Logo Super Vestibular

Ciência Política

O profissional formado em Ciência Política possui uma vasta gama de opções para atuar após a conclusão do curso, tanto na esfera pública quanto privada

Publicado por Érica Caetano
Cientistas políticos costumam prestar consultorias para políticos e empresários
Cientistas políticos costumam prestar consultorias para políticos e empresários

Anteriormente conhecido somente como uma área de atuação do profissional da graduação de Ciências Sociais, a Ciência Política não tinha reconhecimento como curso superior efetivamente. No entanto, isso mudou e já é possível encontrar a oferta deste com curso de graduação nas principais universidades do país como, por exemplo, na Universidade de Brasília (Unb).

A carreira na área de Ciência Política é bastante desenvolvida nos Estados Unidos e em alguns países europeus. Apesar de no Brasil não haver tanta tradição no curso, sua demanda vem crescendo a cada dia e, mesmo sendo um campo de conhecimento específico, o curso abrange várias áreas de conhecimento dentro das Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Ao contrário do que muitos pensam, o curso não se trata somente de questões políticas da atualidade e nem de discussões de opiniões políticas, mas sim de um estudo mais aprofundando e de forma científica que capacita entender as relações de poder e toda a hierarquia existente nelas.

O Cientista Político estuda e analisa as teorias e comportamentos dos sistemas políticos, ou seja, avalia o funcionamento político em todos os âmbitos, incluindo políticas públicas para determinada população, as relações de transformações e estrutura dos sistemas, regimes políticos e etc.

Público-alvo

Não há um perfil particular para quem deseja estudar a graduação de Ciência Política, já que o curso estuda cientificamente os temas presentes na vida de todas as pessoas. Entretanto, é importante que o estudante tenha gosto pela leitura, pois a carga de textos e livros é bem pesada durante todo o curso.

Curso

Como já citado anteriormente, apesar de o curso de Ciência Política ser um campo de conhecimento específico, ele abrange várias áreas de conhecimento, tais como: Sociologia, Relações Internacionais, Economia, Antropologia, História e Direito. Também são cursadas disciplinas de todos esses cursos. Dentro da grade própria da Ciência Política, estuda-se a política entendida de maneira ampla, ou seja, partidos políticos, instituições e governo, políticas públicas, história política do Brasil e etc. 

Na UnB, por exemplo, existe um curso específico de Ciência Política. Na maioria das federais, entretanto, o estudante ingressa na carreira de Ciências Sociais e nos últimos anos pode direcionar sua formação para os bacharelados em Sociologia e Antropologia. Na Universidade de São Paulo (USP), Ciência Política faz parte da grande de disciplinas obrigatórias do curso de Ciências Sociais.

Duração média
Em média: 8 semestres (4 anos)

Mercado de Trabalho
Mesmo com pouco reconhecimento e demanda, há algumas boas opções de atuação na carreira de Ciência Política. As disciplinas vistas durante o curso proporcionam uma boa base para concursos públicos, especialmente para cargos de gestores de políticas públicas, mas há também a possibilidade do cientista político atuar como autônomo, prestando consultorias e assessorias para empresas e pessoa física. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Formas de Atuação
O cientista político poderá trabalhar em diferentes segmentos relacionados à área, tanto em empresas privadas quanto públicas, além de educacionais, governamentais e segmentos do Terceiro Setor, sem contar a vasta gama de opções de concursos públicos, como citado. A atuação fora do meio educacional em grande parte das vezes se dá por meio de consultorias, projetos, estudos, planejamentos ou, ainda, como pesquisadores. A graduação também abre caminhos para carreira diplomática.

