Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Inep nega erros na correção da redação do Enem 2020

Inep nega erros na correção da redação do Enem 2020

Órgão reafirmou que não há inconsistências nas notas disponibilizadas no último dia 29 na Página do Participante.

Publicado por Érica Caetano
07/04/2021 08h01 , atualizado em 07/04/2021 09h02

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeiria (Inep) comunicou, por meio de nota, que realizou nova averiguação nas provas de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e reafirmou que não há inconsistências nas notas disponibilizadas na Página do Participante.

As notas foram liberadas aos participantes em 29 de março.

Acesse aqui!

Ainda de acordo com o órgão, entre os dias 1º e 04 de abril, foram feitas novas verificações e, após análise realizada em toda a base de imagens de redações, confrontando o nome do participante com os códigos de barra impressos nas folhas de redação, não foram identificadas inconsistências e que as notas apresentadas na Página do Participante correspondem à realidade da nota atribuída pelos corretores dos textos. 

A folha de redação do Enem é personalizada e possui um código de barras atribuído individualmente a cada participante.

Também são impressas nela outras informações pessoais vinculadas ao participante, como nome completo, número de inscrição no exame, CPF e data de nascimento.

O Inep solicitou que a  Fundação Getulio Vargas (FGV), membro do consórcio aplicador responsável por operacionalizar as correções das redações do Enem, revisasse todas as imagens digitalizadas pela operação reversa do Consórcio Cesgranrio-FGV, contratado para operacionalização do Enem.

Foram realizadas as seguintes verificações:

  1. Importação da imagem na aplicação do robô de verificação;
  2. Identificação e separação da folha de redação de cada participante;
  3. Leitura do número de inscrição, presente no código de barras impresso em cada folha, realizada por meio do reconhecimento óptico de código de barras (BCR);
  4. Identificação do nome do participante impresso na folha de redação, realizada por meio do reconhecimento óptico de caracteres (OCR);
  5. Execução de pesquisa de dados do participante na base oficial de inscritos, a partir da inscrição obtida com o resultado da leitura do código de barras;
  6. Comparação do nome obtido a partir de pesquisa realizada na base de inscritos, com o nome existente na folha de redação.

Estudantes seguem inconformados

A edição de 2020 registrou somente 28 redações nota mil. Das 2,7 milhões de redações, menos de 30 textos alcançaram a nota máxima e 87 mil foram zerados.

Desde então, muitos participantes têm reclamado nas redes sociais de suas notas na redação, mesmo com as justificativas dadas pelo Inep e MEC.

Os estudantes alegam que a nota é muito baixa em relação aos anos anteriores, no caso de quem já tinha feito o Enem, e em relação a correções de colégios e cursinhos particulares.

Reprodução: Twitter
Reprodução: Twitter

O Inep já havia justificado e esclarecido na semana passada como é realizado o processo de correção das redações no Exame, para se chegar a nota final, onde reforçou que os textos dos participantes podem passar por até quatro correções para o cálculo da média final, o que correspondeu, nesta edição, a aproximadamente, sete milhões de análises dos textos válidos, sem contar as folhas em branco ou com texto insuficiente.

A nota da redação, pode variar de zero a 1.000 pontos e é atribuída de acordo com os critérios disponibilizados pelo Inep nos editais do exame, e também estão previstos na Cartilha de Redação do Enem 2020.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A redação é corrigida por, pelo menos, dois corretores, de forma independente, e cada um atribui uma nota entre zero e duzentos pontos para cada uma das cinco competências.

A nota total de cada corretor corresponde à soma das notas atribuídas a cada uma das competências.

Considerando que há discrepância entre dois corretores se suas notas totais diferirem por mais de cem pontos; ou a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a oitenta pontos; ou houver divergência de situação.

Nesses casos de discrepância entre as duas correções, a redação é corrigida, de forma independente, por um terceiro corretor.

Quando ocorre a discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores, a nota final do participante corresponde à média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem, sendo descartada a outra nota.

