Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Enem
  3. SiSU
  4. Lista de Espera do Sisu

Lista de Espera do Sisu

Para participar da Lista de Espera do Sisu, estudante deve manifestar interesse no Boletim do Candidato.

Publicado por Wanja Borges
Vagas ociosas em decorrência de desistências, perdas de prazos ou falta de apresentação de documentos são destinadas para lista de espera do Sisu
Vagas ociosas em decorrência de desistências, perdas de prazos ou falta de apresentação de documentos são destinadas para lista de espera do Sisu

Muitos estudantes estão cansados de saber que, além da chamada regular, o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) oferece uma segunda chance para os candidatos não selecionados: a Lista de Espera. Por outro lado, seu funcionamento, finalidade e critérios de participação ainda são desconhecidos por grande parte deles. Para garantir que o estudante não perca essa oportunidade, o Super Vestibular separou algumas dicas importantes sobre a adesão à Lista de Espera. 

Como funciona a lista de espera do SiSU

Atualmente, o SiSU realiza apenas uma chamada. Os candidatos com as maiores notas em cada curso são convocados e têm um prazo para efetuar a matrícula na instituição e, desta forma, confirmar a ocupação da vaga. Após essa chamada regular, o Sistema disponibiliza às instituições participantes uma Lista de Espera a ser utilizada para preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas, seja em decorrência de desistências, perdas de prazos ou falta de apresentação de documentos.

Confira o que está por trás do resultado do SiSU

Entretanto, em primeiro lugar, é preciso ter em mente que somente os candidatos não selecionados na chamada regular podem participar dessa etapa. Em segundo, vale ressaltar que o estudante só poderá integrar a Lista de Espera em uma das opções escolhidas no momento da inscrição.

Até 2018, os aprovados em curso de segunda opção, mesmo efetuando matrícula, também poderiam participar, mas isso foi revisto em 2019.

Como participar da lista de espera do SiSU

Para participar, o processo é simples, mas não automático. O estudante interessado deve acessar o Boletim do Candidato, no site do SiSU, e na tela da primeira opção de curso, clicar em “participar da lista de espera”. Em seguida, uma mensagem de confirmação será emitida pelo sistema. Geralmente, o prazo para participar da lista de espera começa no dia em que o resultado da chamada regular é divulgado e segue por mais uma semana. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Após o encerramento do prazo para adesão à Lista de Espera, uma lista com o nome dos interessados é repassada às instituições participantes, com o objetivo de preencher as vagas remanescentes. As chamadas serão feitas a partir da data informada no site do Sisu até que todas as vagas sejam preenchidas ou até as primeiras semanas de aula.

Resultado da lista de espera do SiSU

Vale destacar, ainda, que a classificação no SiSU não reflete a classificação do candidato da Lista de Espera. Isso acontece porque a Lista é composta apenas por candidatos que optaram pela participação, o que pode favorecer determinados estudantes que decidiram pela nova tentativa. Outro ponto que merece destaque é o acompanhamento das convocações, cuja responsabilidade é exclusiva do próprio estudante.

Para saber se seu nome está na Lista de Espera e se você foi convocado, basta entrar em contato diretamente com a universidade informada na primeira opção. O candidato deve focar sua atenção nessa etapa do processo para não correr o risco de perder o prazo e, consequentemente, a oportunidade. Os documentos necessários e os horários para matrícula variam por instituição, por isso, a atenção deve ser redobrada. A Lista é de Espera, mas você também precisa agir. Sem ação, não tem convocação. 

Veja também

Resultado dos pedidos de isenção do Vestibular 2021 da UERJ é divulgado
As solicitações foram recebidas no mês de março, quando o calendário da seletiva ainda não havia sido suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

ITA prorroga inscrições para Vestibular 2021
Primeira fase está marcada para dia 20 de novembro e segunda, para dias 8 e 9 de dezembro

Famerp (SP) dá início ao prazo de inscrições do Vestibular 2021
Os interessados podem se inscrever até o dia 23 de novembro e a taxa custa R$ 165.  Oferta é de 160 vagas.

Após suspensão, Uece divulga novas datas para matrícula do Vestibular 2020/1
Cronograma do processo seletivo estava suspenso desde março. Matrículas serão feitas pela internet, ainda em setembro.

UFJF anuncia datas das provas do Pism 2021
Provas serão aplicadas em fevereiro e março, e universidade implantará medidas de prevenção ao coronavírus.

Unifesp altera data das inscrições do Vestibular Misto 2021
Inscrições poderão ser feitas agora de 13 de outubro a 4 de dezembro. Edital sairá dia 9 de outubro.

Unifesspa está com inscrições abertas para Vestibular 2020
Processo Seletivo Especial oferece 315 vagas em cursos ministrados em sete cidades paraenses

IFG recebe inscrições para Vestibular 2020/2 via Enem
Processo seletivo oferece 465 vagas em 13 cursos de graduação ministrados em Goiânia e outras quatro cidades do interior

Abertas inscrições para bolsas remanescentes do ProUni 2020/2
Interessados nas 90 mil vagas devem fazer cadastro até dia 30 de setembro. É obrigatório ter feito o Enem a partir de 2010.

UEL abre inscrições para Vestibular 2021
Concorrentes às mais de 2,5 mil vagas farão provas somente no ano que vem, no dia 14 de março

Unipar está com inscrições abertas para Vestibular 2021 de Medicina
Instituição paranaense oferece 110 vagas. Curso é ministrado no campus situado na cidade de Umuarama.

Abertas inscrições para Vestibular 2021 de Medicina e Odontologia da SL Mandic (SP)
Interessados nas 310 vagas farão provas on-line em 25 de outubro. Previsão é que lista de aprovados saia no dia 30 seguinte.