Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp

Tecnologia em Alimentos

Tecnólogo em alimentos é responsável pelo desenvolvimento de novos produtos ou melhoria dos já existentes.

Publicado por Érica Caetano
O tecnólogo em Alimentos pode ser o responsável por cuidar do controle de qualidade
O tecnólogo em Alimentos pode ser o responsável por cuidar do controle de qualidade

Já percebeu que sempre que vamos ao supermercado nos deparamos com um novo produto sendo vendido e exposto? Um dos responsáveis por isso é o tecnólogo em Alimentos. 

O profissional formado em Tecnologia em Alimentos desenvolve novos produtos alimentícios e é responsável pela higienização e condicionamento dos alimentos que vão para os restaurantes e supermercados, controlando a qualidade desde a matéria prima até o produto final que vai parar na nossa mesa. Ele também é responsável pelo sabor, cor e textura de muitos alimentos que consumimos.

O tecnólogo em alimentos trabalha em laboratórios para garantir a qualidade e a segurança dos produtos que consumimos. Ele está apto a fazer testes e análises laboratoriais em produtos, baseado no conhecimento técnico adquirido ao longo do curso e profissão.

Público-alvo

Para ser um tecnólogo em Alimentos é preciso gostar de Química, ter um raciocínio crítico, uma boa capacidade de observação dos detalhes e saber trabalhar em equipe. Também é preciso ter agilidade, trato com pessoas e interesse pelas funções sistêmicas que envolvem processos de laboratórios.

O curso

O curso tecnológico de Alimentos conta com aulas nas disciplinas de Química, Bioquímica, Microbiologia e Nutrição. O aluno também aprenderá como os alimentos devem ser processados e conservados pela indústria, qual a embalagem mais adequada para cada tipo de alimento, entre outros assuntos técnicos da indústria alimentícia. Abaixo algumas disciplinas específicas da graduação:

1.    Conservação de Alimentos;
2.    Higiene Industrial;
3.    Gestão da Qualidade;
4.    Administração da Operação e Produção;
5.    Embalagem de Alimentos;
6.    Análise Sensorial;
7.    Toxicologia de Alimentos;
8.    Análise de Alimentos;
9.    Instalações Industriais;
10.    Tecnologia de Processamentos de Sucos e Bebidas;
11.    Tecnologia de Processamentos de Panificação, Massas, Amidos e Derivados.

A grade e disciplinas do curso podem variar de uma instituição para outra.

O curso de Tecnologia em Alimentos tem duração média de 3 anos, tendo o trabalho de conclusão de curso obrigatório para a sua conclusão. Após formado, o profissional pode buscar um curso de pós-graduação na área para se especializar e buscar o crescimento na carreira.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conheça também o curso de Engenharia de Alimentos

Mercado de trabalho

A exigência do consumidor por novidades, diferenciais e inovações no ramo alimentício faz este mercado ficar aquecido até mesmo durante crises econômicas. No Brasil, a indústria alimentícia representa cerca de 10% do Produto Interno Bruto (PIB), o que comprova a importância deste setor para a economia nacional.

A crescente exigência do consumidor por alimentos que agridem menos o meio ambiente tem mudado a forma com que os produtos são desenvolvidos. Por isso, as indústrias têm contratado tecnólogos para buscar soluções sustentáveis. 

Formas de atuação

O tecnólogo em Alimentos poderá atuar na parte prática dos processos, desenvolvendo e estudando novos alimentos, bebidas e produtos alimentícios no geral, como também na melhoria de processos de produtos já existentes. Uma outra área importante de atuação do tecnólogo em Alimentos é a de controle de qualidade. Veja outras:

- Suporte técnico de industrialização, comercialização e análise de alimentos;
- Pesquisa, controle e consultoria na indústria alimentícia;
- Suporte em entidades de classe e órgãos regulatórios.
- Atuando como empreendedor no desenvolvimento de produtos.

Campos de Atuação

- Empresas e indústrias do ramo alimentício e de bebidas;
- Laboratórios de análises e estudos alimentícios e bebidas;
- Institutos de pesquisas científicas e tecnológicas;
- Frigoríficos;
- Supermercados.

Remuneração média

De acordo com o site Catho.com, a média salarial do Tecnólogo em Alimentos é de R$ 1.500 em início de carreira.

Exigência para o exercício da profissão

A exigência para exercer a profissão do Tecnólogo em Alimentos é o diploma de conclusão de curso tecnológico. O registro do profissional é feito no Conselho Regional de Química.
 

Veja também

Inscrições abertas para cursinho gratuito pré-Enem no Pará
São 3 mil vagas para curso nas modalidades presencial e online.

Facape (PE) adia prova do Vestibular 2022/2 de Medicina
Avaliação aconteceria neste domingo (22) para candidatos da ampla concorrência.

Notas da 1ª e 2ª etapas do Pism 2022 da UFJF já podem ser consultadas
Candidatos podem interpor contra o desempenho informado nesta quarta-feira (18), das 9h às 16h

UFSC abre inscrições para Vestibular 2022/2 de vagas remanescentes
Prazo fica aberto até o dia 26 de maio. Pedidos de isenção da taxa de inscrição são aceitos até o próximo dia 20.

IFRO está com inscrições abertas para o Vestibular 2022/2
No ato da inscrição, os candidatos deverão escolher por qual modalidade desejam concorrer, se pelo Histórico Escolar ou se pelo aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Emescam (ES) solta resultado do seu Vestibular 2022/2
Para acessar o resultado, o candidato deverá clicar no link correspondente ao seu curso.

Inscrições do Vestibular 2022 da Uesb são prorrogadas até amanhã (18)
As provas do processo seletivo da Uesb serão aplicadas nos dias 05 e 06 de junho. Na ocasião, os participantes deverão responder 85 questões objetivas.

UEM libera 2ª chamada do Vestibular e do PAS 2021
Candidatos convocados devem solicitar matrícula pela internet entre hoje (16) e amanhã (17).

UEMA informa locais de provas do PAES 2022
Candidatos farão avaliação no próximo dia 22, das 13h às 18h.

Inscrições do Vestibular 2022/2 da UEG já podem ser feitas
Provas serão realizadas no dia 7 de agosto.

Pedidos de redução de taxa do Vestibulinho 2022/ já podem ser feitos
As Etecs vão disponibilizar computador e acesso à internet aos interessados na redução da taxa do Vestibulinho.

UFVJM (MG) recebe pedidos de isenção da taxa de inscrição do Sasi 2022
Instituição oferece isenção integral ou parcial. Solicitação pode ser feita até 7 de junho.