Campos de Atuação

Cientista Político
(Analisando as instituições políticas bem como os seus respectivos comportamentos, além de políticas públicas utilizadas para determinada população);

Diplomacia
(Representando o país em outras nações e atuando na negociação de acordos entre eles, dando suporte em viagens internacionais a representantes políticos, obtendo informações importantes ligadas à questões de política externa);

Lecionando aulas
(Atuando como professor de curso superior, coordenando cursos de graduação e pós-graduação);

Cientista Social
(Acompanhamento, estudo, análise e avaliação referente aos acontecimentos ou ainda sobre as ocasiões e comportamentos de determinado grupo social e a relação com os demais aspectos da sociedade levando em conta as políticas públicas);

Consultorias
(Atuando no acompanhamento e avaliação de estatísticas, pesquisa e planejamentos de questões ligadas à área política de determinado órgão ou pessoa física);

Terceiro Setor
(Acompanhamento, avaliação e administração de questões referentes às atividades políticas e sociais);

Regulamentação da profissão
A profissão de Cientista Político está vinculada ao curso de Ciências Sociais, já que não há a sua própria regulamentação. Ainda se discute a regulamentação com conselhos específicos para cada uma das áreas que englobam as Ciências Sociais. No entanto, não há nada de efetivo até o momento. Já a profissão de Sociólogo é regulamentada pela Lei nº 6.888, de 10 de dezembro de 1980 e Decreto nº 89.531/84. 

Remuneração média
O salário inicial médio de um cientista político varia muito, já que há uma vasta gama de segmentos. No entanto, os salários de recém-formados em Ciência Política giram em torno de R$ 1.500 a R$ 2.000, conforme o segmento em que se atua.

Exigências para o exercício da profissão
Para o exercício da profissão não é exigido atualmente do profissional em Ciência Política o seu diploma de graduação, já que em muitas universidades há somente esta disciplina dentro da graduação de Ciências Sociais. O mesmo acontece com o Conselho, que ainda não existe de forma específica e está em fase de discussão sobre a sua criação.

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como profissional em Ciência Política ou estudante da área. Conte-nos!

Veja também

Emescam (ES) inscreve para Vestibular 2020/2 de Medicina via Enem
Interessados nas 70 vagas serão avaliados pelas notas das edições de 2018 ou 2019 do exame educacional

ESPM prorroga inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Candidatos vão concorrer a 256 vagas nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

SiSU: cursos EaD também serão oferecidos
Até a última edição do Sistema de Seleção Unificada somente eram disponibilizados cursos presenciais

USCS (SP) cancela provas para Medicina e fará seleção via Enem
Processo seletivo que seria organizado pela Vunesp foi cancelado e vagas do vestibular serão ofertadas via Enem

Inscrições do Enem 2020 são prorrogadas
Datas de aplicação das provas do Enem 2020 impresso e digital foram adiadas de 30 a 60 dias em relação às datas que foram divulgadas nos editais.

UFRGS adia Vestibular 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus
As provas do Vestibular 2021 da UFRGS estavam previsto de acontecerem nos dias 28 e 29 de novembro e 05 e 06 de dezembro.

UFPR anuncia adiamento do Vestibular 2020/2021 em razão do novo coronavírus
Medida foi tomada pelas condições em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, as provas objetivas do Vestibular serão realizadas somente ano que vem.

Coronavírus: Unitau (SP) suspende inscrições do Vestibular de Inverno 2020 de Medicina
Oferta seria de 80 vagas e Vestibular contaria com duas fases. Suspensão do processo seletivo se deve pela pandemia do novo coronavírus.

Inep anuncia que provas do Enem 2020 serão adiadas
Órgão informou que, por causa da pandemia do coronavírus, agora provas serão realizadas de 30 a 60 dias depois do que estavam previstas

Projeto de Lei que adia o Enem 2020 é aprovado pelo Senado
Agora, o Projeto de Lei que foi aprovado por 75 votos a favor e 1 contra, irá para a Câmara dos Deputados.

Na Bahia, Unifacs inscreve para Vestibular 2020/2
Por causa da pandemia do coronavírus, os estudantes serão selecionados pelas notas do Enem

UVV, no Espírito Santo, recebe inscrições para Vestibular 2020/2
Candidatos serão avaliados pelas notas do Enem e por uma seleção no estilo game