Contudo, se a nota total do terceiro corretor for equidistante das notas totais atribuídas pelos outros dois corretores, e, na impossibilidade de aproximação da nota atribuída pelo terceiro corretor com um dos outros dois, por não haver qualquer discrepância entre eles, a redação é corrigida por uma banca composta por três corretores, formada pelo supervisor e dois auxiliares, que atribui a nota final do participante, sendo descartadas as notas anteriores.

Entidades estudantis entram na Justiça

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) anunciou ontem, 06 de abril, que por falta de resposta tanto do Inep quanto do Ministério da Educação (MEC), sobre os devidos esclarecimentos a respeito das notas da redação do Exame de 2020, protocolou ação extrajudicial exigindo a divulgação dos espelhos das redações.

A UBE também pede que o prazo de inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), de 06 a 09 de abril, seja estentido até que tudo seja apurado.

Inscreva-se SiSU 2021/1

Veja passo a passo para se inscrever no SiSU

De acordo com o cronograma divulgado pelo MEC, a previsão é que os espelhos das redações sejam disponibilizados somente em 28 de maio.

Temas redação

A edição do Enem 2020 contou com três versões: o Enem impresso (1ª aplicação), o Enem impresso (reaplicação e para Pessoas Privados de Liberdade - PPL) e Enem Digital, as quais tiveram os seguites temas, respectivamente:

O balanço do Ministério da Educação (MEC) informou que do total de participantes que fizeram a redação do Exame, 87.567 tiraram zero na dissertação, o equivalente a 3,22%.

Dentre os motivos estão:

• Fuga ao tema - 0,93%
• Cópia do texto motivador - 0,46%
• Texto insuficiente - 0,19%
• Não atendimento ao tipo textual - 0,17%
• Parte desconectada - 0,17%
• Redações em branco - 1,12%
• Outros motivos - 0,17%

Saiba como é feita a correção da redação do Enem

Veja alguns estudantes que tiraram nota mil na redação do Enem 2020!

Ainda segundo o Inep, a nota média na redação foi de 588,74 pontos. O índice vai de 0 a 1.000.

Veja também

MEC prorroga inscrições para o SiSU 2021/1
Oferta é de mais 206 mil vagas, distribuídas em mais de 5,5 mil cursos de graduação de 109 instituições públicas

UFRR publica local de prova do Vestibular 2021
Provas estão marcadas para o dia 2 de maio, na capital Boa Vista

São Paulo: cursinho on-line 2021 oferece mil vagas gratuitas
Há vagas reservadas a pretos, pardos, indígenas, pessoas trans e com deficiência

IFAC está com inscrições abertas para o Vestibular 2021/1 via Enem
Instituto decidiu realizar vestibular e não participar do SiSU 2021/1.

UFT divulga resultado do Vestibular 2021/1 via Enem
Convocados devem fazer matrículas na semana que vem, entre os dias 12 e 14 de de abril

Confira notas de corte do SiSU 2021/1 desta quinta-feira (8)
Para curso de Medicina, que é o mais procurado do sistema de seleção, notas de corte variam entre 794 e 869

UFMG libera resultado da 1ª fase do Vestibular 2021 de Habilidades Específicas
Nesta fase, estudantes foram avaliados pelas notas do Enem 2020. Convocados farão, agora, provas de aptidão.

Segunda chamada do Vestibular 2021 da UEMS é liberada
Estudantes aprovados já podem se matricular pela internet. Matrículas encerram dia 13 de abril.

UFU divulga resultado do Vestibular EaD 2021
Estudantes que concorreram às mais de 200 vagas somente foram avaliados pela internt

IFMG solta resultado do Vestibular 2021
Candidatos foram avaliados por meio das notas do Enem 2018 a 2020

SiSU 2021/1 exige média acima de 730 no Enem para passar em Medicina
Dados foram divulgados hoje, segundo dia de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada

Curso de redação gratuito da USP está com inscrições abertas
Podem participar alunos de ensino médio e vestibulandos de todo Brasil, sendo prioritário a participação de estudantes em maior situação de vulnerabilidade social, educacional e racial.