voltado para aprender procedimentos práticos, permitindo a atuação em clínicas e em hospitais, lidando com pacientes de média complexidade. Os técnicos e auxiliares de Enfermagem só podem atuar sob a supervisão de um enfermeiro.

Mercado de Trabalho

A área hospitalar e de saúde pública reúnem grande parte das oportunidades de trabalho para enfermeiros. Unidades em cidades do interior costumam ter mais oferta de vagas, já que a maioria dos enfermeiros prefere atuar em hospitais de grandes centros urbanos.

Uma área em expansão para profissionais de Enfermagem é a geronto-geriátrica, dedicada ao tratamento e cuidado de pessoas idosas. Com o envelhecimento da população brasileira, a demanda por especialistas nesta área vem aumentando.

Impacto da pandemia

Até a pandemia de Covid-19, devido ao excesso de profissionais no setor, os enfermeiros buscavam mercados alternativos como, por exemplo, o de consultorias e representações para hospitais e clínicas no que diz respeito à funcionalidade de equipamentos novos para tratamentos de determinadas doenças. Mas a pandemia mudou este cenário, aumentando a busca por enfermeiros para trabalhar no combate ao coronavírus.

A dificuldade em todas as regiões de encontrar a quantidade de profissionais necessária para atuar nas mais diversas instituições de saúde, como os hospitais de campanha, para auxiliar no tratamento de infectados por coronavírus, foi muito grande. 

Os infectados eram muitos e não haviam hospitais tampouco profissionais de Enfermagem para atender a grande demanda. Os enfermeiros, assim como os médicos, atuaram incansavelmente na linha de frente no combate a Covid-19 desde o início da pandemia.

Confira: Biológicas, Exatas ou Humanas? Qual minha área?

Campos de Atuação 

Assessoria e consultoria
(auditoria de procedimentos hospitalares, auxílio na montagem de unidades de saúde etc.)

Atendimento domiciliar
(cuidado de pacientes em residências, auxílio ao paciente em exercícios terapêuticos e sua higiene pessoal)

Enfermagem geral
(coordenação de equipes de técnicos e auxiliares no atendimento de pacientes)

Enfermagem geriátrica
(atendimento de idosos em domicílios, casas de repouso, clínicas e hospitais) 

Enfermagem médico-cirúrgica
(cuidados pré e pós-operatório em prontos-socorros, clínicas e hospitais) 

Enfermagem obstétrica
(assistência a gestantes, parturientes e lactantes, acompanhamento de pré-natal, realização de exames e auxílio no parto e pós-parto) 

Enfermagem pediátrica
(acompanhamento e avaliação do desenvolvimento da criança, orientação aos pais quanto às técnicas e cuidados com recém-nascidos) 

Enfermagem psiquiátrica
(auxílio no tratamento de pacientes com distúrbios psicológicos) 

Enfermagem de resgate
(participação em equipes de salvamento de vítimas de acidentes) 

Enfermagem de saúde pública
(orientação sobre prevenção de doenças, promoção da saúde da coletividade, atendimento de pacientes e formação e capacitação e supervisão de agentes de saúde) 

Enfermagem do trabalho
(atendimento ambulatorial em empresas, acompanhamento de programas de prevenção, manutenção da saúde de funcionários etc.) 

Ensino
(orientação de projetos de pesquisa, preparação de aulas teóricas e práticas) 

Gestão da qualidade
(avaliação e planejamento de processos assistenciais de segurança hospitalar) 

Gestão de projetos
(administração e controle da abertura da ala hospitalar ou implementação de um novo protocolo, por exemplo, em clínicas e hospitais) 

Pesquisa clínica
(planejamento, implementação e coordenação de projetos de pesquisas em institutos de pesquisas e universidades) 

Regulamentação da profissão 
Lei nº 7.498 de 25 de junho de 1986

Remuneração média (salário)

De acordo com o site Catho, a média salarial do profissional de Enfermagem é de R$ 3.700.

Exigências para exercício da profissão

Diploma de conclusão de curso de bacharelado em Enfermagem
Habilitação legal - Registro Profissional no Conselho Regional de Enfermagem

Veja também

Unifesp começa a aplicar as provas do Vestibular Misto 2022
Serão utilizadas pela Unifesp as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e de suas próprias provas para a aprovação dos candidatos no Vestibular Misto 2022. 

Inep divulga gabaritos da Reaplicação do Enem 2021
Quase 100 mil estudantes fizeram as provas nos dias 9 e 16 de janeiro

Vestibular da UERJ exige preparação específica; veja dicas
Em razão da pandemia do coronavírus, processo seletivo alterou o formato para evitar aglomerações

Editais do ProUni e Fies do 1º semestre de 2022 estão disponíveis
O primeiro programa oferece bolsas de estudo em universidades particulares a estudantes que comprovem ter renda familiar entre um ou três salários mínimos. Já o Fies disponibiliza financiamentos em cursos igualmente ministrados em instituições privadas. Também é necessário comprovar renda.

1ª reclassificação do Vestibular 2021/2 de vagas remanescentes da UERJ está disponível
Os convocados devem realizar pré-matrícula e aceite da inscrição em disciplinas da classificação de forma online no período de 24 e 25 de janeiro.

UEMG inscreve para o Vestibular 2022
O processo seletivo havia sido extinto em março de 2019 para usar somente notas do Enem e agora retorna neste ano.

Edital do SiSU 2022/1 é divulgado
Além do cronograma, no Edital também é possível verificar as regas do Sistema.

MEC divulga datas de inscrições do SiSU, ProUni e Fies do 1º semestre de 2022
Programas oferecem vagas em instituições de ensino superiores. Para participar, é necessário ter feito o Enem.

IFSuldeMinas solta resultado do Vestibular 2022/1
O resultado preliminar saiu no dia 10 de janeiro e teve os dias 12 e 13 seguintes para recursos. Este já é o resultado final.

Inscrições para a 3ª etapa do PAS 2020 da UFLA são recebidas
O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição já foi encerrado e o resultado será disponibilizado no dia 27 de janeiro.

Provas da 2ª fase do Vestibular 2022 da Fuvest encerram com abstenção de 7,9%
O resultado final do Vestibular 2022 da Fuvest é esperado para 11 de fevereiro. Outras duas chamadas regulares estão previstas para os dias 25 de fevereiro e 07 de março. 

Reaplicação Enem 2021: menos de 30% dos inscritos comparecem às provas
Ao todo, 338.419 estudantes se inscreveram para realizar as provas, mas 70% não se apresentaram