Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Enem
  3. SiSU
  4. Como se inscrever no SiSU

Como se inscrever no SiSU

Estudantes que fizeram o último Enem e não zeraram a redação podem fazer a inscrição no SiSU

Publicado por Wanja Borges
SiSU 2020 usará as notas do Enem 2019
SiSU 2020 usará as notas do Enem 2019

Depois de dedicar horas, dias e meses aos estudos, responder às 180 questões objetivas e elaborar a redação do tão esperado Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), chegou a hora de se candidatar ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Mas o que fazer? Essa é uma das principais perguntas feitas pelos jovens estudantes. Pensando nisso, o Mundo Educação preparou um passo a passo de como se inscrever no SiSU.

As inscrições para o SiSU abrem semestralmente, sem cobrança de taxa.

Como se inscrever no SiSU

1) Verifique as datas

Em primeiro lugar, é preciso verificar o prazo de inscrições do SiSU no site sisu.mec.gov.br. Para a 2ª edição de 2020 as inscrições serão recebidas entre 7 e 10 de julho.

O Mundo Educação recomenda que o estudante não deixe para se inscrever de última hora. Em razão da grande quantidade de acessos simultâneos, o sistema pode enfrentar problemas, como lentidão ou interrupção da inscrição, durante alguma etapa do processo.

2) Faça o login no SiSU

Se o estudante participou do Enem 2019 e obteve nota superior a zero na redação, ele já está apto para participar do SiSU 2020/2 Basta informar o número de inscrição e senha do Enem no site sisu.mec.gov.br. Caso o estudante tenha esquecido tais informações, elas podem ser recuperadas na Página do Participante do Enem. As informações pessoais do candidato também devem ser confirmadas e/ou alteradas nesta etapa.

Saiba como recuperar a senha do Enem

Página inicial do SiSU 2020

3) Escolha os cursos

Na tela “minha inscrição”, o candidato poderá escolher até duas opções de cursos, por prioridade, na mesma instituição ou em universidades diferentes. Para fazer a primeira escolha, basta clicar em “fazer inscrição na 1ª opção”. A pesquisa de vagas pode ser feita por nome do município, instituição ou curso. Após selecionar a opção, basta clicar em “escolher este curso” para continuar. 

Clique na imagem para ampliar

4) Indique a modalidade de concorrência

Nesta fase, o candidato deverá indicar se ele irá participar do SiSU pelas vagas de ampla concorrência, pela Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) ou pelas políticas afirmativas das instituições. No caso das universidades e institutos federais, os alunos de escola pública que se candidatarem às vagas reservadas serão divididos em grupo e subgrupos, conforme renda familiar e raça. Clique em “escolher esta modalidade” para continuar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Sistema divide as vagas por modalidade de concorrência

5) Confirme sua escolha

Uma tela com informações sobre o curso, modalidade escolhida e documentação para matrícula, caso o candidato seja selecionado, será exibida. Se os dados estiverem corretos, basta clicar em “confirmar minha inscrição” para finalizar a primeira escolha. Para escolher a segunda opção de curso, o estudante deverá repetir os passos anteriores.

É importante o candidato verificar se possui toda a documentação exigida

Como algumas universidades definem notas mínimas para a inscrição de candidatos em determinados cursos, pode ser que alguns estudantes se deparem com uma mensagem no sistema informando a impossibilidade de disputar determinada vaga. Nesse caso, ele poderá escolher outra opção na mesma hora. 

6) Verifique as notas de corte

O sistema divulga, diariamente durante o período de inscrição, notas de corte parciais de cada curso. Assim, os candidatos têm a opção de mudar sua opção de curso, caso constate que não possui chances de ser selecionado para o curso informado anteriormente. 

A vantagem do SiSU é que o estudante pode alterar suas opções de curso quando e quantas vezes quiser, desde que o prazo de inscrições ainda esteja aberto. Entretanto, somente a última alteração realizada será validada.

Resultado do SiSU

O resultado do SiSU 2020/2 é esperado para o dia 14 de julho. A matrícula deverá ser feita entre os dias 16 e 21 de julho, de forma online, no site das instituições. Essa medida foi tomada por conta da pandemia de coronavírus.

Lista de espera

Quem não conseguir a aprovação em nenhuma das opções de curso pode participar da Lista de Espera do SiSU, cujas inscrições ocorrem entre os dias 14 e 21 de julho . As instituições participantes do SiSU poderão divulgar quantas chamadas forem necessárias, nos seus sites.

Existem também outras opções para quem não passou no SiSU. Boa sorte!

Assista às nossas videoaulas

Veja também

Inep contrata gráfica para o Enem 2020
Provas impressas somente serão aplicadas em 2021, nos dias 17 e 24 de janeiro

Confira resultado do Fies 2020/2
Pré-selecionados devem complementar informações da inscrição no sistema do Fies de hoje até a próxima quinta-feira, 6 de agosto

MEC divulga 2ª chamada do ProUni 2020/2
Convocados precisam confirmar informações prestadas no momento da inscrição até o dia 11 de agosto

Já estão abertas as inscrições do Vestibular 2020/2021 do IME
Os interessados podem se inscrever até 18 de agosto. Previsão é que provas sejam aplicadas este ano.

FGV dá início ao prazo de inscrições dos seus Vestibular 2021 com provas virtuais
Inscrições são para seletivas do Vestibular Unificado, Direito/SP e Economia/SP. O ingresso pode ser feito por provas on-line e via Enem.

Einstein (SP) aplica provas do Vestibular 2020/2 de Enfermagem
Interessados nas 30 vagas deverão usar máscara obrigatoriamente. Provas terão questões objetivas e discursivas e uma redação.

ITA recebe inscrições para Vestibular 2021
Provas da primeira fase serão aplicadas no dia 20 de novembro e as da segunda, nos dias 8 e 9 de dezembro

UEPG dá início ao 2º prazo de inscrições do PSS 2020
Pedidos de isenção serão recebidos de hoje até o dia 10 de setembro. As provas estão agendadas para janeiro do ano que vem mas podem sofrer alteração na data conforme estiver a pandemia do novo coronavírus.

Pré-Enem 2020 gratuito em Brasília está com inscrições abertas para turmas on-line
Aulas devem começar no dia 31 de agosto e serão ministradas a distância por meio de plataformas como o Zoom

Paraná: UEL divulga novo formato do Vestibular 2021
Modelo foi adotado por causa da pandemia do coronavírus. Principal novidade é que provas serão aplicadas somente em março de 2021.

Insper (SP) publica resultado da 1ª fase do Vestibular 2020/2
Aprovados para a segunda fase terão que agendar as datas das avaliações, que poderão ser feitas entre 1 e 11 de agosto.

Inep divulga novos editais do Enem 2020 com medidas preventivas à Covid 19
Além das orientações para a prevenção, os documentos também formalizam as novas datas anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) para a aplicação das provas impressas e digitais.