Logo Super Vestibular

Enem e Sisu

Sistema de reserva de vagas, Sisu é voltado exclusivamente para candidatos participantes do Enem.

Publicado por Wanja Borges
Candidatos mais bem classificados em cada curso são selecionados conforme suas notas no Enem
Candidatos mais bem classificados em cada curso são selecionados conforme suas notas no Enem

Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é uma plataforma eletrônica que disponibiliza vagas em universidades públicas para estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No primeiro semestre, mais de 200 mil vagas são oferecidas. No segundo, cerca de 55 mil.

Os candidatos mais bem classificados em cada curso são selecionados conforme suas notas no Enem e/ou pesos atribuídos ao desempenho em cada disciplina no exame. 

Saiba como fazer a inscrição no SiSU

Para se inscrever, o estudante precisa ter participado da última edição do Enem, com nota maior do que zero na redação. Em alguns cursos, o candidato deve cumprir, ainda, a exigência de nota mínima informada no ato da inscrição. Além disso, algumas instituições adotam pesos diferenciados por prova, conforme área de conhecimento do curso. Nesse caso, o SiSU faz o cálculo da nova nota automaticamente, de acordo com as especificações de cada universidade. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como calcular a média no Enem

No ato da inscrição, o estudante deve escolher duas opções de graduação e informar se irá concorrer às vagas em ampla concorrência ou em políticas afirmativas (cotas para afrodescendentes, indígenas, egressos de escola pública etc.). Durante o processo seletivo, notas de corte (menor nota para ser selecionado) são divulgadas, bem como a classificação parcial do candidato.

O resultado final da do SiSU pode ser conferido através do Boletim de Desempenho ou por meio das chamadas sucessivas. O SiSU é disponibilizado duas vezes ao ano, sendo sempre no início do primeiro e segundo semestre.

Veja também

Inep contrata gráfica para o Enem 2020
Provas impressas somente serão aplicadas em 2021, nos dias 17 e 24 de janeiro

Confira resultado do Fies 2020/2
Pré-selecionados devem complementar informações da inscrição no sistema do Fies de hoje até a próxima quinta-feira, 6 de agosto

MEC divulga 2ª chamada do ProUni 2020/2
Convocados precisam confirmar informações prestadas no momento da inscrição até o dia 11 de agosto

Já estão abertas as inscrições do Vestibular 2020/2021 do IME
Os interessados podem se inscrever até 18 de agosto. Previsão é que provas sejam aplicadas este ano.

FGV dá início ao prazo de inscrições dos seus Vestibular 2021 com provas virtuais
Inscrições são para seletivas do Vestibular Unificado, Direito/SP e Economia/SP. O ingresso pode ser feito por provas on-line e via Enem.

Einstein (SP) aplica provas do Vestibular 2020/2 de Enfermagem
Interessados nas 30 vagas deverão usar máscara obrigatoriamente. Provas terão questões objetivas e discursivas e uma redação.

ITA recebe inscrições para Vestibular 2021
Provas da primeira fase serão aplicadas no dia 20 de novembro e as da segunda, nos dias 8 e 9 de dezembro

UEPG dá início ao 2º prazo de inscrições do PSS 2020
Pedidos de isenção serão recebidos de hoje até o dia 10 de setembro. As provas estão agendadas para janeiro do ano que vem mas podem sofrer alteração na data conforme estiver a pandemia do novo coronavírus.

Pré-Enem 2020 gratuito em Brasília está com inscrições abertas para turmas on-line
Aulas devem começar no dia 31 de agosto e serão ministradas a distância por meio de plataformas como o Zoom

Paraná: UEL divulga novo formato do Vestibular 2021
Modelo foi adotado por causa da pandemia do coronavírus. Principal novidade é que provas serão aplicadas somente em março de 2021.

Insper (SP) publica resultado da 1ª fase do Vestibular 2020/2
Aprovados para a segunda fase terão que agendar as datas das avaliações, que poderão ser feitas entre 1 e 11 de agosto.

Inep divulga novos editais do Enem 2020 com medidas preventivas à Covid 19
Além das orientações para a prevenção, os documentos também formalizam as novas datas anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) para a aplicação das provas impressas e digitais.