Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem será utilizado por todas as universidades federais

Enem será utilizado por todas as universidades federais

Na maior parte delas, notas obtidas no Exame substituem o vestibular tradicional.

Publicado por Wanja Borges
17/05/2014 11h19 , atualizado em 19/05/2014 09h23

Desde o ano passado, 15 anos após sua criação, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já está sendo utilizado por todas as universidades federais do Brasil, seja total ou parcialmente. Na maior parte delas, as notas obtidas no Exame substituem o vestibular tradicional. Neste caso, as vagas são preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Confira a lista de adesão completa

As instituições também utilizam o desempenho obtido pelo candidato no Enem para vagas remanescentes, complementação de nota e como uma fase do vestibular. Em alguns casos, a universidade aproveita o Exame, mas não utiliza o SiSU, principalmente em cursos que exigem habilidades específicas.

Só no ano de 2014, mais 10 universidades federais aderiram ao Enem como forma de ingresso. São elas: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Federal do Amapá (Unifap), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade de Brasília (UnB). 

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi a última instituição federal da Região Nordeste a aderir ao Enem/SiSU. A adesão integral ao Sistema, em substituição ao vestibular tradicional, foi anunciada no dia 03 de abril. A última novidade foi sobre a Universidade Federal de Goiás (UFG), que anunciou nesta sexta-feira, 16 de maio, a adesão integral ao SiSU, a partir do Vestibular 2015/1. A UFG já aproveitava as notas do Enem desde o Vestibular 2011, mas de forma parcial. 

Além disso, a Universidade da Beira Interior (UBI), em Covilhã, e a Universidade de Coimbra (UC), em Portugal, também decidiram utilizar o Enem para a seleção de brasileiros. O Exame também está sendo adotado, gradativamente, pela universidades estaduais e institutos federais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O Exame
As inscrições para o Enem 2014 estão abertas até o próximo dia 23, mediante taxa de R$ 35. Até as 16h de ontem, 3.038.209 inscrições foram recebidas, sendo 476.061 de candidatos paulistas. Segundo recomendações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até 9h, entre 14h e 17h e após as 21h, o número de acessos ao sistema de inscrições é menor, o que evita congestionamento e lentidão. A expectativa do órgão é de que R$ 8,2 milhões de estudantes se inscrevam na edição deste ano. 

Inscreva-se no Enem 2014

Tire suas dúvidas sobre como se inscrever no Enem

As provas serão aplicadas no mês de novembro, mais precisamente nos dias 08 e 09, em decorrência das eleições presidenciais que ocorrerão em outubro. Sabadistas poderão fazer o Exame no dia 08 às 19h (horário de Brasília), com exceção dos candidatos dos estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia, que poderão realizar os testes do primeiro dia às 19h do seu horário local, devido ao horário de verão.

A inscrição no Enem 2014 permite que o candidato participe, ainda, do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), para cursos técnicos; do Programa Universidade para Todos (ProUni); do Programa Ciência sem Fronteiras; e solicite financiamento estudantil em uma universidade privada por meio do Fies; consiga certificado de conclusão do ensino médio (desde que a opção tenha sido feita no ato da inscrição do Enem) e intercâmbio de línguas. Detalhes podem ser obtidos no Edital.

Veja também

IFMS recebe inscrições de vagas remanescentes via Enem
A seleção será feita mediante a nota mais alta alcançada pelo candidato na prova do Enem dos anos de 2019, 2018 ou 2017.

2ª chamada do Vestibular de Inverno 2020 da PUC-Rio é liberada
Matrículas dos calouros são virtuais e seguem até 17 de agosto. Seleção foi realizada com o Enem.

Enem 2020: mais de 47 mil pessoas terão atendimento especializado nas provas
Inep, que organiza o exame educacional, explicou como será aplicação de provas para grávidas, lactantes, idosos, surdos, cegos, entre outros

Resultado do Vestibular 2020/2 de Enfermagem da Faculdade Einstein (SP) é divulgado
Candidatos aprovados estão recebendo por e-mail as orientações para a matrícula, que será ainda nesta semana.

Provas do Vestibular 2020/2 da URCA (CE) são adiadas por conta do coronavírus
Provas estavam agendadas para os próximos dias 15 e 16 de agosto em seis cidades do estado. Novo cronograma deve ser liberado em breve.

Resultado do Vestibular 2020/2 EaD da UEPG está disponível
Para participar, os concorrentes precisaram apresentar o histórico escolar do ensino médio. A seleção foi feita por meio de análise das notas e a classificação por ordem decrescente das notas. 

UFGD, no MS, muda cronograma do Vestibular 2021
Instituição fez alteração com o objetivo de diminuir risco de contaminação pelo coronavírus para os candidatos

Pré-vestibular gratuito 2020 em Limeira (SP) inscreve para turmas on-line
Oferta é de 500 vagas. Aulas serão ministradas pela Unicamp em salas virtuais.

No RS, UFPel recebe inscrições para Vestibular EaD 2020/2
Interessados nas mais de 800 vagas serão selecionados por meio de uma redação, que deverá ser produzida e enviada pela internet

UEL recebe pedidos de isenção e redução de taxa do Vestibular 2021
O benefício da isenção total ou desconto parcial vai depender da renda do candidato. Os estudantes deverão se inscrever entre os dias 14 de setembro a 30 de outubro.

UERJ divulga novo cronograma de reclassificações do Vestibular 2020
O calendário foi suspenso antes da matrícula dos aprovados na 2ª reclassificações em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Fatecs (SP) divulgam resultado do Vestibular 2020/2
Devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) as matrículas deverão ser realizadas on-lin, através do link informado pelas Fatecs.