Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem será utilizado por todas as universidades federais

Enem será utilizado por todas as universidades federais

Na maior parte delas, notas obtidas no Exame substituem o vestibular tradicional.

Publicado por Wanja Borges
17/05/2014 11h19 , atualizado em 19/05/2014 09h23

Desde o ano passado, 15 anos após sua criação, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já está sendo utilizado por todas as universidades federais do Brasil, seja total ou parcialmente. Na maior parte delas, as notas obtidas no Exame substituem o vestibular tradicional. Neste caso, as vagas são preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Confira a lista de adesão completa

As instituições também utilizam o desempenho obtido pelo candidato no Enem para vagas remanescentes, complementação de nota e como uma fase do vestibular. Em alguns casos, a universidade aproveita o Exame, mas não utiliza o SiSU, principalmente em cursos que exigem habilidades específicas.

Só no ano de 2014, mais 10 universidades federais aderiram ao Enem como forma de ingresso. São elas: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Federal do Amapá (Unifap), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade de Brasília (UnB). 

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi a última instituição federal da Região Nordeste a aderir ao Enem/SiSU. A adesão integral ao Sistema, em substituição ao vestibular tradicional, foi anunciada no dia 03 de abril. A última novidade foi sobre a Universidade Federal de Goiás (UFG), que anunciou nesta sexta-feira, 16 de maio, a adesão integral ao SiSU, a partir do Vestibular 2015/1. A UFG já aproveitava as notas do Enem desde o Vestibular 2011, mas de forma parcial. 

Além disso, a Universidade da Beira Interior (UBI), em Covilhã, e a Universidade de Coimbra (UC), em Portugal, também decidiram utilizar o Enem para a seleção de brasileiros. O Exame também está sendo adotado, gradativamente, pela universidades estaduais e institutos federais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O Exame
As inscrições para o Enem 2014 estão abertas até o próximo dia 23, mediante taxa de R$ 35. Até as 16h de ontem, 3.038.209 inscrições foram recebidas, sendo 476.061 de candidatos paulistas. Segundo recomendações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até 9h, entre 14h e 17h e após as 21h, o número de acessos ao sistema de inscrições é menor, o que evita congestionamento e lentidão. A expectativa do órgão é de que R$ 8,2 milhões de estudantes se inscrevam na edição deste ano. 

Inscreva-se no Enem 2014

Tire suas dúvidas sobre como se inscrever no Enem

As provas serão aplicadas no mês de novembro, mais precisamente nos dias 08 e 09, em decorrência das eleições presidenciais que ocorrerão em outubro. Sabadistas poderão fazer o Exame no dia 08 às 19h (horário de Brasília), com exceção dos candidatos dos estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia, que poderão realizar os testes do primeiro dia às 19h do seu horário local, devido ao horário de verão.

A inscrição no Enem 2014 permite que o candidato participe, ainda, do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), para cursos técnicos; do Programa Universidade para Todos (ProUni); do Programa Ciência sem Fronteiras; e solicite financiamento estudantil em uma universidade privada por meio do Fies; consiga certificado de conclusão do ensino médio (desde que a opção tenha sido feita no ato da inscrição do Enem) e intercâmbio de línguas. Detalhes podem ser obtidos no Edital.

Veja também

Mackenzie solta resultado do Vestibular EaD 2021/2
Convocados para as mais de 18 mil vagas devem fazer registro acadêmico pela internet até dia 21 de maio

Etecs (SP) liberam resultado dos pedidos de redução do Vestibulinho 2021/2
Prazo de inscrições para seleção das Escolas de Tecnologia do Estado de São Paulo segue até 2 de junho

PUC Goiás está com inscrições abertas para Vestibular 2021/2
Universidade oferece 3.464 vagas em cursos de graduação das áreas de exatas, humanas e biológicas

Inscrições do Vestibular de Inverno 2021 da UCS (RS) são recebidas
No total, somando todas as formas de ingresso, a oferta de vagas da UCS é de mais de 5,7 mil vagas.

FGV encerra inscrições para Vestibular 2021/2 de Administração
Processo seletivo terá duas etapas. Provas serão aplicadas pela internet, por meio de plataforma específica.

PUCPR está com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2021
As taxas de inscrição possuem valores diferentes conforme a modalidade de ingresso, sendo que para aqueles que escolherem o desempenho do Enem, são gratuitas.

Mackenzie está com inscrições abertas para o Vestibular 2021/2
Estão sendo ofertadas mais de 2,3 mil vagas no Vestibular 2021/2. As oportunidades são para os campi Higienópolis e Alphaville. 

Pedidos de isenção de taxa da SASI 2020 da UFVJM são recebidos
Estão sendo oferecidas pela UFVJM  594 vagas na SASI 2020. Desse total, metade são para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas.

USF está com inscrições abertas para o Vestibular 2021/2 de Medicina
Devido a pandemia de Covid-19, a USF não realizará provas. Os inscritos serão avaliados exclusivamente pelas notas do Enem. 

IFF publica 1ª reclassificação do Vestibular 2021/1
Convocados deverão se matricular na próxima quarta e quinta-feira, 12 e 13.

Reitora da UFRJ afirma que universidade pode fechar em julho
Instituição federal fluminense sofreu cortes sucessivos do Governo Federal

Pré-vestibular social do Cederj inscreve para mais de 6 mil vagas gratuitas
Aulas são voltadas ao Enem 2021 e vestibulares do estado do Rio de Janeiro, como o da UERJ e Cederj