Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Critérios do Fies 2016 são definidos pelo MEC

Critérios do Fies 2016 são definidos pelo MEC

Estão entre as mudanças desta edição, a utilização do IDH do local onde a instituição de ensino funciona

Publicado por Érica Caetano
14/12/2015 08h18 , atualizado em 14/12/2015 11h26

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na manhã de hoje, 14 de dezembro, por meio do Diário Oficial da União (D.O.U.) os critérios do Processo Seletivo de 2016 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). De acordo com o documento, estão entre as mudanças desta edição a utilização do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do local onde a instituição de ensino funciona.

Acesse a publicação no Diário Oficial!

Serão considerados os IDHs das microrregiões, ou seja, os locais com IDH mais baixos receberão uma pontuação maior, sendo mais cotados para a oferta do Fies. E aquelas microrregiões que tiverem mais participantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) também terão vantagem, já que para o órgão, elas possuem mais candidatos em potencial para o ingresso nas vagas oferecidas.

Entenda o que é IDH

Anteriormente, foram priorizadas as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, exceto o Distrito Federal. Agora, com as alterações, as microrregiões com IDH-M mais baixos receberão pesos maiores e, consequentemente serão mais cotadas para a oferta do Fies. 

A oferta de vagas será feita por meio da soma de 70% do Coeficiente de Demanda por Educação Superior (CDES) e de 30% do Coeficiente de Demanda por Financiamento Estudantil (CDFE), aplicado o peso definido para cada microrregião e considerado as faixas de IDH-M.

Em relação ao conceito dos cursos, a divisão do Fies 2016 ficará assim: 35% dos financiamentos para cursos com conceito 5 (máximo); 30% dos cursos com financiamento 4; 25% com conceito 3; e 10% dos financiamento serão liberados para cursos recém-autorizados.

Demais regras

Além da utilização do IDH, as demais regras definidas no ano passado continuam e algumas delas com alguns ajustes. Para se inscrever no programa os interessados precisam estar matriculados em uma instituição de ensino superior particular cadastrada no Fies e com conceito positivo na avaliação do MEC. O estudante deve informar e comprovar a renda per capita do grupo familiar, que não pode exceder o valor referente a 2,5 salários-mínimos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aqueles que pleitearem o financiamento precisam ter alcançado média superior a 450 pontos no Enem, sem ter zerado a redação, considerando as edições a partir de 2010. Tudo indica que para a edição de 2016 a exigência também incluirá professores permanentes de escolas públicas, em efetivo exercício de magistério da educação básica, além das pessoas que concluíram o ensino médio antes de 2010. Até a edição do ano passado, para estes dois últimos casos não se exigia o Exame, sendo exceções. 

Os cursos com conceito 5 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) disponibilizarão até 50% das vagas; com conceito 4 até 40%; e com conceito 3 até 30% ou recém-autorizados disponibilizarão até 25%. No ano passado estes cursos ofereceram 100%, 75% e 50% das oportunidades, respectivamente. 

Cursos voltados para a formação de professores (licenciaturas, pedagogia ou normal superior), além das engenharias e as graduações voltados para a área da saúde são priorizados pelo Programa e corresponderão a 70% das vagas por microrregião.

Para obter a contratação do serviço é necessário a apresentação de um ou mais fiador, podendo ser a fiança convencional ou solidária. São dispensados da exigência de fiador os alunos bolsistas parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni), os alunos matriculados em cursos de licenciatura e os estudantes que tenham renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo.

Amortização

O prazo para início do pagamento da dívida é de 18 meses após a conclusão do curso. Até a última edição, a taxa de juros do financiamento era fixada em 6,5% ao ano. Ainda não há informações no momento se ela sofrerá alguma alteração. Já as faculdades precisarão dar desconto de, pelo menos, 5% no valor da mensalidade para contemplados pelo Fies.

As datas de inscrições e demais cronograma do Fies 2016 ainda não foi divulgada, mas isto deverá acontecer em breve.

Veja também

Enem 2021: participantes passam pelas provas de Ciências da Natureza e Matemática neste domingo (28)
Os testes começam a ser realizados às 13h30, mas terminam mais cedo que o primeiro dia, às 18h30.

São Paulo: Vestibular 2022/1 on-line do Insper começa nesta segunda-feira (29)
Processo seletivo oferece 600 vagas em cursos como Administração, Direito e Engenharias

UnB abre inscrições para PAS 2021
Participantes farão provas em janeiro ou fevereiro de 2022, conforme etapa na qual se encontram

Uepa prorroga inscrições para Vestibular 2022
Os candidatos deste processo seletivo serão selecionados por análise das notas do Enem 2021, cujas provas já estão sendo realizadas.

Resultado do Vestibular 2022 da PUC Minas é publicado
Os selecionados deverão realizar matrículas entre os dias 1º e 02 de dezembro, das 8h às 19h. 

ESPM publica resultado do Vestibular 2022/1
Processo seletivo ofereceu vagas em cursos ministrados nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

UEA recebe pedidos de isenção de taxa do SIS e Vestibular 2021/2022
Os interessados podem solicitar a gratuidade até a próxima segunda-feira, dia 30, às 17h, tanto para o SIS quanto para o Vestibular.

Facape (PE) solta resultado do Vestibular 2022/1
Candidatos às mais de 500 vagas foram avaliados pelas notas do Enem ou do histórico escolar

UEMG realizará Vestibular próprio novamente a partir de 2022
Instituição havia extinto processos seletivos em março de 2019 para usar somente notas do Enem

UFPA divulga resultado dos pedidos de isenção de taxa do Vestibular 2022
Inscritos neste processo seletivo serão selecionados pelas notas do Enem 2021. Primeiro dia do exame educacional foi no último domingo (21).

Unioeste (PR) anuncia datas e informações do Vestibular 2022
Processo seletivo será realizado apenas em 2022. Previsão é que provas sejam aplicadas em julho.

Udesc recebe inscrições do Vestibular de Verão 2022
Interessados em participar podem se inscrever até o dia 17 de janeiro de 2022 e não há cobrança de taxa.