Logo Super Vestibular

Histórias em quadrinhos no Enem

É necessário ficar atento aos materiais usados nas provas de Ciências Humanas do Enem, como as histórias em quadrinhos, cuja importância já é notória.

Publicado por Cláudio Fernandes
As histórias em quadrinhos, ou arte sequencial, constituem um tipo de material que pode ser usado em variadas questões do Enem
As histórias em quadrinhos, ou arte sequencial, constituem um tipo de material que pode ser usado em variadas questões do Enem

Olá, pessoal! Como vai?!

Neste texto trazemos algumas dicas sobre como as histórias em quadrinhos (ou HQs) podem servir como ponto de partida para a elaboração de questões do Enem. Trazemos também a análise de uma questão do Enem de 2012 que fez uso desse tipo de material.

As HQs, ou histórias em quadrinhos, começaram a tornar-se populares na década de 1890. O americano Richard Felton Outcoult foi o autor da primeira história em quadrinhos que obteve muitas tiragens em edição colorida. Sua HQ intitulava-se The Yellow Kid (O Garoto amarelo), tendo aparecido pela primeira vez em 1896.

As HQs usam a “linguagem dos quadros”, isto é, um tipo de estrutura que mescla desenho e texto, circunscritos em quadros sequenciais. Por esse motivo, elas também são chamadas de arte sequencial. O público infanto-juvenil, inicialmente, era o principal alvo das histórias em quadrinhos. Os traços dos desenhos, o colorido e o teor de aventura das histórias das HQs de fins do século XIX e das primeiras décadas do século XX fascinavam crianças e adolescentes. Dessa época, conhecida como Idade de Ouro, destacaram-se Flash Gordon, de Alex Raymond, e Dick Tracy, de Chester Gould.

Entretanto, a partir da década de 1930, com os reflexos da crise econômica de 1929 e as turbulências políticas que ocorreram ao longo dessa década, muitas empresas produtoras de histórias em quadrinhos e criadores de personagens passaram a construir as figuras dos super-heróis, como o Superman (Super-Homem), criado em 1933. Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), outros personagens ganharam destaque e popularidade entre o público dos Estados Unidos da América. Foi o caso do Capitão Américaque conta a história de um supersoldado com poderes especiais que tinha o objetivo de auxiliar os EUA e os países aliados na luta contra as Potências do Eixo, lideradas, à época, pela Alemanha de Hitler. Como veremos logo mais, a história do Capitão América, criada por Jack Kirby e Joe Simon, foi escolhida para elaboração da questão do Enem que aqui analisaremos.

Ao longo da segunda metade do século XX, as histórias em quadrinhos ficaram gradativamente mais sofisticadas, tanto do ponto de vista de elaboração de roteiros quanto do ponto de vista do desenho e da arte gráfica e coloração. Muitos autores destacam-se, atualmente, como romancistas gráficos. O romance gráfico, ou graphic novel, é um gênero de história em quadrinhos desenvolvido para um público mais maduro que o infanto-juvenil, que inclui temas polêmicos, conflitos psicológicos e políticos, entre outros. Nomes como Art Spiegelman e Joe Sacco destacaram-se por terem escrito histórias sobre o holocausto nazista e os conflitos na Faixa de Gaza, respectivamente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De toda forma, a ampla gama de temas abordados pelas histórias em quadrinhos, somada à grande qualidade artística agregada ao suporte físico das revistas e romances gráficos, faz com que tais histórias tornem-se objeto de análises de especialistas em história, geografia, sociologia, semiótica, entre várias outras disciplinas, além de, consequentemente, também se tornarem objeto de elaboração de questões de vestibulares e, claro, do Enem.

Vejamos então como o Enem, em sua prova da área de Ciências Humanas e Suas Tecnologias de 2012, abordou esse tipo de material. Repare na imagem a seguir:

Imagem de capa da HQ do Capitão América usada em questão do Enem de 2012
Imagem de capa da HQ do Capitão América usada em questão do Enem de 2012

Essa imagem estrutura a questão 4 do Enem de 2012, caderno azul, número 1. Trata-se da capa de uma HQ do Capitão América editada pela empresa Comics em março de 1945, portanto, no ano final da Segunda Guerra. No centro da imagem, como pode ser observado, o personagem Capitão América aparece dando um soco em Adolf Hitler, o que simboliza a vitória da força dos EUA e países aliados contra o líder nazista. Vejamos, então, o texto e as alternativas da questão – a correta está destacada na cor verde:

Estrutura da questão 04 do Enem de 2012, caderno azul, número 01
Estrutura da questão 04 do Enem de 2012, caderno azul, número 01

A questão cita um texto do crítico Carlos Costa a respeito do Capitão América. O texto comenta a imagem que o antecede na estrutura da questão e destaca a ação central do quadro, o “sopapo em Hitler”. Após o texto de Carlos Costa, é indagado ao candidato contra quem o personagem referido luta, ao associar-se com os EUA.

Das alternativas apresentadas, a letra B é a única que cita o contexto correto, Segunda Guerra Mundial, e o tipo de regime político ao qual Hitler estava associado, isto é: os regimes totalitários. Percebam então que uma leitura correta da imagem e do texto é essencial para saber o que a questão exige. Portanto, fique atento a essas dicas. As histórias em quadrinhos, assim como qualquer obra de ficção e entretenimento, podem abranger qualquer período histórico e qualquer problemática referente a esses períodos.

É isso aí!

Boa prova!!

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.