Logo Super Vestibular
Whatsapp icon Whatsapp
  1. Home
  2. Notícias
  3. Sistema do Fies já tem mais de 196 mil contratos

Sistema do Fies já tem mais de 196 mil contratos

Os números foram publicados em primeiro balanço realizado pelo Ministério da Educação (MEC)

Publicado por Érica Caetano
23/03/2015 09h28 , atualizado em 23/03/2015 10h02

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) por meio do Sistema do Fies (SisFies) já registra mais de 196 mil novos contratos solicitados por estudantes. Os números foram publicados em primeiro balanço realizado pelo Ministério da Educação (MEC). Esses estudantes estão com as vagas reservadas e devem agora validar as informações nas instituições de ensino e contratar o financiamento com os bancos.

Desde que o sistema foi reaberto, em 23 de fevereiro, estudantes vem relatando dificuldades em acessar o SisFies e em contratar o serviço. De acordo com o MEC, não há número limite de novas vagas e, sim, um limite financeiro para contratações.

Para as novas adesões, estão sendo priorizados os cursos com nota 5, que é a pontuação máxima dada pelo MEC. Já para os financiamentos de graduações com nota 3 e 4, serão considerados aspectos regionais, tais como priorização de localidades e cursos que historicamente foram menos atendidos.

A partir do dia 30 deste mês entrará em vigor as novas regras do Fies. Com ela, o estudante para aderir ao financiamento deverá também ter obtido média de pelo menos 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde de 2010 e não ter tirado zero na redação. Saiba mais aqui! Atualmente, não há exigência de nota mínima e aqueles que aderirem até o dia 29 não estarão sujeitos a mudança estabelecida na nova portaria, divulgada no final do ano passado.

Além dos novos contratos, o MEC diz que vai garantir todas as renovações do Fies. O balanço mostra que dos 1,9 milhão de contratos existentes, a maior parte fez o aditamento (que inclui etapas na universidade, no sistema online e no banco), mas ainda há 228.154 que estão na primeira fase do processo. 

Reajustes de mensalidades

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na última semana, o SisFies passou a aceitar os cadastros dos reajustes das mensalidades das instituições acima de 6,4% para as renovações e passou por melhorias. O MEC e Ministério da Justiça formarão um grupo para analisar as mensalidades cobradas pelos cursos superiores financiados pelo Fies com o objetivo de evitar cobranças abusivas que comprometam tanto a oferta do financiamento como o pagamento futuro pelos estudantes. O grupo vai também analisar a composição e a evolução dos preços das mensalidades dos cursos superiores e terá 60 dias para concluir o trabalho.

A alteração com o reajuste das mensalidades, que foi feita já em 2015, gerou embate com as instituições de ensino que reajustam as mensalidades anualmente, no final do ano. Os valores para 2015 já estavam definidos no final de 2014 e, segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (AMBES), tiveram, em média, reajuste de 10%. O MEC diz que segue em diálogo com as instituições, em reuniões individuais, analisando caso a caso.

O Fies oferece cobertura da mensalidade de cursos em instituições privadas de ensino superior a juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso. O programa abrange mais de 1,6 mil instituições. 

Desde que foram publicadas alterações nas regras do financiamento, no fim do ano passado, o fundo teve várias restrições. Entre elas, a limitação de determinado período do ano para aderir ao programa, o que levou ao congestionamento do sistema. Antes, o financiamento era ofertado ao longo de todo o ano. Os interessados em adquirir o financiamento deverão se inscrever através do portal do Fies. Outros detalhes podem ser obidos por meio do telefone 0800-616161. 

*com informações da Agência Brasil

Veja também

Chega ao fim o prazo de inscrições do Vestibular 2022/2 de Medicina e demais cursos da Unicap (PE)
A Unicap oferta 1.719 vagas neste vestibular. As provas para os vestibulandos dos cursos presenciais da Unicap serão realizadas em 09 de julho, exceto Medicina, que será aplicada no domingo, 10 de julho.

UFT solta resultado do Vestibular EaD 2022/2
Para a classificação do candidato, foram atribuídos pesos às disciplinas, de acordo com o curso para o qual o candidato se inscreveu.

Idomed recebe inscrições de Vestibular via Enem para bolsas em Medicina
Candidatos poderão concorrer a 19 bolsas integrais para Medicina em diferentes regiões brasileiras por meio de notas do Enem.

Bahiana publica aprovados no Vestibular 2022/2 de Medicina
Candidatos convocados deverão se matricular pela internet entre os dias 4 e 6 de julho.

IFSuldeMinas divulga resultado do Vestibular 2022/2
A seleção dos candidatos foi feita por meio do uso da nota obtida no Enem, em qualquer edição do exame de 2014 a 2021, e também pela prova regular.

Inscrições abertas para o Cursinho FEAUSP 2022
Iniciativa capacita participantes para vestibulares como a Fuvest. Interessados podem se inscrever até 20 de julho.

IFMG divulga resultado do seu Vestibular 2022/2
O Vestibular de Inverno 2022 do IFMG ofereceu 110 vagas para cursos de graduação.

FGV recebe inscrições do Vestibular Unificado 2023
Pedidos de isenção de taxa podem ser feitas até o dia 17 de outubro, de estudantes que estão cursando ou já concluíram o ensino médio na rede pública ou como bolsistas integrais da rede particular.

Resultado do Vestibular de Inverno 2022 da PUC Rio é liberado
Agora, os selecionados deverão realizar as matrículas deverão até o dia 30 de junho.

Inscrições do SiSU 2022/2 já estão abertas
O prazo encerra na próxima sexta-feira, 1º de julho. O MEC já informou a quantidade de vagas e de cursos que são oferecidos nesta edição. São 65.932 vagas confirmadas.

Prazo para se inscrever no PSI 2022 da UFAM chega ao fim nesta terça-feira (28)
Os candidatos ao PSI 2022 da UFAM vão passar pelas provas nos dias 07 e 08 de agosto.

IFSP recebe inscrições para Vestibular 2022/2 com as notas do Enem
Estudantes que fizeram o Enem entre 2017 e 2021 podem concorrer a 880 vagas em cursos superiores.