Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem 2019: notas erradas podem atingir até 30 mil estudantes

Enem 2019: notas erradas podem atingir até 30 mil estudantes

O Instituto informou, na noite de ontem, que todos os candidatos que se sentiram lesados e quisessem questionar a correção das provas do Enem 2019 deveriam enviar um e-mail específico até às 10h de hoje.

Publicado por Érica Caetano
20/01/2020 10h09 , atualizado em 20/01/2020 12h44

No último sábado, 18 de janeiro, um dia após a divulgação do resultado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou que parte das notas do Exame haviam sido disponibilizadas com erro. 

Num primeiro momento, foi divulgado que o problema estava relacionado às provas do segundo dia, ou seja, nas provas de Matemática e Ciências da Natureza. Mas, de acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), já identificou que as provas do primeiro dia (Linguagens, Ciências Humanas e Redação) também sofreram erros.

O Inep informou num primeiro momento que os erros alcançariam menos de 1% dos participantes, o que representaria menos de 30 mil estudantes, não chegando nem a 9 mil pessoas. Segundo o governo, o erro foi da gráfica que passou a imprimir as provas no ano passado.

Contudo, os números foram estimados com base na informação de que apenas as provas do segundo dia tivessem sido afetadas. O MEC ainda não informou o número total de alunos atingidos pela falha.

O Instituto informou, na noite de ontem, dia 19, via rede social, que todos os candidatos que se sentiram lesados e quisessem questionar a correção das provas do Enem 2019 deveriam enviar um e-mail para o endereço enem2019@inep.gov.br até às 10h de hoje, 20 de janeiro, detalhando a situação em que se encontram e informando nome completo e CPF. O órgão ainda reforçou que está em seus planos estender o prazo já finalizado.

Também divulgou que será realizada hoje, às 19h, uma coletiva de imprensa para apresentar detalhes da força-tarefa aplicada para avaliação do resultado do Enem 2019.

Como foi o Enem 2019?

O primeiro dia contou com provas de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e a Redação, cujo tema foi “Democratização de acesso ao cinema no Brasil”. Professores de redação destacaram o que poderia ter sido abordado na produção textual

No segundo dia, foi a vez de provas de Ciências da Natureza e de Matemática. Professores comentaram que, neste dia, o nível das questões foi mais elevado

Baixe as provas e os gabaritos

Veja a correção comentada

No total, houve 5,1 milhões de inscritos no Enem 2019, mas 23% faltaram no primeiro dia de provas e 27%, no segundo. Esta foi a edição com menor índice de ausentes da história.

Entre os que compareceram às provas, 376 participantes foram eliminados por algum tipo de violação ao regimento do exame como, por exemplo, recusa de coleta da biometria.

As provas também foram reaplicadas para candidatos que se sentiram prejudicados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que fazer com as notas do Enem 2019?

Com as notas do Enem 2019 em mãos, os estudantes poderão participar de vários processos seletivos para ingresso no ensino superior. Confira os principais:

SiSU

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) oferece vagas em instituições de ensino públicas. Os interessados são selecionados pelo desempenho no Enem. Os pesos e as notas mínimas variam conforme o curso de escolha. 

As inscrições para o SiSU 2020/1 poderão ser feitas de 21 a 24 de janeiro. O resultado sairá no dia 28 deste mês. Serão disponibilizadas 237.128 vagas em 128 instituições de ensino. 

Pequise as vagas e cursos que serão oferecidos no SiSU 2020/1

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) conta com bolsas de estudo integrais e parciais em instituições de ensino particulares. A seleção é feita pelas notas do Enem e por análise de renda. 

As inscrições para o ProUni 2020/1 poderão ser feitas de 28 a 31 de janeiro. A lista de aprovados na primeira chamada sairá no dia 4 de fevereiro. A quantidade de bolsas também não foi divulgada. 

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) disponibiliza financiamentos de cursos em universidades privadas. Há duas modalidades: Fies Fundo Garantidor, com juro zero, e P-Fies, com juros estalecidos pelos bancos.

Para se inscrever no Fies é preciso ter feito qualquer edição do Enem entre 2020 e 2019 e obtido média de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Há também critérios de renda. Em 2020, serão ofertadas 100 mil vagas. O cronograma ainda não foi liberado. 

Confira o que é necessário para se inscrever no Fies

Vestibulares

Várias universidades públicas e privadas brasileiras usam as notas do Enem como modalidade de seleção. Geralmente, são divulgados editais específicos nos sites da instituições. 

Portugal

Estudantes que fizeram o Enem também podem aproveitar para usar as notas em processos seletivos de universidades portuguesas. Ao todo, 47 instituições já aderiram às notas do Enem. Os estudantes precisam arcar com os custos.

Para mais informações, acesse o Edital do Enem 2019.

Enem 2020

Em julho de 2019, o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que o Enem 2020 terá aplicação digital em fase piloto. Segundo ele, a implantação será feita de forma progressiva e com previsão do Enem Digital estar consolidado em 2026. 

A ideia é que, no momento da inscrição, os estudantes optem pela aplicação piloto no modelo digital ou pela tradicional prova em papel. No primeiro ano de teste, a previsão é que o modelo digital seja aplicado para 50 mil pessoas em 15 capitais do país.

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.